em

Com humor afiado e muito bem ilustrado, “Pavor Espaciar” é singular

Difícil dizer qual personagem da Turma da Mônica é o mais querido, pois as opiniões certamente se dividem. Um fato incontestável é que o caipira Chico Bento pode encabeçar fácil essa lista. Há muito ele conquistou os leitores com seu jeito despreocupado, esperto e roceiro de ser. E é ele o personagem principal nessa terceira HQ, “Pavor Espaciar” do selo Graphic MS, que conta com as ilustrações de Gustavo Duarte.

chico bento graphic msp pavor espaciar capaChico Bento e seu primo Zé Léle estão sozinhos em casa, quando alienígenas (daquele tipo feio e ruim) aparecem e abduzem os dois, levando também o Torresmo e a Giserda. Ao acordar, já na nave, Chico tem que encontrar seu primo, assim como seus bichos de estimação. O que não será nada fácil, pois os alienígenas não pretendem desistir fácil desses humanos tão peculiares. E uma apavorante aventura começa.

O ilustrador Gustavo Duarte foi o único que repetiu o mesmo personagem de quando participou do MSP 50. Nascido em Bauru, interior de São Paulo (como o próprio Maurício de Sousa que é de Mogi das Cruzes), a sua identificação com o Chico Bento é imediata. Ele procurou se inspirar nos famosos “causos” contados pelos interioranos, para criar essa divertida história. Suas ilustrações são belíssimas, com traços mais rebuscados e infantilizados, lembrando um pouco o estilo do Skottie Young, desenhista da Marvel. Apesar do Chico Bento falar pelos cotovelos, o enredo possui poucos diálogos, mas quando aparecem, arrancam risadas. Para aqueles que assistiram a desenhos do Chico e tem a voz guardada na memória, ler as falas e imagina-lo falando aquilo faz toda a diferença. Lembrando sempre de ler como está escrito ou não tem graça.
chico-bento-gustavo-duarte-graphic-msp-2013-04 Para o “causo” da abdução, Gustavo acrescentou os elementos certos, incluindo um milharal enorme, macas e aparelhos cirúrgicos, referências a cultura pop, mistérios da humanidade, outros personagens do Maurício e, claro, pequenos alienígenas, mal encarados (ugh!) e prontos para a dissecação. Criando assim, mais uma obra-prima para a galeria de sucesso da Graphic MSP que já conta com “Astronauta Magnetar” e “Laços“. Final do ano teremos a quarta HQ, do ilustrador Shiko, que terá como personagem principal o Piteco.

Para aqueles que curtem quadrinhos, recomendo e muito o trabalho deste premiado ilustrador, cartunista e caricaturista que é Gustavo Duarte. Seus trabalhos são muito suaves, sempre cheios de humor e sem textos. Gustavo lançou seus trabalhos de forma independente e com recursos próprios até 2012, quando teve “Monstros!” publicado pela Quadrinhos na Cia. Em 2014, a editora americana Dark Horse irá lançar uma coletânea dos trabalhos dele, aumentando ainda mais seu público e sucesso.
duarte1

Deixe sua opinião

“O Herói Perdido” traz novo fôlego a saga dos semideuses de Riordan

Mirror City – Cidades em caledoscópio