em ,

Promoção e Lançamento – Valkaria: Cidade sob a Deusa

Recapitulando: após o lançamento do novo livro básico de RPG do cenário Tormenta, o Tormenta RPG (podem conferir a primeira e a segunda parte da minha resenha aqui e aqui), a editora Jambô lançou o suplemento Guerras Táuricas, que explica como foi e como ficou o cenário após o aumento das força dos minotauros sobre o reinado. Além, claro, de mostrar bem mais a fundo como é essa sociedade taurina.

Agora a editora se prepara para um novo lançamento que sairá em dezembro, o livro Valkaria: Cidade sob a Deusa, detalhando a mais importante cidade do reinado, coisa que, diga-se de passagem, já estava na hora. Se o mercado voador de Vectora e até a ilha perdida Galrasia ganharam um livro dedicado a eles, deixar Valkaria de lado seria uma pena não é mesmo?

Segue o texto da editora sobre o livro:

A capital da aventura!

Valkaria, a capital do Reinado. Valkaria, o centro da civilização. Valkaria, o maior centro urbano do mundo conhecido. Construída ao redor da gigantesca estátua da Deusa da Humanidade, Valkaria marca o início da colonização do continente, o maior triunfo da raça humana. Em suas avenidas, becos e telhados, escondem-se mais monstros, vilões e aventureiros do que em qualquer outro lugar de Arton.

Valkaria: Cidade sob a Deusa é um guia completo para aventuras urbanas na mais maravilhosa das cidades. Na capital, mestres e jogadores podem encontrar desafios para todos os tipos de heróis, a qualquer momento. Afinal, Valkaria nunca dorme.

Este livro contém:

  • Bairros, principais pontos de interesse e outras localidades de Valkaria, com um mapa duplo!
  • Descrições das facções mais poderosas da capital, como o crime organizado, a milícia e a alta nobreza.
  • Novos talentos, perícias, itens mágicos e equipamentos.
  • Classes de prestígio ideais para aventureiros urbanos — incluindo o detetive de Tanna-Toh, o gladiador imperial, a lenda urbana e o rei do crime!
  • Novas regras, permitindo que os heróis persigam vilões em ruas e telhados, sejam procurados pela milícia ou administrem seus próprios negócios.
  • Novos monstros e oponentes típicos de cidades.
  • Históricos e fichas de valkarianos notáveis — desde o vil assassino Camaleão até a Rainha-Imperatriz Shivara Sharpblade.
  • Conselhos e dicas para campanhas urbanas, além de 101 ganchos de aventuras!

Infinitos perigos espreitam nas ruas da capital. Se você está cansado de Valkaria, está cansado de viver!

O livro segue o exemplo do livro anterior (Guerras Táuricas) apresentando novas classes de prestígio, monstros, perícias, talentos, uma forma inteligente de oferecer um suplemento que agrada tanto mestres e jogadores e que você já deve conhecer se é acostumado a comprar livros de D&D. E como detalha apenas uma cidade, pode ser usado facilmente fora do cenário, tornando-se um suplemento interessante não só para os fãs do cenário, mas de qualquer jogador de RPG.

A Promoção

Você é fã de Tormenta e está louco para conhecer um pouco mais sobre a cidade de Valkaria? Não é fã, mas mesmo assim está interessando no livro? Não tem problema!  O site Ambrosia em parceira com editora Jambô está oferecendo para nossos leitores um exemplar do livro Valkaria: Cidade sob a Deusa que ainda está para sair! Como você pode participar? Mais fácil impossível! Basta escrever um comentário explicando por qual motivo inacreditável você deveria receber esse prêmio da editora Jambô e de nós aqui do Ambrosia!

Lembrando que só vamos considerar um comentário por pessoa. Ficaremos de olho, seus engraçadinhos! Comentários sem e-mails também serão desclassificados. Agora não percam tempo, a promoção vai de hoje (23/11/2010) até dia 30 de novembro (30/11/2010), e não esqueçam de elaborar um bom argumento para ganhar o livro, por que o melhor será o vencedor. Participem!

