em

O que teve na Arte em Andamento + Festa Nerd

mesaparaconsumo

O projeto Arte em Andamento, realizado nessa sexta-feira no Clube Antonieta (Copacabana – RJ) prometia de tudo: música, dança, poesia, quadrinhos independentes, convidados especiais do Quarto Mundo (Daniel Esteves e Laudo Ferreira, ganhadores do prêmio Angelo Agostini, Will e Jozz) e, além disso tudo, um concurso de cosplay.

Primeiramente vou comentar sobre o óbvio: o concurso de cosplay não foi realizado. Eu não observei nenhuma pessoa fantasiada e nem qualquer menção sobre o fato.

arte-ed-especial-86Agora, todo o restante aconteceu, e posso dizer que foi de forma mais impactante do que eu esperava. A música veio de 4 fontes diferentes: 3 grupos de cantores e um DJ ao final da noite. Destes, porém, apenas  um se destacou, mais precisamente um casal, Vinícius Castro e Fabiana, uma dupla com boa voz e músicas super bem compostas, com letras interessantes e divertidas (trabalho de Vinícius), com algumas obras particularmente similares às de Noel Rosa. Em suma, algo bom e carioca. E, para quem se interessou, vale a pena acessar o MySpace dos cantores (Vinícius Castro e Fabiana)

Para quem gosta de performances mais inovadoras, tivemos o número de Bruno que, vestido de noiva, representava atitudes consideradas como tipicamente femininas rodeado pelos espectadores do clube.

arte-ed-especial-74
Lauro Ferreira, Ana, Jozz, Marlon Tenório, Will e Daniel Esteves

A parte nerd da festa, porém, foi bastante diferente do esperado. Houve uma rápida apresentação dos rapazes (fazendo pose ao lado) e foi montada uma (indispensável) banquinha com diversas opções de quadrinhos para quem quisesse mergulhar no mundo da produção nacional. Porém foi só. Você poderia conversar com os rapazes, que foram super-receptivos, ou ver o Daniel Esteves dançar, o que é uma experiência única. Ouvir eles falando com o público de uma forma geral apenas foi possível no evento da Impacto, no sábado.

O projeto Arte em Andamento é, portanto, algo diferente de qualquer coisa que você possa esperar, a sensação é que a cada momento algo inesperado vai aparecer, seja um poema, uma música ou performances.

Depois do dia de festa, os árduos trabalhadores da indústria de quadrinho nacional acordaram mais cedo para ir até a Impacto Quadrinhos do Rio dar uma palestra sobre  o que é o Quarto Mundo e o trabalho de quadrinhos, o que fazer para publicar suas produções e como funciona o mercado de quadrinhos. Mais uma vez tivemos a banquinha de vendas e, por volta das cinco da tarde, os rapazes estavam livres para desfrutar do Rio de Janeiro.

[as fotos foram retiradas do Picasa; clique aqui para ver o álbum do evento]

4mundo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

GIPHY App Key not set. Please check settings

2 Comments

Street Fighter

Publicado por Diana

VerificadoEscritorGamerColecionadorGibizeiroSuper-fãs

Novas e belas imagens de O Anticristo

Voltando a Sebe: Um Post-Mortem de Changeling