Cultura colaborativa! Participe, publique e ganhe pelo seu conteúdo!

Novo quadrinho do Batman será lançado mundialmente

batman-in-barcelona-the-dragons-knightA imagem do cavaleiro que subjuga um inimigo é comum, e a mais conhecida destas na atualidade é, sem dúvida, a de São Jorge; e o novo quadrinho do Batman, The Batman In Barcelona: The Dragon’s Knight, se inspira exatamente neste santo para desenvolver seu enredo. Temos aqui o Crocodilo, que recebe uma lavagem cerebral orquestrada pelo Chapeleiro Louco e pelo Espantalho, e passa a acreditar que é descendente do dragão opositor a São Jorge, sendo, portanto, seu dever lutar e vencer a reencarnação do cavaleiro (que, obviamente, é o Batman). O diferencial de tudo isso, porém, é o plano de fundo da luta, a Catedral da Sagrada Família, um dos ícones de Barcelona. Agora, por que essa mudança de ares? Na cidade existe um festival dedicado a São Jorge, que poderia ser considerado uma espécie de dia dos namorados, só que com maior importância. Aparentemente, uma porradaria entre Batman e o Crocodilo é uma ótima forma de homenagear o feriado e a cidade.

O roteiro é de Mark Waid e as ilustrações do espanhol Diego Olmos (que recentemente comentou sobre o projeto), exceto pela capa, trabalho de Jim Lee.

Com a temática mundial da revista, ela não se limitará a uma estréia meramente americana, mas será lançada diretamente para quatro línguas: inglês, espanhol, italiano e, agora essa última me surpreendeu, catalão (ok, é um idioma oficial da região, mas não imaginei que a DC iria se dar ao trabalho para traduzir o material para a língua).

O lançamento irá ocorreem maio em um dos mais importantes eventos da Europa: El Salón Internacional Del Cómic De Barcelona que, apesar do nome, abrange produções de mangás à quadrinhos indies. Dá para entender a escolha do mercado quando ouvimos o comentário de Olmos: “A Espanha possui uma grande tradição de publicações e amor pelas revistas norte-americanas. Mas ela também é um mercado bastante diverso, no qual se encontra publicações de mangás, quadrinhos franceses e nacionais. O entusiasmo gerado pelo anúncio do projeto [do Batman] foi bastante espetacular, muito maior do que eu esperava, e a mídia – TV, rádio e principais jornais – o vêm noticiado. Eu nunca respondi tantas entrevistas”.

Compartilhar Publicação
Link para Compartilhar
Publicação Anterior

Gundam Unicorn ganha animê

Próxima publicação

Top Cow anuncia primeiras imagens de Berseker

Comentários 5
  1. “última me surpreendeu, catalão (ok, é um idioma oficial da região, mas não imaginei que a DC iria se dar ao trabalho para traduzir o material para a língua).”

    Pra mim faz todo o sentido, Di.

    A DC já deu muita bola fora, mas sempre foi criadora e inovadora.
    Primeiro super-herói, primeira super-heroina, primeiro time de super-herois, Watchmen, DK, Sandman, Vertigo, Animações … O mercado pode estar dificil hoje para ela nos termos convencinais, mas no termo de diferença é dificil competir. Batman, o personagem com mais possibilidades da editora e Mark Waid, o gênio geek dos HQs com uma abordagem universal (pegar personagens míticos americanos e coloca-los num ambiente reoginalista) , bem luciniano.

    Ótimo furo de reportagem. Parabéns!

    1. Que a DC inova eu sei, mas não achei que os americanos iam tirar os olhos do grande umbigo inglês 🙂 Muito menos seguir para o catalão, que é uma língua não tão relevante comercialmente, então estava esperando uma postura estilo: Ahhh.. quem fala catalão fala espanhol, traduz pro espanhol que as pessoas lêem..

      E, convenhamos, a DC tem uma tradição meio muquirana…

        1. rs. Sim, sim, mas eu sempre acho que americano não entende o significado de mundial…

          Como assim? o Tarot Vertigo esgotou. E todo mundo continua querendo, por isso relançaram :p

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia a seguir

Destino dos Perpétuos

“Destino é o mais velho dos Perpétuos. No princípio havia a Palavra, e ela foi escrita à mão na primeira…