112 opinaram!

Deixe sua opinião!
    • O Que?Valkaria ?Voce é uma deusa?dormi todos esses anos com uma deusa?O que?que cidade?Você esta em Valkaria?O que??um livro???para mim?????Em valkaria?Eu nao buscar nao!Vou até ai morar com vc ……GUARDE meu livro….(mensagem telepatica)

  1. "Por favor, permita que eu me apresente
    Sou um homem de riquezas e bom gosto, e EU QUERO esse livro AGORA!" – Pedro Cortat (Nobre de Valkaria, usando suas habiliades de classe)

  2. Eu tenho que ganhar esse livro porque tenho que ter alguma coisa pra fazer enquanto cumpro minha pena de 100 anos por ter pegado aquela elfa loirinha do harém daquele minotauro filho da mãe.

  3. Vivo numa cidade tomada por "vampiros" bonzinhos que chupam sangue de animais, e brilham durante o dia, e ouvem coisas como: "happy rock!!" Para sobreviver saio por aí chutando as bundas desses "vampiros" com um bando de brucutús, tocando Rock 'n' Roll esperando ganhar unas moedinhas de XP para subir de level e ganhar uma Katana flamejante no final !! Esse prêmio me daria uma nova esperança para sobreviver.

  4. Eu faria não, eu fiz, viajei para Tamura antes da tormenta, e quando o bairro todo foi teleportado para a Valkaria eu fixei minha residencia lá.
    He he he, hoje sou o único morador negro de Ni-Tamura

  5. Valkaria é a cidade da aventura, a cidade que nunca dorme.
    Como sou um estudioso a serviço da academia arcana, só durmo poucas horas ao dia, logo preciso do livro para penetrar nas suas aventuras e desvendar os terriveis mistérios, os quais só a maior cidade de Arton pode propiciar a este noitivago e esforçado estudante.

  6. Embarquei numa jornada praticamente impossível…
    Perdi alguns amigos importantes nessa jornada…
    Um dos que não perdi, hoje não pode mais andar…
    Lutei pra ti libertar…

    E no final, Deusa dos Humanos…

    Tu não me deu nenhuma recompensa, só porque eu sou um ANÃO…

    Pelo menos, acho que mereço este livro ai…

  7. Embarquei numa jornada quase impossível…
    Perdi alguns amigos importantes…
    Um dos que não perdi, não pode mais andar…
    Lutei pra te libertar…

    E no fila, Deusa do Humanos…

    Tu não me deu recompensa nenhuma, só porque eu sou um ANÃO…

    Acho que pelo menos poderia me dar esse livro ai…

  8. Como mestre de aventuras, devo conhecer bem os detalhes de cada ponto de Arton para poder levar diversão aos meus colegas jogadores, com este suplemento em mãos, estaria melhor armado para colocá-los nas maiores enrrascadas desta maravilhosa cidade.
    Basta pensar, Arton precisa de heróis! E para haver heróis, são necessários perigos a se enfrentar, e como se cria os perigos? com um bom Cenário para o jogo e um bom Mestre para guiar a aventura. Já temos o bom Mestre (eu), e nosso cenário ficará mais completo com este suplemento em nossas mãos…

  9. Embarquei numa jornada quase impossível…
    Perdi Alguns amigos importantes no caminho…
    Um dos que não perdi, hoje não pode mais andar…
    Lutei pela tua Libertação…

    E então, Deusa dos Humanos…

    Tu não me deu nenhuma recompensa, só porque eu sou um ANÃO?

    pelo menos me da esse livro ai!

  10. Acredite se quiser, mas gostaria muito de receber esse livro para provar a um certo mendigo ensandecido que vive nos pés da estátua que a Deusa aprisionada ali dentro já foi libertada fa tempo e que agora ele pode parar de chorar e ir logo tomar um banho!

  11. "Ou vocês entregam o livro ou mato esse velho inútil! Vamos vovô, diga a eles como se chama! O quê?! "Mestre Máximo da Magia". Que tipo de nome idiota é esse?! Quem você pensa que é?! O VECTORIUS?!"

  12. – Porque eu quero ter mais "intimidade" com Valkaria…com licença… – Minotauro, guerreiro/ladrão, questionado pela guarda o porque carregava um livro sobre Valkaria em plena Tiberus…

  13. Bom, axo que todos aqui merecem o livro.
    Porém nada foi tão legal na minha vida como participar do mundo de Tormenta.
    Gastei horas da minha vida vivendo aventuras, desbravando masmorras, derrotando dragões,
    enfim sendo um aventureiro!!! Quero mais do que um livro sobre a cidade, quero ter a emoção e o prazer
    de jogar com meus amigos nesta cidade que nos pode oferecer desde a melhor cerveja anã, até a uma boa
    perseguição de um batedor de carteiras. Afinal jogar RPG é uma aventura!!!

  14. Ora, porque fui eu que escrevi este livro. Esse trio da Tormenta (ou sextuplo, sei lá) não passa de uma corja de ladrões. Cadê meus direitos autorais? Vocês me pagam, ladrões da Jambô, e sentirão na pele minha fúria…. a fúria de Hyninn!

  15. Bem, sabe como é, eu me perdi no Deserto da Perdição, e vim parar nesse mundo estranho…. faz tanto tempo que não ouço nada sobre minha queria cidade de Valkaria.

    Receber esse compêndio me traria boas lembranças!! ^__^

  16. Para ganhar esse livro, eu marcharei. Norte a sul, de leste a oeste eu marcharei. Eu marcharei diante do sol escaldante, diante da noite congelante. Eu marcharei até o meu pé rachar e sangrar, depois eu marcharei mais. Sede? Fome? Nada irá me fazer parar. Eu marcharei até que o livro esteja na minhas mãos. Cidade, estado, país, por fim o mundo. Todos saberão. E se mesmo assim ninguém notar que eu mereço o livro, eu continuarei marchando.

  17. Mereço ganhar porque a aventura a Libertção de Valkária foi lançada em 2004 (se não me engano) e hoje, 2010, vou começar a mestrá-la… meu grupo vai libertar a Deusa e acredito que não há dadiva maior do que receber da própria um livro sobre a cidade que seus amados filhos ergueram sob seus pés…

  18. Qual motivo inacreditável eu teria para querer este livro? Sob esta ótica posso concordar que não há nenhum, pelo menos não um motivo inacreditável aos seus olhos. Porém isso não norteia meu pensamento. Não o quero por um motivo. Eu quero porque não há nada mais inacreditável do que eu ter o desejo de possuí-lo.

  19. Eu tenho que ganhar! Sou humano a ambição está em meu sangue, já tenho alguns livros, mas meu desejo é ter toda a linha Tormenta para mim só para mim hahahahah!!!!!!

  20. Devo ganha pois numa conjuntura assintótica especulativa e singularmente profana, o extrativismo antropofágico RPGístico macarrônico intrínseco do meu ser define-o em minha própria intrapessoalidade como fã estrogonoficamente inoxidável da ambientação ficcional cooperativa trans-midiática assim denominada Tormenta.

  21. Sou apenas um acolito da Deusa e oro fervorosamente todo santo dia para que ela me envie instrussões de como proceder em sua cidade maravilhosa, e em uma dessas oração Ela disse: 'Meu servo haverá uma promoção, escreva seu pergaminho com a frase mais legal respondendo a "por qual motivo inacreditável você deveria receber esse prêmio?", basta ser criativo meu servo'.

  22. Como os noobs diriam: "Uai, me da o livro, eu tenho a pericia de Manipulação!"
    Ou como eu diria: "Ou vocês me dão o livro, ou eu faço vocês cherarem as meias do Katabrok."

  23. -Vocês devem colaborar com o rapaz aqui – Rosnou Keenn. – Porque eu estou mandando. E irão obedecer – já com o martelo em mãos – Ou me enfrentar!

    Keenn, depois de derrotar Megalokk em seu próprio plano, e depois de saber sobre esta promoção.

  24. Porque eu moro em Jacarezinho/PR (olha o nome da cidade), e consegui 2 jogadores de cidades vizinhas (Jundiai do Sul e Cambará) e gostariamos muito de ter alguma coisa interessante de fazer nos nossos finais de semana além de pescar e jogar narrações inventadas por mim… rsrs

  25. Pois eu sou simplesmente o condenado que fica uma vez por trimestre limpando os cocôs de pomba que caem sobre ela.
    Sendo assim, eu acho que tenho o DIREITO de saber o que essa tal de Valkaria fez pra ser transformada numa estátua!

    -Um simples noob condenado a limpar Valkaria.

  26. Porque valkaria aceita todas as raças, no meu grupo me chamam de orc porque como como um, tenho um amigo com pés peludos e de 1,50m um halfling quase escrito, um que é a cara do goblin da capa do livro (o nariz é igual), e os outros dois são humanos, que diabos de lugar ia aceitar um grupo como a gente? E olha o tamanho dessa cidade, quer que a gente se perca? Se a gente se perder lá porque não tinhamos um mapa vou te denunciar por “negar ajuda” isso da cadeia mano!

  27. Porque se eu tiver o livro antes posso matar meus players mais facilmente, inventar coisas sem noção e falar categoricamente: Está no livro que eu ganhei lá na promoção do blog ambrosia!

  28. Por que já derrotei o tal Arsenal, me infurnei no inferno verde chutei mais bundas de lagartos que minha bota podia contar, ataque um grupo de cientistas loucos que colocavam partes de monstros nas pessoas em uma cidade voadora, lutei contra os minotauros, mas nessa Valkaria aí eu ainda não fui

  29. Porque tenho a intenção de roubar uma jóia da Rainha-imperatriz como lembrança, e pra isso preciso de uma mapa sobre os bairros da cidade para fugir em segurança, conhecer a milícia para poder subornar os guardas certos, saber qual das guildas pode levar a culpa pelo roubo e por último um esconderijo protegido por um monstro para guardar o tesouro roubado até a poeira baixar. E pra tudo isso dar certo preciso desse manual de Valkaria.

  30. Porque tenho a intenção de roubar uma jóia da Rainha-imperatriz, então tenho que conhecer os bairros para eu poder fugir em segurança, conhecer a milícia pra saber quais guardas eu devo subornar, saber qual das guildas podem levar a culpa pelo roubo e por último um esconderijo protegido por um monstro para que eu possa guardar o tesouro roubado até que a poeira baixe, E para esse plano dar certo preciso de um pouco de sorte e muito desse manual de Valkaria.

  31. Por que busco por ele ha tempos, já busquei no tesouro de Sckar, no deserto de Athas, nas Brumas de Avalon, fui ao futuro em Settle, e quando realmente achei que iria te-lo em mãos, libertando minha Deusa, ela disse para eu buscar em Ambrosia, não conhecia este fascinante mundo, até hoje, o dia que iniciei minha busca pelo MEU tesouro.

  32. Devo ser premiada pela JAMBO e AMBROSIA porque:
    Já é de CONHECIMENTO de Tanna-Toh que este Livro é o livro da VIDA de Lena para meu amado marido. É NATURAL que Allihanna concordaria que nada mais JUSTO que Khalmyr aceite, sem que haja TRAPAÇA de Hyninn, por causa desta GUERRA começada por Keen em brigar com outros concorrentes à base da FORÇA de Tauron que buscam mesmo através da MORTE de Ragnar vencer este concurso protegido pelo GUARDIAO Lin-Wu, protegendo assim a PAZ de Mara, evitando MONSTROS de Megalokk para deixar este CAOS de Nimb em um desafio DRACONICO de Kallyadranoch num OCEANO azul cheio de criaturas sombrias das TREVAS de Tenebra que tentam TRAIR como SSzass os OLHOS QUE TUDO VE de Asgher, fazendo uma MAGIA de Wynna para reviviver a esperança de poder RESSURGIR DAS CINZAS de Thyatis algo que jamais poderá ser vencido se não houvesse meu desejo humano descontrolado de AMBIÇÃO de VALKARIA.

