em

Melhores HQs lançadas no Brasil em 2010

Melhores HQs lançadas no Brasil em 2010 | Quadrinhos | Revista Ambrosia

Após ajudar escolher os melhores lançamentos de 2009 para o blog Gibizada, do O Globo online, o jornalista Télio Navega solicitou novamente minha lista – junto de 20 outros profissionais do mercado – com os melhores lançamentos de HQs no Brasil em 2010.

Melhores HQs lançadas no Brasil em 2010 | Quadrinhos | Revista AmbrosiaCom resultado nada surpreende, o melhor álbum de 2010 é “Bando de Dois“, do paulista Danilo Beyruth, publicação da Zarabatana Books. Bando de Dois já dava sinais de sua força ao superar Milo Manara nas vendas durante a Rio Comicon, além de aparecer em algumas listas iniciais de melhores do ano. A respeitada lista compilada pelo jornalista Télio Navega só consagra de vez a saga dos bandoleiros.

Abaixo a lista completa dos melhores de 2010:

  1. Bando de dois“, de Danilo Beyruth;
  2. Cicatrizes“, de David Small;
  3. Cachalote“, de Daniel Galera e Rafael Coutinho;
  4. Notas sobre Gaza“, de Joe Sacco;
  5. MSP +50“, por vários autores;
  6. Kiki de Montparnasse“, de de José-Louis Bocquet e Catel Muller;
  7. Xampu – Lovely losers“, de Roger Cruz;
  8. O que aconteceu ao homem mais rápido do mundo?“, de Dave West;
  9. (SIC)“, de Orlandeli;
  10. Logicomix“, de Apostolos Doxiadis, Christos H. Papadimitriou, Alecos Papadatos e Annie Di Donna e “Bordados“, de Marjane Satrapi.

Para as demais listas enviadas confira este link, pois daqui em diante vou comentar o que verdadeiramente importa, minha escolha dos melhores lançamentos de HQs em 2010 no Brasil :p

Melhores HQs lançadas no Brasil em 2010 | Quadrinhos | Revista Ambrosia1 – “Cachalote”, de Daniel Galera e Rafael Coutinho

O grande lançamento do ano ganhou a ira do mercado com a exagerada promoção da Quadrinhos na Cia., levando diversos profissionais a encarar com preconceito a fantástica proposta de Daniel Galera e Rafa Coutinho. Cachalote apresenta uma arte madura de Coutinho, que acompanha com perfeição a construção literária de Galera, e por isto figura como melhor edição do ano em minha seleção pessoal. [Compre no Submarino]

2 – “Memória de Elefante”, de Caeto

Também da Quadrinhos na Cia., “Memória de Elefante” é um álbum autobiográfico do paulista Caeto, que conta sua complicada trajetória como autor de histórias em quadrinhos, vocalista de uma banda independente e artista plástico não reconhecido. [Compre no Submarino]

3 – “Éden”, de Kioskerman

“Éden é uma sucessão de diminutos contos bucólicos e medievais em um mundo onde a natureza ocupa o papel principal e os personagens passeiam da poesia ao humor com grande inspiração e simplicidade”. Uma descrição quase  perfeita do álbum, faltando lembrar apenas da magia que se pode tirar das tiras reflexivas de Kioskerman. Editora Zarabatana Books.

4 – “Kiki de Montparnasse”, de José-Louis Bocquet e Catel Muller

Lançamento do selo Galera, um braço da Editora Record, a graphic novel “Kiki de Montparnasse” mostra a agitada vida de Kiki, musa da boemia francesa na primeira metade do século XX. As cerca de 400 páginas da edição passam voando no enxugado roteiro de José-Louis Bocquet e traço simples de Catel Muller, crescendo apenas na evolução da personagem e sua história.

Melhores HQs lançadas no Brasil em 2010 | Quadrinhos | Revista Ambrosia5 – “Gefangene – Sem Saída”, de Koostella

Quando o Fabio Zimbres me indicou Gefangene na Rio Comicon, não podia esperar surpresa maior, os desenhos aparentemente toscos de Koostella na verdade trazem uma perturbadora visão da vida presidiária, que aliadas a falta de dialogos causam apreensão e sufoco da primeira à última página. Pela Zarabatana Books.

6 – “676 Aparições de Killoffer”, de Patrice Killoffer

Estreando no mercado, as editoras Barba Negra e LeYa Cult acabaram representadas nesta lista com “676 Aparições de Killoffer”, um álbum avassalador que mostra toda originalidade de Patrice Killofer, membro do grupo de quadrinhos L’Association. A edição acompanha o autor – e todas suas representações – preparando-se para partir de Paris para Quebec, onde ganhará uma bolsa para produzir um livro sobre a provincia.

7 – “Jambocks! – Prelúdio para a Guerra”, de Celso Menezes e Felipe Massafera

Celso Menezes conta, através das belos ilustrações de Felipe Massafera, a trajetória brasileira rumo a Segunda Guerra Mundial. A primorosa edição é da Zarabatana Books, e para saber mais leia minha resenha da edição. [Compre no Submarino]

8 – “Macanudo #3”, por Liniers

A genialidade do argentino Liniers parece não se esgotar e o terceiro volume de Macanudo mantém a qualidade das edições anteriores. Sensível e genial. Mais um excelente lançamento da editora Zarabatana Books, que sagrou-se campeã na minha lista de 2010 😀 [Compre no Submarino]

9 – “Revista Golden Shower #1”, de Cynthia B.

Cynthia B. fez sua estreia em grande estilo com a primeira edição revista Golden Shower, que reune 100 páginas de quadrinhos politicamente incorretos de autores novos e consagrados, como Allan Sieber; Chiquinha; André Dahmer; Benett; Fabio Lyra; e Arnaldo Branco.

10 – “Bando de Dois”, de Danilo Beyruth

A grande vencedora do ano acabou em último na minha lista, mostrando como este ano o mercado brasileiro foi agraciado com bons lançamentos. A principal qualidade de “Bando de Dois” é ser uma aventura impecável, que aliada ao incrível desenho de Danilo, consegue agradar qualquer tipo de leitor. Uma publicação Zarabatana Books!

Deixe sua opinião

Publicado por Salvador Camino

Os 10 momentos da televisão em 2010

O “Telephone” que Lady Gaga nos deu em 2010