em

Os X-Men do século XXI

Os X-Men do século XXI | Quadrinhos | Revista Ambrosia

Os X-Men do século XXI | Quadrinhos | Revista AmbrosiaRecentemente estive em uma discussão com um amigo sobre as mudanças que alguns personagens da Marvel tiveram no decorrer das décadas, conversamos sobre os X-Men e destacamos como a equipe mais famosa da Marvel vem tomando um rumo bem diferente do que foi proposto quando foram criados na década de 60.

Inicialmente a equipe contava a história sobre um grupo de pessoas que nasciam com o gene X, que lhes proporcionava habilidades especiais ou mutações e como elas viviam em uma sociedade que as temiam e odiava. De um lado estava o Professor Charles Xavier que pregava que tanto os humanos como os mutantes poderiam viver pacificamente. Do outro havia seu melhor amigo Eric Lensher, o Magneto, com sua visão de que os mutantes deveriam utilizar a força e opressão para sobreviverem e se tornarem a espécie dominante no planeta.

Durante décadas tanto um lado como outro viveu no limite que os separava, ora Xavier tomava atitudes típicas de Magneto ora Lensher tomava partido da causa de Xavier mas tudo isso mudou com a chegada de  Grant Morrison. O escocês deu uma balançada no universo mutante, além de jogar todos os defeitos do casal Jean Grey e Scott Summers no ventilador, ele fechou o arco na qual participou mostrando o quanto Xavier não se encaixava na equipe e como sua filosofia pertencia a um passado distante.

Os X-Men do século XXI | Quadrinhos | Revista AmbrosiaOs X-Men do século XXI | Quadrinhos | Revista AmbrosiaOs X-Men do século XXI | Quadrinhos | Revista AmbrosiaOs X-Men do século XXI | Quadrinhos | Revista Ambrosia

Sem Xavier, coube a Emma Frost e Scott Summers levar a equipe adiante, o que definitivamente não tem sido uma tarefa fácil. Pudemos ver isso em histórias onde a equipe estava perdida, como se não se encaixasse mais no contexto do universo que haviam criado para ela e se repararmos bem, os X-Men não participam de uma saga da Marvel desde Dinastia M.

A equipe teve seu lar destruído, se mudou para São Francisco, revelou-se para o mundo, tentaram bancar os heróis e atualmente criaram uma ilha somente para mutantes nos escombros do Asteróide M de Magneto (que por sinal está na equipe agora).

Os X-Men do século XXI | Quadrinhos | Revista Ambrosia

O ponto aonde quero chegar é que vivemos em um mundo interativo, rápido e se a equipe não se adequasse ao nosso tempo se tornaria chata, antiquada e é impossível que os X-Men conitnuassem lutando pelos mesmos direitos que a década de 60 e 70, vivemos em mundo preconceituoso ainda? Sim, mas hoje em dia as coisas são mais suavizadas ou veladas, se negros, mulheres e gays já possuem direitos civis porque os mutantes não teriam?

Os X-Men do século XXI | Quadrinhos | Revista AmbrosiaXavier e Magneto se tornaram antiquados e no meio de tantas mudanças. Scott e Emma fizeram da equipe o melhor entre os dois tipos de pensamento, a equipe ainda luta por direitos civis mas agora conquistaram a confiança da prefeita de São Francisco, que os acolheu em sua cidade. A nova X-Force porém, nada mais é do que um grupo de extermínio, aonde quer que exista uma ameaça a raça mutante eles estão para liquidá-la, tudo isso sob as ordens de Ciclope.

Nem todas as mudanças agradam e os fãs mais xiitas desprezam essas novidades. Recomendo que parem para pensar, sem essas mudanças não seríamos apresentados a novos personagens interessantíssimos e, como na vida real, as pessoas crescem e amadurecem. Porque com os mutantes não poderia acontecer isso? Emma Frost está aí para provar que mudanças são sempre bem-vindas.

2 opinaram!

Deixe sua opinião!
  1. A mudança foi mais que bem vinda! Pelo menos por mim. Eles realmente precisavam crescer. Uma pena é que certos autores ainda não entederam isso. Mudanças sim são otimas, é hora deles saírem das sombras.

  2. para min e tudo lixo!!! desculpe se sou meio antiquado, mas acho que poderiam modernizar o grupo sem ter que destruir meio mundo e estraçalhar o resto. vejo essa faze como um grande desperdicio de tempo e esforço, pois poderiam criar historias melhores e mais interessante.

Deixe sua opinião

Publicado por V.H. Batista

Azar do Personagem, de Reginaldo Pujol Filho

Kick-Ass quer chutar teu traseiro!