  33. É inacreditavel! Acreditam que se eu ganhar este livro desta promoção eu vou comprar todos, "digo todos" os livros da Editora Jambo?
    Realmente é inacreditável.

  34. A algumas campanhas eu jogo em Arton. Já derrotei a Tormenta antes mesmo de Área de Tormenta sair. Desvendei os segredos de Galrasia antes do Mundo Perdido ser publicado. Me tornei um deus antes de o Panteão nascer. O único lugar que eu não desbravei (ainda) é justamente o local mais importante de todos: Valkaria. E eu queria ter a oportunidade de conhecelo a fundo para criar aventuras ainda mais interessantes nesse lugar abençoado por minha Deusa.

  35. Estou esperando que este precioso artefato, seja passado a mim pelos meus mestres, pois nele há revelações importantes sobre a cidade de Valkaria. Por isso aguardo a minha vez de proteger tal conhecimento dos minotauros e outros seres malévolos. Tal conhecimento nas mãos erradas poderiam causar a destruição de Valkaria.

  36. Pois soube relatos de fontes fidedignas que existem cultistas dentro da cidade preparando a chegada da Tormenta para ela. Mas como não conheço essa cidade gigante, não sei onde fica o tal lugar! Me mandem um mapa (duplo de preferência)

  37. "Depois de horas posando pro Rod Reis, com toda aquela maquiagem verde na minha cara, segurando aquela espadinha ridícula de plástico do He-Man, e ouvindo o cara falar o tempo todo de um tal de "Doquitór Rú"; eu bem que merecia levar pra casa um livro onde eu finalmente apareço na capa!" ([email protected])

  38. suportar o mau humor do cassaro, a manias futebolistas do Trevisan e agora o sadismo do Leonel. creio que seja o bastante para receber esse exemplar não?

  39. "– Valkaria prega que se os humanos fossem felizes com o que tivessem, jamais teriam saído das cavernas.
    Ora! Como eu poderia ser digno de servir a Valkaria se me contentasse apenas com os livros que já tenho? Quero este também!"

    Ambithio, estudante e clérigo de Valkaria nas horas vagas

  40. Porque Khalmyr tem o tabuleiro, mas quem move as peças é Nimb e vou pedir para Nimb para que ele mova as peças certas para que eu receba esse prêmio…….. Ou não… Que Nimb role bons dados para mim!!!!

  41. Eu mereço o livro de Valkaria pois venho de um futuro pós-apocaliptico onde o Acelerador de Neutros destruiu todos os RPGs do mundo e a Terra está, ao pouco se deteriorando por causa da ausência de nosso amado hobbie.

    Apenas com os melhores livros de RPG do passado eu poderei salvar o futuro e Valkaria é um deles!

    Me ajudem a salvar o nosso futuro!!!

  42. Preciso ganhar o livra para quando eu suceder Thormy e Shivara,assim irei conhecer toda e vou poder poder resolver seus problemas. e defender a cidade que amo.

  43. Eu mereço ganhar o livro porque eu preciso de todos detalhes da cidade, pois eu morri e fui ressucitado por Thyatis com a condição de ir para Valkaria desafiar o crime organizado, e com a corrupção… meu nome? Cap Nascimento!!!

