Vox Sambou reflete sobre paz e justiça em seu novo clipe

“Raise Your Voice” integra o mais recente álbum do rapper e ativista haitiano, “We Must Unite”
Vox Sambou reflete sobre paz e justiça em seu novo clipe – Ambrosia

Um grito por justiça e paz. A consciência da responsabilidade e da importância de cada um na luta por um mundo melhor é a reflexão que o rapper e ativista haitiano Vox Sambou ecoa em seu novo clipe, do single “Raise Your Voice”.

Com direção de Bruno Viegas, o clipe nasceu do desejo de Vox em fazer uma colaboração com a Funmilayo Afrobeat Orquestra, banda brasileira de afrobeat criada em São Paulo pela cantora e saxofonista Stela Nesrine e a trompetista Larissa Oliveira, provocadas pela ausência de mulheres negras no afrobeat. As participações ainda incluem a guitarrista Leticia Meyer e Guimas Santos, baixista da banda de jazz contemporâneo e hip hop Mental Abstrato. Faixa do seu mais recente álbum, “We Must Unite”, a canção, de autoria do rapper, conta com vocais de outro grande talento da música brasileira: Luciane Dom. A produção musical é do DJ Mangaio e a realização da Bixo Solto Produções.

Vox Sambou reflete sobre paz e justiça em seu novo clipe – Ambrosia
Capa do single “Raise Your Voice”

– O propósito do clipe é mostrar a união das pessoas da afrodiáspora. Precisamos clamar por justiça sempre e a única forma de vencermos é estarmos unidos. Somos responsáveis pelo nosso destino – explica.

Unir é preciso

Ao longo de séculos, a África se fez presente no mundo forçada e dolorosamente pela opressão e exploração que separaram povos e famílias, mas, com luta, resistência e união, tornou-se muito maior que seu território. E, por meio das diversas expressões que florescem de cada solo e se conectam, o continente se expande e se confunde com o planeta. Essa reflexão permeia o álbum “We Must Unite”.

Em nove faixas, Vox desdobra sua arte poderosa e visceral para homenagear a diáspora africana. Com isso, mescla sonoridades e ritmos, como os tradicionais haitianos, Congo Kinshasa e do candomblé brasileiro com as raízes do seu som, o hip hop, o reggae e o afrobeat. O álbum tem produção do rapper e participações de Mangaio, Icaro Sá, Emanuel Venâncio, Junix, Ton Carvalho, Dinho, Beto Gibbs, Nora Toutain, Naxx Bitota, Ian Cardoso, Ronald Nazaire, David Ryshpan, Kizaba, Cyber, Rémi Cormier, Gamroz, Diolkidi e Manno Beats.

Do Haiti para o mundo 

Vox Sambou vem de Limbé, Haiti. Cantando em várias línguas, incluindo haitiano, francês, inglês, espanhol e português, participou de eventos importantes, como o Tiny Desk NPR meets GlobalFEST, recebeu prêmios internacionais, como o Afrima Awards. Radicado no Canadá, é membro fundador do coletivo de hip-hop de Montreal, o Nomadic Massive, e tem feito turnês pelo Chile, Brasil, Senegal, Mali, Burkina Faso, Colômbia, Marrocos, Espanha, Estados Unidos (no Kennedy Center, em Washington, e no Grand Performances, em Los Angeles) e França (no Le Printemps de Bourges). A sua relação com o Brasil é de longa data, tendo colaborado, no palco ou em gravações, com nomes como Rael, Lazzo Matumbi, Liniker, Luciane Dom e Alma Djem.

A música de Vox é uma fusão de ritmos tradicionais haitianos e elementos afro-latinos, como afrobeat, música afro-brasileira, reggae e hip-hop. Artista consciente que não tem medo de denunciar as injustiças sociais, lançou os álbuns “Lakay” (2008), “Dyasporafriken” (2013) e “The Brasil Session” (2016). Com o single “Akouna” (2019), parceria com Afrotronix e Manno Beats, chegou a mais de 5 milhões de visualizações no Youtube e conquistou dois Afrima Awards. “We must Unite” é o quarto álbum da sua carreira e chega na sequência dos últimos singles: “Limbe” (2022), “Toya” (2023)  e “Right to Live” (2023).


Ficha técnica do clipe:

Direção: Bruno Viegas

Composição: Vox Sambou
Vocais: Vox Sambou, Luciane Dom

Participações: Funmilayo Afrobeat Orquestra (Ana Goes, no sax; Larissa Oliveira, no trompete; e Priscila Hilario, na bateria), Leticia Meyer (guitarra) e Guimas Santos (baixo)

Produção musical: DJ Mangaio
Masterização: DJ Mangaio

Produção: Bruno Zambom

Direção de arte: Bruno Viegas e Cláudia Cassal 

Direção de Fotografia: Ygor de Carvalho 

Assistente de câmera: Guilherme Jardim 

Montagem e Edição: Bruno Viegas 

Figurino: Vox Sambou 

Figurina: Warda Brédy

Maquiagem Ila Valhos

Gaffer: Diego Morcego e Rufus

Finalização: Bruno Viegas e Guilherme Jardim 

Art Titles: Guilherme Jardim 

Produtora: Cláudia Cassal

Produtor Executivo: Vox Sambou 

Realização: Bixo Solto Produções

Total
0
Links
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ant
Exposição Amor e Dedicação ao Cinema: 15 anos do Cinezen Cultural e 10 Anos do Santos Film Fest
Exposição Amor e Dedicação ao Cinema: 15 anos do Cinezen Cultural e 10 Anos do Santos Film Fest – Ambrosia

Exposição Amor e Dedicação ao Cinema: 15 anos do Cinezen Cultural e 10 Anos do Santos Film Fest

Em 2024, o maior festival de cinema do litoral paulista chega à 10ª edição

Prox
“Ó, abre alas, que eu quero passar”: de onde vêm e o que dizem as marchas de Carnaval mais pesquisadas pelos brasileiros
“Ó, abre alas, que eu quero passar”: de onde vêm e o que dizem as marchas de Carnaval mais pesquisadas pelos brasileiros – Ambrosia

“Ó, abre alas, que eu quero passar”: de onde vêm e o que dizem as marchas de Carnaval mais pesquisadas pelos brasileiros

Ranking de músicas com mais buscas online nessa época do ano é liderado pelo

Sugestões para você: