Wesley Dodds: Como Sandman começou

9
4

sandman-29Há 70 anos atrás, a Segunda Guerra Mundial explodia na Europa e suas notícias corriam pelo mundo. No norte do continente americano, nos EUA, o primeiro super-herói do mundo estava prestes a completar seu primeiro ano de vida nas comics (quadrinhos) do país. A febre do heroísmo tomou conta de uma sociedade em busca de símbolos de superioridade e bom comportamento ético-moral para servir de exemplo às suas comunidades.

The Sandman é um ser mitológico do oeste dos EUA. É dito que ele pode ser invocado para ajudar ou enganar crianças, fazendo-as dormir assoprando sua areia mágica em seus olhos, dando bom sono e bons sonhos. Supõe-se que essa areia vem de seu suado trabalho durante o dia. Folclore à parte, Gardner Fox e Bert Christman em 1939 criaram o personagem Sandman para a então National Comics – futura DC Comics – um detetive que usava sua pistola de areia para pegar criminosos.

Verdade seja dita, o Sandman original era um personagem datado, que possuía aventuras comuns e nenhum super-poder que fizesse dele um diferencial fantástico. Com isso, acabou caindo na obscuridade em meados da década de 1940, Wesley Dodds ficou desaparecido por muitos anos, retornando com tudo em Sandman: Mystery Theater, escrito por um grande amigo de Neil Gaiman, Matt Wagner, em parceria com Steven T. Seagle. A revista teve mais de 70 números mensais e foi muito bem recebida por crítica e público.
sandman-original
Com histórias em estilo filmes noir da década de 1930, a dupla dissecou as características mais poderosas do personagem original e o colocou em situações realísticas e controversas, lidando com temas como racismo, crime, anti-semitismo, ascensão do Nazismo e aborto. Tais temas possibilitaram o desenvolvimento de narrativas calcadas na realidade da época, contrariando temas históricos e fazendo com que o leitor se sentisse à vontade para entender melhor uma sociedade passada e abordar esses temas com mais conhecimento.

Wesley Dodds ainda apareceu em historias do Starman de James Robinson, Jack Knight, como um velho herói amigo de seu pai, Ted Knight, o Starman original. Também se encontrou com o próprio Sonho, em uma história escrita por Wagner e Neil Gaiman, chamada Sandman Midnight Theatre – Teatro da Meia-Noite no Brasil – publicada em Dias da Meia-Noite da Pixel Media e num especial da Metal Pesado em 1998.

sandman-tarantula

As histórias de Matt Wagner foram publicadas no Brasil na revista Vertigo, da editora Abril, e são um material mais que recomendado a todos os leitores de boas histórias, em quadrinhos ou não. A DC Comics está relançando todo este material em encadernados desde 2005, sendo que em março próximo o volume The Mist and the Phantom of the Fair, sétimo da coleção, será lançado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 thoughts on “Wesley Dodds: Como Sandman começou

  1. Esse Sandman num e o msm q participa da Sociedade da Justiça ele Aparece na Saga do relampago onde A legiao tra de volta o wally
    ele vai ate o Asilo Arkham com o batman busaca um dos legionarios que estao pressos lah
    E o mais impresionante e q naum aparece as pernas dele como se ele andase sobre uma nuvem negras
    Alguem me corriga se tiver errado ele e a capa da sociedade da justiça V3 N° 2 , 3° ou 4° naum me lembro

  2. Aquele , Marcelo, o o novo Sadman, que era o Sandy The Golden boy, o ex parceiro (sidekick) do Wesley… Sanderson “Sandy” Hawkings. Ele adotou o visual do seu mentor após e assumiu o nome Sand num primeiro momento, quando o antigo se matou pra previnir que o Mordru pegasse na sua mente a localização do Senhor Destino (Doctor Fate).

    Ele é meio que uma mistura de Sandman Máscara do Misterio com um Homem-Areia mesmo, sendo mesmo um ser de silício e tendo uma ligação indireta com o Daniel Hall (que substituiu o Lorde Morpheus no Sonhar…)

    Interessante que aqui no Brasil o Sadman folclórico era conhecido como o João Pestana, mas acho que a Ebal ou Abril nunca usaram esse nome (GRAÇAS AOS PERPÉTUOS), nem pro Sandman/Wesley ou mesmo pro Sandman/Hector Hall.

  3. ah boa explicaçao
    eu caçei a tal revista e vi q ele tem msm o poder de sonhar o futuro[influencia clara com morpheus]
    ele fala duma sonho pro batman sobre seu futuro\!!!!!!!!!

  4. No caso desse Sandman (Sanderson “Sandy” Hawkings), Marcelo, atualmente a influencia é do Daniel Hall , que substituiu o Lorde Morpheus entre os Perpétuos. Mas é isso ai!