  44. Em 2001, 4 crianças de 13 anos se juntaram para jogar o cenário lar de Lysandra, Sandro Galtran e da voluptuoso Niele. Até aquele momento, todo o Reinado, os continentes de Ramnor, Lamnor, eram explorados somente pelas nossas imaginações. O tempo foi passando e fomos agraciados cada vez mais com os suplementos lançados. Arton foi tomando forma, ganhou Ordens, Ceitas e Gangues, cidades de verdade. Hoje, admito, não haveria graça maior do que receber esta dádiva dessa equipe tão persistente que não desistiu do Melhor cenário que já joguei. Em todo caso, podem ter certeza, caso não ganhe, comprarei sem pestanejar!
    Em nome de toda “Ordem de Deheon” (Nosso grupo há quase 10 anos), agradeço pela oportunidade!

  45. Eu devo receber esse livro porquê sou um guerreiro-mago-ladino-bárbaro-épico muito irado, capaz de arrasar com a tormenta inclusive e que me encontro em outra dimensão neste momento derrotando um panteão de 100 deuses que planejavam justamente invadir Arton e só um prêmio fabuloso destes é capaz de servir como presente à minha ilustre figura!

  46. Eu acredito merecer o livro, pois, depois de mestrar a libertação de Valkaria pro meu grupo, eles batizaram meu guarda-roupas de "Estátua de Valkaria", e com o livro em mãos, eu poderei mostrar que Valkaria não é nem um pouco "quadrada", mudando assim o nome do meu guarda-roupas.

  47. Este livro é a última peça necessária para meu grupo realizar o ritual que salvará o mundo da destruição completa por um deus maligno. Foram anos pesquisando e lutando para conseguir os outros itens. Vi coisas terríveis, perdi muitos dos meus companheiros. Perdi minha mulher, minha espada, meus óculos e meu rum. Meu rum! Tudo isso para salvar vocês, sem nunca receber um agradecimento. E depois dessa árdua jornada, falta o livro. Um simples livro. Quem diria que o destino do mundo ficaria, afinal, a mercê de uma postagem criativa? Eu preciso do livro! Pela memória de meus companheiros, pelo futuro da humanidade!

  48. “Deveria recebê-lo para estudar melhor as maravilhas desta tão gloriosa cidade e poder realizar bons passeios nos pontos importantes” – Princípe Mitkov, planejando vingança contra Valkaria e Deheon.

  49. Faço parte da Ordem dos Protetores de Valkaria, com esse livro em nossas mãos, nossas armas mágicas e magias de teletransporte, poderemos proteger melhor cada canto da cidade de Valkaria, garantindo seu progresso, protegendo-a dos grandes desastres e destruindo os inimigos da Cidade através com máxima eficiência. Em nome da Ordem dos Protetores agradeçemos a confiança da deusa de nos honrar com essa preciosa bênção.

  50. eu sou o verdadeiro dono desses
    qualquer coisa usarei meu "pff!" para transportá-los para mim,
    ou usarei minhas vastas riquezas pessoais, e assim serão MEUS!
    como toda Valkária um dia Será!

    – nobre de valkária

  51. Eu quero esse livro porque eu sou filho de uma deusa ambiciosa, e assim como ela não estou satisfeito com os suplementos que tenho…

    Apenas estar vivo não basta, apenas ter alguns suplementos não bastam, vivemos para evolução desenvolvimento e conquista, O progresso é o objetivo final, a missão para o qual nos humanos existimos. Qualquer novo suplemento é sempre bem vindo…

    Se todos fossem felizes com os suplementos que tem não estariam aqui para ganhar mais um !!!

  52. A Deusa veio a mim em sonhos. Seus olhos vertiam lágrimas, uma mistura de alegria e tristeza. Uma de suas lágrimas caiu sobre minhas mãos. Uma Lágrima de Valkaria – um item poderoso e uma dádiva da Deusa. Diante dos meus olhos a lágrima cristalina se transformou, aumentando, mudando de forma. Um Tomo antigo, que guardava segredos e mistérios sobre "Valkaria – A Cidade da Deusa". Valkaria sorriu. Sua dádiva finalmente esta nas mãos de seu valoroso servo!… Que se cumpra a vontade da Deusa!!!

