Cultura colaborativa! Participe, publique e ganhe pelo seu conteúdo!

Hotel esférico com 350 casas de pássaros abre para visitantes

Chamado de “Biosphere”, o Bjarke Ingels Group (BIG) lançou recentemente um quarto de hotel em uma casa na árvore na Lapônia sueca, criando uma cabine esférica coberta por 350 casas de pássaros e suspensa entre as árvores da floresta de Harads.

Cada quarto é projetado para interagir com a floresta de uma maneira diferente, e cada um carrega sua própria identidade distinta.

A empresa criou uma estrutura em forma de esfera com um exterior coberto por 350 casas de pássaros. A equipe trabalhou ao lado do especialista em pássaros sueco Ulf Öhman e espera que a Biosfera aumente a população de pássaros na floresta.

“A instalação de ninhos de pássaros é uma medida importante a ser tomada. Além disso, as mudanças climáticas levam ao boom de insetos no início do ano e, quando os ovos das aves eclodem, o boom já passou. A alimentação é um importante mecanismo de apoio para as aves que ficam no norte da Suécia e necessitam de alimento durante o inverno.

Demonstrar o uso de ninhos de pássaros e alimentação, não apenas no Treehotel, mas para as pessoas instalarem perto de suas próprias casas, é valioso. Uma iniciativa do Treehotel para tomar tais medidas pode inspirar seus visitantes a fazer o mesmo.”

Os visitantes entram na Biosfera através de uma ponte suspensa. No interior, eles são transportados para um espaço que parece sombrio e isolado, com interiores em tons escuros e materiais orgânicos inspirados na plenitude das madeiras circundantes. Apesar de pequeno, o quarto tem tudo o que é necessário para uma estadia em hotel de luxo, incluindo um terraço na cobertura que oferece vista panorâmica da paisagem.

O escritório de arquitetura dinamarquês é o mais recente a cumprir a tarefa de criar um quarto para o Treehotel, conhecido por sua impressionante lista de cabines criadas por alguns dos principais arquitetos da Escandinávia.

Via Protopian

Compartilhar Publicação
Link para Compartilhar
Publicação Anterior

MULAMBA lança segundo disco, “Será Só Aos Ares”

Próxima publicação

Entre erros e acertos, “Obi-Wan Kenobi” fecha com balanço positivo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia a seguir