em

O Barbáro na 4E

Dia 6 saiu a versão de playtest do bárbaro da 4E de D&D, a versão final sai em março de 2009 no Player’s Handbook 2. A primeira vista, ele parece um striker com pontos de vida demais e outros desequilíbrios, mas… Depois de olhar com mais calma, você nota que isso não é bem verdade. Ok, ele tem mesmo pontos de vida demais. Mas seu poder ofensivo não é tão apelão como estavam falando. Acontece que, por causa do power Rage Strike, com seu dano absurdo, dá-se a impressão de que ele causa dano demais mesmo para um striker, o que não é verdade.

E lá se vai o almoço de alguém...
E lá se vai o almoço de alguém...

Como o Rocha comentou, um Ladino de 29th level usando Assassin’s Point com Combat Advantage pode causar 7[W] + 10d6 de dano, o que é bem mais do que um power de 9[W] no mesmo nível, sejamos sinceros. Isso sem falar que é um power diário.

No geral, a build apresentada está bem legal, precisando de alguns ajustes até a versão final em 2009. Aliás, não custa perguntar, alguém vai mesmo comprar quatro Livros do Jogador, três Livros do Mestre e seis Livros dos Monstros só para jogar?

Na edição anterior, eu já achava a maior safadeza tantos livros com o mesmo tema, agora, com esses preços absurdos, então…

4 opinaram!

Deixe sua opinião!

Deixe sua opinião

Exposição sanguinolenta com os personagens clássicos dos desenhos animados

Ranking Tohan de Mangás: 1-8/out