  53. Pô, fico o dia intero aos pés da estátua, seja a baixo de sol forte, de chuvas poderosas, fazendo seiláoquê para passar o tempo, seja tocando pedrinhas nas poças ou catando carrapato em cachorros, esse livro ia ajuda um monte em passar o tempo hein ?!

    E como de costume, talvez o melhor e mais famoso mendigo de toda Arton, está aqui pedindo alguma coisa, neste caso, o livro dessa cidade que tanto amo, que fico aqui apesar de qualquer coisa …

    Por favor, me dá um livro aí senhor …?

  54. Conhecer o inimigo em seus maiores e menores detalhes é o melhor caminho para a vitória. Preciso destes documentos para uma vitoria prematura sobre estes primatas sem honra. Com este livro, eu vencerei antes mesmo de entrar em combate! Por Tapista! Por Tauron!

    -Artox Trephalius, Minotauro, coronel responsável pela tropa C3 de Tapista.

  55. Inacreditável seria um goblin conseguir ganhar alguma coisa boa na vida…

    – Korn, um goblin herói (sim, ou você acha realmente que só exista um?)

  56. <div class="idc-message" id="idc-comment-msg-div-112749764"><a class="idc-close" title="Click to Close Message" href="javascript: IDC.ui.close_message(112749764)"><span>Close Message</span> Comment posted. <p class="idc-nomargin"><a class="idc-share-facebook" onclick="IDC.ui.fb_wrapper(112749764)" href="javascript: void(null)" style="text-decoration: none;"><span class="idc-share-inner"><span>Share on Facebook</span></span> or <a href="javascript: IDC.ui.close_message(112749764)">Close MessagePorque como humano sou um incrível representante da criação da Deusa e de sua cidade, contando com cada uma de suas características indo da desenvoltura e carisma a curiosidade e inteligência que representam tão bem minha raça e minha descendência como um digno artoniano de Valkaria!
    Honro minha Deusa e minha cidade e mereço por direito seus pergaminhos!
    – Peter. Bardo, ladino e historiador.

  57. Porque como humano sou um incrível representante da criação da Deusa e de sua cidade, contando com cada uma de suas características indo da desenvoltura e carisma a curiosidade e inteligência que representam tão bem minha raça e minha descendência como um digno artoniano de Valkaria!
    Honro minha Deusa e minha cidade e mereço por direito seus pergaminhos!
    – Peter. Bardo, ladino e historiador.

  58. Já matei o Arsenal, lutei contra a Tormenta, juntei o Disco dos 3, libertei a deusa que da nome a cidade, e até agora eu sequer sei como funciona a cidade onde eu NASCI?! Isso não pode continuar assim, como aventureiro épico que acompanha o cenário desde que nasceu eu preciso saber como meu lar funciona.

  59. Para saber chegar na estátua para enfim descobrir se é oca por dentro mesmo ou se a história do labirinto foi criada por algum minotauro velho louco da taverna!

  60. “Já cantarolava Senomar uma profecia na taverna de Malpetrim:

    – Kendai e seus amigos irão deabravar o desconhecido, e assim a deusa dos homens reinara novamente.

    E nada melhor que um guia completo para tal!”

    Acreditem eu estava na taverna.

  61. Sou um simples Goblin Bardo modesto… Apesar de estar entre os libertadores da deusa, não consegui nenhum bom tomo de conhecimentos ou aventuras. No minimo eu mereçeria um simples livro que pudesse me passar conhecimentos que me proporcionasem horas de entreterimento e leitura

    – Relgnaw Bookrat – Bardo Goblin devorador de livros

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Audaz

Publicado por Phil Souza

Woody Allen e sua paranóia criativa: 2000 – 2010

Bitscópio: Decap Attack