Cultura colaborativa! Participe, publique e ganhe pelo seu conteúdo!

Um novo teaser de Geist: The Sin Eaters

Essa semana foi lançado mais um novo teaser de Geist: The Sin Eaters. Mais uma vez temos uma pequena e climática narrativa sobre a nova linha do Mundo das Trevas:

“Me sinto como o dia em que morri, tudo de novo.

Posso sentir que estou com medo, mas é uma sensação distante, como quando olho para baixo em uma ponte muito alta. Meu medo está lá embaixo, percorrendo lentamente o rio, real mas não alcançável.

Tudo fica devagar. Eu percebo que meu relógio parou: posso sentir o metal frio contra o meu pulso, e não há tique nos ponteiros para bater em sintonia com a minha pulsação.

Minha pulsação parou também. Eu estou entre o bater do coração. O enrijecimento começa a me tomar, uma perfeita onda de frio e imobilidade.

Seus dedos repousam nos meus ombros. Novamente, eu não reajo ao seu toque. Eu não o fiz naquele tempo porque não sabia melhor. Eu não sei agora porque seus dedos são parte de mim, como minha mão, que se mexe sozinha.

Eu vejo três homens na minha frente, agora cinzas e indistintos. A placenta/membrana (caul) está sob meus olhos, amorfa, mas lançando sombras em minha consciência, uma sombra na forma de uma chave.

A voz corre aos meus ouvidos, um cair de folhas secas e ossos de ratos.

Deixe-me sair.

Eu aceito, e então giro a chave.”

O conto esclarece um novo ponto bastante interessante. Já havia sido mostrado anteriormente que o Mortal e o Geist são entidades distintas. