Capa Como Sobrevivi à COVID-19 e Seus Amigos

Cartunista fez um quadrinho enquanto estava internado com COVID-19

A Editora Draco lançou uma campanha de financiamento coletivo para o quadrinho Como Sobrevivi à COVID-19 e seus amigos, do cartunista cearense Guabiras. A obra reúne dezenas de páginas produzidas pelo autor durante sua internação em um hospital com 40% dos pulmões comprometidos pela doença. Para adquirir a obra, basta acessar o Catarse!

Em “Como sobrevivi à COVID-19 e seus amigos”, o cartunista faz um relato completo sobre suas experiências na internação. Exames, medicamentos, comida, fisioterapia, reflexões, dicas, macetes, sufocos e o vírus representado em bichinhos folgados e maquiavélicos dentro do quarto. Uma das obras mais completas sobre essa experiência coletiva que todos nós vivemos durante estes quase dois anos de pandemia.

Tentei ao máximo não me expor como ARTISTA, e sim como VÍTIMA, para que o projeto sirva para qualquer pessoa que corre risco de pegar a doença. Pra usar como alerta. Pra ler como um DOSSIÊ. Ou pra realmente sentir MEDO DELA, porque ela É REAL SIM. Sinta medo, mas aproveite esse quadrinho também para dar risadas e relaxar um pouco. O objetivo é conscientizar e aliviar o fardo para todos nós.” – Guabiras

Guabiras é uma daquelas pessoas que parecem ter saúde e energia intermináveis. Sua produção mistura elementos da cultura geek com tradições nordestinas, que vão desde comidas típicas da região a um excesso “fantasioso” de bebedeiras, rock’n’roll e muita doideira autobiográfica.

Entre seus trabalhos mais conhecidos, está uma figura meio lazarenta e que teve suas principais tirinhas e quadrinhos reunidos na coletânea Zé de Aurim, o Rei da Fuleiragem. O tipo de maloqueiro que todo bairro tem como mascote, ícone, celebridade… Um pouco de Zé Carioca, um pouco de Bob Cuspe, um pouco de poesia maldita, subúrbio encantado e falta de higiene. Zé de Aurim é sujo, gaiato e gozador. Uma verdadeira fuleiragem dos quadrinhos undergrounds. Essa HQ de humor também está sendo lançada pela Draco e pode ser adquirida na campanha.

Endereço da campanha no Catarse: catarse.me/guabiras

“Como Sobrevivi à COVID-19 e Seus Amigos” tem 256 páginas em preto e branco, formato 19,6 x 20,6 cm, papel pólen bold e capa cartonada.

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Ant.
Jovem Afegã cria arte comovente sobre a queda de seu país para o Talibã
http cdn.cnn .com cnnnext dam assets 210826112433 sara rahmani artwork afghanistan

Jovem Afegã cria arte comovente sobre a queda de seu país para o Talibã

Alguns dias antes de o Talibã assumir o controle de Cabul, Sara Rahmani estava

Próxima
Jazzmeia Horn reflete a força do amor negro no clipe “Let Us (Take our time)”
Jazzmeia Horn Let Us Take Our Time 5

Jazzmeia Horn reflete a força do amor negro no clipe “Let Us (Take our time)”

Após um convite para retornar a um lugar de aconchego no single “Lover come back

Você pode gostar