em

The Sandman Overture #1 – Resenha

O Ambrosia como um todo é um site que deve muito de sua existência ao Sandman. Dos autores originais deste portal, um número significativo deles se conheceu em um fórum dedicado a Saga. Esta também foi a razão pela qual o Ambrosia foi responsável por uma das melhores coberturas sobre Sandman durante seu aniversário de 20 anos, que promete continuar no ano que vem, quando o quadrinho de Neil Gaiman completar 25.

Sem dúvidas uma das melhores notícias do ano passado, descobrimos que o autor retornaria mais uma vez a série para revelar um de seus maiores mistérios: porque Morpheus estava tão fraco e destruído para ter sido capturado por Roderick Burgess na primeira edição de Sandman. Batizada de “Overture” ou “Abertura” em português esta minissérie em seis edições promete responder várias questões importantes jamais reveladas acerca do universo dos Perpétuos.

sandman overture02

 

Sandman sempre se destacou por sua arte fantástica e interessante, aqui isto não poderia ser diferente, J. H. Willians III é um dos melhores desenhistas da sua geração e ele prova esta afirmação em cada um dos quadros desta edição. Não só o seu sentido de narrativa é extremamente apurado e experimental, como todo o quadrinho possui um ar onírico que é fundamental para a trama.

A história, que eu não revelarei aqui, para que possa ser descoberta por vocês, ainda está muito em seu começo. Existe claramente um esforço da parte de Gaiman para mostrar ao público velhos conhecidos e matar a saudade, desde Perpétuos como Morte e Destino, até moradores do Sonhar como Lucien e Merv. Ainda sim, o texto possui a qualidade que é esperada dele.

sandman overture 03

Sandman Overture parece marcar muito mais pelo sentimento inato de nostalgia do que por qualquer coisa nele. Isso não significa que o quadrinho não tenha a qualidade da série original, tudo parece estar lá, mas é muito difícil julgar uma obra por um pequeno fragmento da mesma, vinte páginas de um texto de 120.

Ainda sim, o sentido de continuidade parece funcionar bem, nesta edição, por exemplo, entendemos como o Coríntio escapou do Sonhar para aterrorizar os humanos do planeta enquanto Morpheus dormia. Vemos as últimas palavras de Morpheus para Lucien, que mimetizam o diálogo do Lorde Moldador no futuro. Também parece que entenderemos melhor a natureza dos perpétuos, o foco desta história será indubitavelmente eles e Gaiman começa seu novo quadrinho transformando radicalmente o que acreditávamos sobre sua condição logo nas primeiras páginas.

No fim, ler Sandman Overture é como voltar para a casa.

SANDMAN-OVERTURE-MCKEAN-600x924

 

Deixe sua opinião

Avatar

Publicação Felipe Velloso