Cultura colaborativa! Participe, publique e ganhe pelo seu conteúdo!

[Atualizado] Geist: Como montar um personagem…

[Este artigo foi reescrito com os mais novos e concretos spoilers apresentados em um novo tópico do site da WW]

Com a aproximação do Free RPG Day, algumas pessoas já tiveram acesso ao Quickstart de Geist: the Sin Eaters. Ainda que o felizardo seja um pouco confuso em suas declarações no fórum da White Wolf, através de seu testemunho já podemos ter acesso há algumas informações relevantes…

Um Devorador de Pecados é determinado por seu Limiar (Threshold), a forma como a pessoa morreu pela primeira vez. Esta definição seria equivalente ao clã ou caminho do indivíduo (o famoso eixo x). Como parece ser de praxis com o novo WoD, existem 5 limiares (threshold): os Destorcidos (the Torn), pessoas mortas por algum tipo de trauma violento; os Silenciosos (the Silent), mortos por inanição; as Presas (the Prey), mortos pela natureza; os Afligidos (The Stricken) mortos por enfermidades e doenças; os Esquecidos (the Forgotten) mortos pelo acaso.

Os limiares lembram bastante as legiões de Wraith: The Oblivion, que também eram separadas pela forma como haviam morrido, ainda que o antigo jogo oferecesse um número maior de opções (eram 10). Gostaria muito de ler logo exatamente como funcionam essas divisões, pois até agora me parece que é possível ter mortes que respondam por mais de um limiar. Morrer de inanição por ter se perdido em um ambiente natural não é também uma morte por causa da natureza? Ser devorado por um animal selvagem não é também uma morte violenta? Precisamos de mais detalhes sobre o dito, eixo X.

Psychê, a palavra grega para alma/consciência é o power-stat, isto é, o equivalente a blood potency ou Gnosis. Já Plasma (Plasm) seria o combustível sobrenatural, isto é, o que é utilizado para ativar poderes e características sobrenaturais (o mesmo que vitae, mana, essência, Glamour).

Por fim, a última informação consistente que temos é sobre as chaves, isto é, os dez tipos de chaves que correspondem aos poderes dos devoradores de pecados. Elas parecem funcionar mais como a nômina “influência” ou os arcanos de magos, do que listas de poderes em si. Um dos autores do livro, Wood, afirmou que as chaves são apenas metade dos sistemas de poderes de um Geist. Existem dez tipos de Chaves, elementais (uma para cada um dos quatro elementos gregos), Chave Industrial, Chave Passional,  Chave Fantasmal (Phantasmal Key), Chave Primordial, Chave Paralisante (Stillness Key) e Chave Stigmata.

Conforme mais notícias forem saindo, você pode conferi-las aqui no Ambrosia.

Compartilhar Publicação
Link para Compartilhar
Publicação Anterior

Novíssimas fotos de Transformers 2

Próxima publicação

O Senhor dos Anéis versão RAP

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia a seguir

Resenha: Dark Sun

Como os fãs de D&D já sabem, a 4e tem recebido todos os anos versões atualizadas de cenários antigos.…