Mark Millar quer nova super-saga da Marvel

2
12

[este artigo contém spoilers]

mark-millarQualquer leitor de quadrinhos americanos sabe que o escritor escocês Mark Millar conseguiu movimentar o mercado americano com um hype inacreditável em sua saga Guerra Civil, que culminou na morte do Capitão América e dividiu por completo todos os heróis da editora como nunca havia acontecido antes. Desde então nada tão gigante envolveu o escritor – até agora.

Segundo o que foi dito em seu próprio site, Millarworld, o escritor está em conversas com o editor-chefe Joe Quesada para uma nova saga que deve envolver a editora a partir do meio do ano que vem. A idéia dele é como pegar um carro e sair numa viagem louca e assustadora, mas depois voltar com o veículo intacto. Até agora, essa foi a única informação dada a respeito da possível nova saga.

É cabível que Millar queria fazer isso. Normalmente, no verão, as editoras de quadrinhos apresentam grandes eventos para aumentar suas vendas. Os boatos indicam que um grande amigo de Millar, Grant Morrison, esteja cuidando da volta de Bruce Wayne ao UDC neste mesmo período – portanto, a concorrência deve ser alta. Estamos de olho.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

12 thoughts on “Mark Millar quer nova super-saga da Marvel

  1. Pode esperar quem vem coisa boa por aí,mesmo tendo achado o final capenga de “Guerra Civil” , temos que dá crédito para o escocês,afinal ele é o criador de Planetary.

    • Sem querer ser chata mas, Planetary é do Warren Ellis.

    • Adoro o Millar, ele me fez gostar do Capitão America. E nem sei mais como ele vai fazer um grande evento, a Marvel anda tão ferrada, em quesito grandes sagas. Tipo desde House of M, a coisa ta louca, alias acho que desde a ruptura dos Vingadores.
      Na verdade a melhor historia do Millar – para mim – é Old Man Logan.

  2. Gostei de Guerra Civil e estou adorando Marvel Zombies, vamos ver o q + vai aparecer por ai !!!

  3. Eu também gostei de Guerra Civil o final que eu achei capenga,ele tinha que fazer um final mais apoteótico,ele simplesmente preferiu sair pela tangente com o Capitão América se entregando sem mais delongas, ele podia ter inovado mais

  4. A parte mais inovadora da Guerra Civil foi o final.
    Toda mega saga tem final apoteótico. Fazer um grande herói morrer como um ser humano comum foi uma grande inovação e a meu ver uma das melhores coisas da série.

    Mas dessa vez, a julgar pela analogia do carro, Millar não quer escrever “a saga que vai transformar o universo Marvel” de novo. Legal, porque reviravolta toda hora enche o saco, e na maioria das vezes não muda nada de verdade.

  5. PQP ( sic ) eu confundi é Authority e não Planetary,talvez a confusão tenha sido ocasionada por eu ter lido o artigo sobre Planetary…faz parte…rs rs

  6. Posso estar errado mas o Mark Millar é um daqueles escritores que se mostram excelentes quando suas obras não recebem (muita) “pressão editorial”. Adorei o Authority e todo seu clima subversivo-travestido-de-normalidade, mas achei Guerra Civil extremamente fraco, com inúmeros furos e erros de sequência. Por já ter visto a genialidade do Millar, só consigo pensar que os editores da Marvel cortaram suas asas…

  7. vem grande coisa por ai,ainda mais se tratando do millar

  8. Millar não criou o Authority… foi o Ellis também…

  9. Fo o Ellis mais ele deu continuidades,procede!?

  10. Evento que não leva a nada é besteira
    Veja as Infinitas Crises da DC que foram escritas por caras do calibre de Morrisson,Wolfmann e Johns e nada aconteceu.
    Fazer uma viagem e voltar como se nada tivesse acontecido é chato,desculpa pra vender muita revista sem próposito nenhum,mas ainda assim a Marvel estrá mais organizada do que a DC em relação ao contexto geral.