Mauricio de Sousa é derrotado na eleição da Academia Brasileira de Letras

Mauricio de Sousa é derrotado na eleição da Academia Brasileira de Letras – Ambrosia
Foto Caio Gallucci – divulgacao MSP

O filólogo e escritor Ricardo Cavaliere foi eleito para ocupar a cadeira número oito da Academia Brasileira de Letras (ABL), derrotando o quadrinista Mauricio de Sousa, que fez bastante movimento para concorrer à vaga. A eleição ocorreu na tarde desta quinta-feira (27/04) e o resultado foi divulgado após poucas horas nos canais oficiais da ABL.

Mauricio de Sousa recebeu apenas 2 votos, contra 35 votos de Ricardo Cavaliere. Disputavam também o escritor Joaquim Branco, o escritor Eloi Angelos G. D’Arachosia e o advogado José Alberto Couto Maciel. Outro postulante ao cargo era o jornalista, produtor de TV e escritor James Ackel, que criticou Sousa em diversas ocasiões, afirmando que o que ele fazia não era literatura.

Sousa disputava a cadeira que era da acadêmica Cleonice Berardinnelli, morta em janeiro de 2023. O patrono da cadeira 8 (o escritor escolhido como homenageado) é o poeta Cláudio Manoel da Costa. O primeiro a ocupá-la foi Alberto de Oliveira.

Ricardo Cavaliere, o ‘novo imortal’

Ricardo Cavaliere possui graduação em Letras (Português/Inglês) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ (1975), mestrado em Língua Portuguesa (Letras Vernáculas) pela UFRJ (1990), e doutorado em Língua Portuguesa (Letras Vernáculas), pela UFRJ (1997). Também possui graduação em Direito pela mesma universidade (1996).

Fez estágio de pós-doutorado em História da Gramática no Brasil, na Universidade do Estado do Rio de Janeiro – UERJ, sob supervisão do Acadêmico ocupante da Cadeira no 33, rofessor e filólogo, Evanildo Bechara. Tem experiência na área de Letras e Linguística, com ênfase na descrição do português e na historiografia dos estudos linguísticos. Dentre suas obras, destacam-se: “Fonologia e morfologia na gramática científica brasileira” e “Pontos essenciais em fonética e fonologia”. Atualmente é professor aposentado da Universidade Federal Fluminense, onde atua no Programa de Pós-Graduação em Estudos de Linguagem.

O filólogo é membro da Academia Brasileira de Filologia, do Conselho Editorial da Editora Lexikon e da Editora Lucerna. Também é membro da Revista Todas as Letras e diretor da Revista Confluência.

Também possui experiência como conselheiro no Real Gabinete Português de Leitura, que lhe conferiu o título de Grande Benemérito. Foi, ainda, conselheiro do Liceu Literário Português. É membro de diversas associações nacionais e internacionais em sua área de investigação, entre elas a Société de Linguistique Romane, a Henry Sweet Society for the History of Linguistic Ideas e a Associação Brasileira de Linguística.

Com informações via G1

Total
0
Links
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ant
Chorou Bebel reflete os múltiplos modos de se viver o afeto em álbum de estreia
Chorou Bebel

Chorou Bebel reflete os múltiplos modos de se viver o afeto em álbum de estreia

“P/ QUEM TEM CORAGEM DE AMAR” faz caldeirão sonoro

Prox
Gabriel Aragão anuncia disco solo com clipe “Ainda Está No Ar”
Gabriel Aragão

Gabriel Aragão anuncia disco solo com clipe “Ainda Está No Ar”

Conhecido por seu trabalho com a Selvagens À Procura de Lei, artista prepara

Sugestões para você: