em

A Guerra da Luz começa agora…

[o artigo contém spoilers]

green-lantern-3

…, essas foram as palavras de Geoff Johns em entrevista ao Newsarama. As emoções já estão se carregando para a batalha, os anéis vermelho, azul, amarelo e violeta já começaram a se armar para o evento do verão norte-americano, A Noite Mais Densa (The Blackest Night).

green-lantern-1No próximo mês teremos Green Lantern #39, apresentando os Lanternas Laranja e seu líder Larfleeze, segundo John um dos seus personagens favoritos, com arte de Philip Tan. Sobre todos os rascunhos apresentados por Tan para os Agentes Laranja, Johns disse que essa é uma das partes ao trabalhar no título Lanterna Verde, criar novos personagens e conceitos, explorando-os, ainda mais criar novas Tropas com grandes artistas como Ivan Reis, Shane Davis, Ethan Van Sciver e o próprio Philip Tan. Ambos estão explorando o consumo mental que assumiu nossa sociedade lentamente, “Avareza é viciante? É um sinal de outro defeito ou dor passada?”, pergunta Johns. O autor afirmou que batizou pessoalmente cada Lanterna Laranja criador por Tan e cada Lanterna Vermelho de Shane.

Sobre a edição 39, o foco será no líder Larfleeze, uma criatura vil que vive nas profundezas de um santuário no planeta Okaara, onde nunca sai, durante o arco descobriremos mais sobre ele e sua Tropa, provavelmente seu passado é relacionado aos Guardiões e o líder vermelho Atrocitus.

green-lantern-39Na edição anterior, já podemos ver a influência da luz laranja em uma selva alienígena composta por uma espécie de erva gigante envolvendo cada objeto, vivo ou morto, orgânico ou inorgânico, em torno da área. Nesta mesma edição, Hal Jordan usa o anel azul, após sua possessão pelo anel vermelho, algo parecido quando ele se tornou o Parallax infectado pela entidade amarelo, Johns disse que Hal é um alvo e que há forças envolvidas trabalhando contra ele. Na edição seguinte veremos Jordan utilizando o poder azul mesmo não precisando da esperança como combustível de suas ações. Hal Jordan lutará com o anel azul durante todo arco Agente Laranja e a Tropa Azul será também explorada na história.

O azul tem uma natureza simbiótica com o verde, tendo um efeito contrário do amarelo segundo o autor, por isso os guardiões Ganthet e Sayid criaram a Tropa Azul, para ajudar os Lanternas Verde abraçarem uma emoção que irá causar um efeito positivo no universo na vindoura Noite Mais Densa. os dois Lanternas Azul apresentados, são umas das figuras mais respeitosas e corretamente religiosas do universo, “É muito espiritual. Uma oração. Esperança poder ser uma oração”, disse Geoff, “Você tem que acreditar em algo e ter fé em alguma coisa. Enquanto ela é uma força positiva na sua vida, um símbolo positivo em sua vida – tratando-se de religião ou qualquer tipo de espiritualidade, enquanto ele é uma força positiva, você poderá tocar nessa esperança”, finalizou.

green-lantern-2Johns falou rapidamente das demais Tropas. A Tropa Vermelha não passa de cachorros loucos nas mãos de Atrocitus, que tem total controle do poder vermelho capaz de cegar as pessoas em pura ira. Já a Tropa Violeta, das Safiras Estrela, usam seu poder naqueles que tiveram uma grande perda deixando seus corações vazios, existe uma grande cicatriz ali, dependendo das circunstancias sentirão um vazio ou uma grande raiva. A relação entre essas duas Tropas é muito próxima, existe uma linha que qualquer um pode cair facilmente para um lado, porque você pode adquirir uma grande raiva em sua perda. O vermelho fará você abraçar esse sentimento, causando muita dor e sofrimento, enquanto o violeta irá ajudar a curá-la fazendo esse buraco cicatrizar.

A até então inédita Tropa Índigo será apresentada com cautela, pois agirão muito diferente daquilo que todos estão esperando. Seus membros serão introduzidos na Noite Mais Densa, eles se autodenominam de Tribo Índigo, veremos um pouquinho deles na edição Blackest Night #0. Assim como as entidades Parallax (amarelo) e Íon (verde), outras serão apresentadas nas edições Green Lantern #43-44, mas serão criaturas vivas que nasceram fora do seu poder.

O autor ainda disse sobre a importância de Lanterna Verde: Renascimento e Origens Secretas para os novos leitores se situarem e conhecerem um pouco mais sobre o personagem, explorando um pouco mais sobre seu relacionamento com Carol Ferris, Sinestro, agora Atrocitus. Johns teve um cuidado especial com essa origem reformulada e com tudo até agora realizado com a Tropa Sinestro e os Lanternas Alpha. Carol Ferris terá um papel importante na trama do arco Agente Laranja, e seu envolvimento com as Safiras Estrela será explorado durante essa trama.

Para finalizar, a guardiã Scar, a narradora de Origins and Omens, cujo papel é preparar tudo para A Noite Mais Densa. Sua previsão sobre a volta do Superboy (Connor Kent) será esclarecida em Legion of 3 Worlds #4 e Adventure Comics #1.

O que eu acho? Morrison é a doença, Johns é a cura.

Lam.

alguém opinou!

Deixe sua opinião!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ativista

Publicado por Lam

Tirinhas semanais da DC Comics

Tom Strong revive! Nova minissérie irá para as bancas!