Especial Camelot: A história de Morgana le Fay (Marvel Comics)

Ambrosia Quadrinhos Especial Camelot: A história de Morgana le Fay (Marvel Comics)

Morgana le Fay é uma versão criada por Stan Lee e Joe Maneely da irmã de Arthur para o universo Marvel. Nesta versão, Morgana é meio fada, meio humana, nascida em Tintagel e seguindo mais ou menos a história de Arthur, sendo sua meio irmã, porém, divergindo desta e acabando por se tornar uma das inimigas mais ferrenhas do Cavaleiro Negro e de toda uma gama de heróis da Marvel.

Especial Camelot: A história de Morgana le Fay (Marvel Comics) | Quadrinhos | Revista Ambrosia

A vilã apareceu pela primeira vez em uma história da revista da Mulher Aranha, na década de 70 para depois começar sua empreitada pelo domínio da magia de Darkhold, presa em uma torre por seu então pupilo, Magnus, que apenas aqueles com boas intenções poderiam entrar. Morgana, por poder viajar no plano astral, remete seu espírito ao século 20 e Magnus faz o mesmo, acarretando no primeiro combate entre Morgana e a primeira Mulher-Aranha, Jessica Drew.

Posteriomente, presenciamos a primeira união entre Morgana e o Doutor Destino, o qual iria se tornar seu amante. Em uma história em que o Doutor Destino e o Homem de Ferro são mandados ao século 6 e posteriormente para o inferno para salvar a alma da mãe de Von Doom, Morgana acaba por escolhê-lo como o general das suas tropas de desmortos. O Homem de Ferro derrota a vilã e acaba por ganhar o ódio mortal de Von Doom pelo banimento de sua amante.

Por diversas vezes Morgana tentou lançar a Terra em um mundo regido pela magia negra, sendo sempre derrotada pelo Cavaleiro Negro e seus aliados. Nos dias mais recentes, Morgana acabou por reunir os Vingadores inadvertidamente. Usando os poderes da Feiticeira Escarlate, ela altera a magia que circunda seus poderes e os poderes dos deuses nórdicos, possibilitando que ela pudesse manipular a Espada do Crepúsculo, uma dos mais poderosos artefatos nórdicos, alterando a realidade a sua vontade, convertendo os Vingadores em um grupo chamado a Vingança da Rainha para que eles sejam leais a ela e Mordred.

Especial Camelot: A história de Morgana le Fay (Marvel Comics) | Quadrinhos | Revista Ambrosia

Porém, para que isso funcione, ela precisa manter a Feiticeira Escarlate amarrada sem poder usar seus poderes o que se mostra prático no início, até que ela consegue chamar por Magnun, que estava em sua forma iônica após ter morrido e ressucitado. Ao mesmo tempo, ela clama por ajuda e alguns dos Vingadores começam a despertar desta realidade alterada e começam a recrutar de volta seus companheiros. Esta fase foi escrita por Kurt Busiek e desenhada por George Pérez. Após ser derrotada novamente, vemos que Morgana volta a aparecer no mundo do século 6, visitada por Von Doom que pede a ela um exército invencível que o irá seguir indefinidamente.

Ela o presenteia com um exército de acéfalos/Sem Mente (cada editora chama eles de um jeito), criaturas das dimensões demoníacas de Dormammu. Infelizmente para o Doutor, Stark que era diretor da SHIELD, uniu um grupo de Vingadores de peso, sob o comando da Miss Marvel, o que acabou por ser a derrota de Von Doom e sua posterior prisão.

Com a chegada de Norman Osborn ao comando da defesa americana, dissolução da SHIELD e criação do MARTELO, Von Doom é libertado e mandado para a Latvéria, onde encontra seu reino sob o domínio de uma enfurecida Morgana Le Fay que o ataca com magia negra enquanto um exército de demônios toma o terreno a sua volta. Nisso, os agentes do MARTELO que o escoltavam contatam Osborn que aciona seus Vingadores Sombrios. O Sentinela chega ao local e literalmente arranca a cabeça de Morgana, causando espanto a todos. Porém, o corpo de Morgana pode morrer, mas ela está viva no passado e volta com tudo, destruindo o Sentinela e dominando o simbionte de Venon para que ataque seus companheiros. Von Doom e Osborn usam a máquina do tempo e voltam à época dela para lutar frente a frente. Após dizer a Osborn que Von Doom irá traí-lo, como fez com ela, e tentar atacá-los, Von Doom a prende dentro de seu caldeirão, mandando-a para a era dos dinossauros, um milhão de anos atrás. Essa fase foi desenhada pelo brasileiro Mike Deodato e ficou maravilhosa.

Especial Camelot: A história de Morgana le Fay (Marvel Comics) | Quadrinhos | Revista Ambrosia

Morgana, se bem utilizada pode ser uma ótima vilã, ou, como vimos no começo, uma péssima vilã cheia de clichês como prender seus adversários e esperar que eles consigam escapar, como toda boa vilã da era de prata dos quadrinhos. Infelizmente ela deve ficar esquecida por algum tempo até a Marvel encontrar uma nova saga envolvendo magia negra e o reino de Arthur, quando ela poderá voltar a agir contra os Vingadores. A Distinta Concorrência tem uma versão de Morgana, a qual eu desconheço, mas que deve seguir os mesmos padrões.

#Novidades