Apagão lança quadrinho inspirado em entregadores antifascistas

A nova HQ mostra como gangues de fundamentalistas religiosos e fascistas exploram as pessoas em uma São Paulo devastada por um blecaute interminável

4
0

A Editora Draco acaba de lançar o financiamento coletivo do quadrinho “Apagão – Fogo nos Fascistas”, que mostra o mestre de capoeira e le parkour Mandrill em uma missão para investigar como é possível existir ainda um lugar com eletricidade na São Paulo do blecaute. O que ele não imaginava é que encontraria uma situação que o faria lembrar de algumas das piores memórias de sua infância.

Com roteiro de Raphael Fernandes e arte de Dilacerda, a quarta publicação da série Apagão coloca o protagonista Mandrill novamente no centro da trama. A capa foi desenhada por Val Rodrigues e tem cores de Jão Canola.

Além da ação eletrizante, característica da série, a edição apresenta uma reflexão sobre uberização do trabalho, fogo no Borba Gato, escravidão urbana e também faz uma homenagem ao movimento dos Entregadores Antifascistas. Este é o retorno dos Macacos Urbanos e o começo da nova fase do quadrinho!

“Chegou a hora de Apagão retomar a trama principal e começar uma série de edições que vão levar para o final da história. Estou muito animado! O time que reunimos faz jus ao legado de grandes artistas que já passaram por esse universo”, afirmou o roteirista Raphael Fernandes. 

Já foram lançadas três edições: “Apagão – Ligação Direta” e “Apagão – Cidade sem lei/luz”, ambas com arte do Camaleão; e “Apagão – Fruto Proibido” (ganhadora do Troféu Angelo Agostini de Melhor Edição e Melhor Colorista, além de contemplada pelo ProAC 2019), com arte de Abel e cores de Fabi Marques.

Apagão é um projeto transmídia e seu universo é expandido em outras linguagens, como o áudio-jogo “Apagão – Entre o Lobo e o Cão”, que teve produção da Rede Geek e narração de Guilherme Briggs. Também há o card game “Apagão – Ruas de Fúria” (Funbox), de Gustavo Nascimento, e uma trilha sonora original do Solomon Death.

O financiamento coletivo de “Apagão – Fogo nos Fascistas” tem recompensas com todas as edições anteriores. Basta acessar a campanha no Catarse (http://www.catarse.me/apagao3) e apoiar até 10 de novembro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *