Zé Bigode Orquestra afasta energias negativas com single “Faca de Ponta”

18
0
Zé Bigode Orquestra Ponta de Faca

A Zé Bigode Orquestra, uma banda conhecida por suas experimentações com reggae, afrobeat, jazz, R&B e música brasileira, apresenta seu mais novo single, “Faca de Ponta”. Nessa música envolvente, a banda mescla elementos de ijexá, pagode baiano e toques de psicodelia tropicalista, trazendo uma mensagem de libertação e afastamento de energias negativas. Agora disponível em todas as plataformas digitais, além do clipe no YouTube, a música promete conquistar os ouvidos dos amantes da música brasileira contemporânea.

A letra da canção gira em torno de uma conversa entre duas pessoas e ressalta a importância de se afastar daqueles que drenam nossa energia. O refrão marcante “Dá licença abre espaço, espada de ogum pra espantar teu mau-olhado” simboliza a proteção contra a negatividade, utilizando a espada de ogum como uma metáfora para rejeitar essas vibrações indesejadas.

De acordo com o guitarrista José Roberto Rocha, a inspiração para a composição veio de uma experiência pessoal, expressando a sensação de ser constantemente incomodado por alguém, a ponto de se sentir como uma “faca de ponta” prestes a cortar essa pessoa de sua vida.

A criação de “Faca de Ponta” foi uma colaboração entre diversos membros da banda Zé Bigode Orquestra. José Roberto Rocha concebeu as estrofes e o refrão, enquanto a cantora Luana Karoo contribuiu com a melodia e algumas palavras. O produtor Guinu trouxe elementos do pagodão para o refrão e inseriu um toque de ijexá nos versos, resultando em uma reviravolta musical que incorpora o saboroso ritmo baiano à música.

Um destaque especial na faixa é a participação do rapper Jef Rodriguez, um parceiro de longa data da banda. Jef trouxe uma abordagem melódica, que se encaixou perfeitamente na composição.

Influenciada pela música baiana contemporânea de artistas como Rachel Reis, Igor Kannário e Luedji Luna, aliados a clássicos como Gilberto Gil, a Zé Bigode Orquestra conseguiu criar uma sonoridade única e envolvente em “Faca de Ponta”.

A música também conta com um time de instrumentistas talentosos, além dos membros oficiais da banda, como Leo Magdalena na bateria, Gustavo Pereira na guitarra, Andre Siqueira nas percussões e Josiel Konrad no trombone.

Uma nova fase para a ZBGD:

Com o lançamento de “Faca de Ponta”, a Zé Bigode Orquestra apresenta uma sonoridade diferente de seu último álbum, mas mantendo sua identidade característica que os fãs já conhecem e amam. A banda acredita que a música aponta para novos caminhos musicais, mantendo-se fiel a suas raízes.

A Zé Bigode Orquestra iniciou sua trajetória musical em 2016 e, em 2017, lançou seu primeiro álbum, intitulado “Fluxo”, que contou com oito faixas instrumentais. Em 2022, lançaram o álbum “Clube da Fumaça”, que trouxe colaborações com artistas como BNegão, Thiago França, Luciane Dom, Curumin e Pedro Guinu.

Parceria com a Peneira Musical:

A Zé Bigode Orquestra continua sua parceria com a Peneira Musical, um selo, produtora e editora que atua no mercado musical impulsionando a arte de pessoas LGBTQIAP+, pretas, 50+ e periféricas em geral. Fundada em 2020, no Rio de Janeiro, pela cantora e compositora Elisa Fernandes, mulher negra, lésbica, periférica e cria de escola de samba, o selo busca apoiar e capacitar artistas, tornando suas carreiras sustentáveis.

Com a mensagem poderosa de “Faca de Ponta”, a Zé Bigode Orquestra e a Peneira Musical mostram que a música pode ser uma ferramenta para a mudança e a evolução, inspirando e unindo pessoas através da arte e da cultura.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *