Cultura colaborativa! Participe, publique e ganhe pelo seu conteúdo!

Dan DiDio comenta mortes e ressurreições na DC

Dan DiDio, editor-chefe da editora DC Comics, esteve respondendo a perguntas de fãs mais uma vez neste final de semana, pelo site Newsarama. Alguns pontos interessantes foram tocados no bate-papo, principalmente no que diz respeito a morte e ressurreições de personagens.

adventure-comics-cover-1Caso você, leitor, ainda não saiba, Bart Allen (Kid Flash) e Conner Kent (Superboy) estão de volta à vida, sendo que ambas as ressurreições aconteceram em Legion of 3 Worlds #4, lançada há algumas semanas lá fora. Já está claro para qualquer leitor de quadrinhos, independente da editora favorita que ele acompanha, a absurda quantidade de ressurreições que ocorreram na editora nos últimos 5 anos, tais como Jason Todd, Hal Jordan, Barry Allen, Gelo etc.

Ele começou comentando este fato dizendo que mortes e ressurreições sempre fizeram parte dos quadrinhos, desde a década de 1950, o que de fato é verdade, mas o que acontece atualmente é que a coisa toda foi banalizada de uma forma que desanima o leitor. No ponto de vista dele, mortes e ressurreições são apenas um conjunto de ferramentas que, eventualmente, se usa para contar uma história numa mídia como os quadrinhos.

A parte boa desse papo todo de editor é que, com Blackest Night chegando, o editor comentou que este fator não deverá ser usado por um bom tempo, mas logo foi colocado na berlinda novamente: o entrevistador lhe perguntou se, então, os leitores podem esperar que, a partir de agora, “morto é morto”. DiDio ficou um tanto desconcertado, e acabou por dizer que isso durará até o momento em que acharem que isso deve ser usado novamente, ou então quando um novo autor aparecer com alguma idéia interessante que envolva ressurreições.

kid-flash-retorno

Particularmente, acredito que ressurreições já chegaram no limite, ainda mais na DC Comics – o que é um absurdo, já que era a Marvel que tinha esse terrível hábito. Blackest Night é a maior desculpa para se trazer mortos de volta – talvez isso não tire o brilho da série que promete ser interessante, mas mesmo assim, que essa seja a pedra final nesta história por muito tempo. A maior prova de que isso é um erro, é ver gente como Barry Allen e Jason Todd sem lugares definidos numa cronologia tão bagunçada.

Para quem tiver interesse, Superboy irá estrelar Adventure Comics, a partir de agosto, e Bart Allen já está aparecendo em Flash: Rebirth. Ambos logo devem voltar aos Titãs.

Compartilhar Publicação
Link para Compartilhar
Publicação Anterior

Tom Hiddleston confirmado como Loki

Próxima publicação

Novo trailer de 9

Comentários 3
  1. É conner o nome oficial do superbofe, e ele É um zero à esquerda, principalmente essa multidão de kriptonianos no planeta Terra, mas antes mesmo disso ele já era dispensável completamente, ele é um asa noturna (piorado) da vida, um personagem que ninguém sabe o que fazer com ele mas parece que também não sabem como se desfazer do sujeito!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia a seguir