em

Mafalda comemora 50 anos mais atual do que nunca, como observa Quino

Campeã de aparições em materiais escolares, a filosófica e questionadora menininha argentina comemorou 50 anos no dia 29 de setembro. Nem parece que o tempo passou para Mafalda que, além de continuar pequena e adorável, está cada vez mais atual: não importa se suas tirinhas foram publicadas há algumas décadas, porque as reflexões por ela levantadas são atemporais.
mafalda sustentabilidade-ambiental2
O cartunista Joaquín Salvador Lavado Tejón, mais conhecido como Quino, criou a personagem para uma campanha publicitária em 1962 do jornal Clarín para a linha de produtos domésticos Mansfield, que nunca foi publicada. Dois anos depois, ela finalmente estreou nas tirinhas, mostrando que uma menina de seis anos de idade pode ter muita opinião formada! E que opinião: ela é fã dos Beatles (bom gosto se aprende desde cedo, viu?), detesta sopa e faz os tipos de perguntas que deixam os adultos de cabelo em pé.
Ainda novinha, Mafalda teve de enfrentar um problema na Justiça: em 9 de março de 1965, as tirinhas foram suspensas por uma questão legal. Uma semana depois, elas voltaram a ser publicadas, mas em outro jornal. Em dezembro de 1967, novo golpe: este jornal faliu, e a personagem só voltou à ativa sete meses depois, com direito à inclusão de um irmão mais novo, Guille.
Com o passar dos tempos, foram criados novos personagens. Se na primeira tirinha havia apenas Mafalda e o pai (cujo nome nunca é revelado), aos poucos vieram a mãe de Mafalda, o amigo avarento Manolito, o preocupado Filipito, o curioso Miguelito, a fútil Susanita. Era uma época em que os quadrinhos deixavam de ser coisa de criança e ganhavam a atenção dos adultos, fosse como apreciadores ou mesmo estudiosos dessa forma de expressão breve e eficiente. Não foi à toa que Mafalda fez sucesso no mundo todo, sendo traduzida para 26 idiomas.
mafalda 706
Em muitos momentos, as tirinhas de Mafalda foram comparadas às de Snoopy e Charlie Brown, pelo diferencial de não deixarem o leitor com um sorriso no rosto quando termina de ler os quadrinhos. Entretanto, o próprio Quino mencionou que sua intenção era mostrar o oposto das tirinhas de Snoppy, nas quais nunca havia personagens adultos. Porque, ora bolas, as crianças interagem, e como!, com os adultos diariamente. E é esse diferencial que fez Mafalda ser tão amada: ela se mostra muito mais madura e consciente que os adultos ao seu redor.
mafalda dibujo
Ao contrário de muitos cartunistas, Quino queria exclusividade sobre sua personagem. 100% das tirinhas de Mafalda que você encontra por aí foram concebidas por ele. Ele não deixou que outros desenhistas trabalhassem com sua criação (uma incursão em outra mídia por outra pessoa foi o desenho animado de Mafalda, feito em 1982). Quino pôs um ponto final (quase) definitivo às histórias em 1973, quando disse que Mafalda havia se tornado demasiado opressiva para ele. Sinal de que a personagem ganhava vida própria…
[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=CzG643BlBd8[/youtube]
Mafalda e seus amiguinhos foram escolhidos para ilustrar uma campanha da UNICEF sobre Direitos Humanos em 1979. Em 2009, por comemoração aos 45 anos da personagem, foi colocada uma estátua de 80 cm de Mafalda numa praça em Mendoza, em frente à casa onde Quino morava. Este ano, às vésperas do cinquentenário de sua mais famosa criação, Quino fez uma amarga observação: se sua personagem continua tão atual mesmo 50 anos depois da estreia, é porque o mundo ainda tem de mudar – e muito! Mas pelo menos temos o conforto e a esperança de que essa pequena musa inspiradora ainda vai estar por aí para pedir por mudanças.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *