Cultura colaborativa! Participe, publique e ganhe pelo seu conteúdo!

Octavio Pires traz em livro uma reflexão urgente sobre evolução e fraquezas humanas

Quanto o consumismo desenfreado vivenciado pela sociedade contemporânea é simplesmente produto de forças que não controlamos? Buscamos sempre alívio de algo que nos aflige e agimos para encontrarmos soluções para o que encaramos como problemas ou desejos? Estas são perguntas de base do livro A teoria do alívio: Como um objetivo positivo pode gerar imensas reações perigosas (Autografia), de Octavio Pires, administrador de empresas e especialista em café, cujo desejo é, através da escrita, fazer as pessoas refletirem e evoluírem.

O livro explora fraquezas humanas e experiências paranormais através de uma ficção. Nela, um arquiteto, cansado de sua rotina, inaugura um canal no YouTube. O objetivo dele: criar mais consciência em torno do consumo desenfreado. Mas ele usa uma teoria polêmica que irá incomodar muita gente.

O autor mostra que há sempre uma força maior e uma menor, gerando tudo o que o leitor chama de vida, fluindo, do maior para o menor, e resultando em alívio. Isso se dá em todos os reinos (animal, vegetal, mineral) e em todo o universo. “Isso também é o cerne do marketing e das técnicas de geração de demanda para o que a humanidade resolveu chamar de problemas”, diz.

A teoria do alívio: Como um objetivo positivo pode gerar imensas reações perigosas viaja também pela essência humana, na simplicidade do aprendiz que quer mudar o mundo. Seria o personagem Otto um ser especial que precisa ser eliminado por forças dominantes ou apenas um bruxo reprimido que gostaria de ter tido outra vida?

Compartilhar Publicação
Link para Compartilhar
Publicação Anterior

Coldplay anuncia novo show extra em São Paulo após grande demanda por ingressos

Próxima publicação

Gusttavo Lima cai no choro após revelação de shows superfaturados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia a seguir