Ediouro depois da Pixel, mira na Conrad

A editora Ediouro há pouco menos de um mês anunciou ter adquirido os 20% restante da Pixel Media das mãos da Futuro Comunicação, empresa de André Forastieri, ex-Conrad e fundador da Pixel Media.

Aqueles que acompanham o mercado nacional sabem que a Ediouro há tempos ganha terreno no mercado nacional de quadrinhos. Logo no início de 2006 fez surgir junto com Forastieri a editora Pixel, que de início era voltada para quadrinhos alternativos e europeus, mas que logo agitou o mercado quando começou a negociar os direitos de publicação da DC Comics no Brasil, algo que poderia ter alterado drasticamente o mercado nacional. Infelizmente as negociações não deram certo e a Panini Comics continuou com a Marvel e a DC no Brasil; porém, a Pixel não saiu de mãos vazias e, no iniíio de 2007, começou a publicar o vasto material Vertigo, Wildstorm e ABC, sub-editoras da DC Comics, deixando assim uma porta aberta na editora norte-americana. Ainda sobre a Pixel, é importante lembrar que no segundo semestre de 2007 Cassius Medauar ocupou o cargo de editor-chefe após a saída de Braz Junior; coincidentemente ou não André Forastieri logo em seguida começou a se afastar do dia a dia da editora. Em 2008 a Pixel começou o ano prometendo mais títulos e novidades nas bancas. No mês de junho finalmente foi lançada o segundo Mix da editora, a revista Pixel Fábulas.

Já a Conrad é uma das maiores editoras de quadrinhos do país. Fundada em 1993 por Rogério de Campos, a editora ganhou fama e cresceu no mercado nacional junto com o boom dos mangás no país – através principalmente de Dragon Ball e Cavaleiros do Zodíaco. Mas além dos quadrinhos, a Conrad também aposta alto em títulos diversificados da literatura, com algumas publicações que dificilmente veríamos no mercado nacional pelas principais editoras: são livros que vão desde Discworld à Aventuras de uma Pseudovirgem. Algo que na minha humilde opinião mostra a visão madura do Rogério de Campos em relação ao mercado nacional, ficando anos luz a frente de outros nomes conhecidos.

Mas, indo ao que interessa, o que se sabe até o momento é que a Ediouro há alguns meses entrou em “conversas” com a Conrad para uma possível compra, fusão ou parceria; porém, não se sabe mais do que isso pois ambas as partes preferem manter a discrição sobre o assunto. Estrategicamente, uma aquisição da Conrad por parte da Ediouro faz todo sentido, pois traria para a editora o bom nome da Conrad e 15 anos de experiência – algo muito mais valioso que o catálogo que a Conrad possui.

Além da Pixel, a Ediouro também possui o selo Agir e adquiriu no inicio de 2008 a editora Desiderata, do famoso Pasquim e detentora de quadrinhos nacionais alternativos.

Zemanta Pixie
Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Ant.
Neil Gaiman fala do Brasil

Neil Gaiman fala do Brasil

Em entrevista coletiva na Flip (Festival Internacional do Livro de Parati) deste

Próxima
Dave Gibbons fala sobre Watchmen

Dave Gibbons fala sobre Watchmen

Dave Gibbons, desenhista e co-criador de Watchmen juntamente com Alan Moore, deu

Você pode gostar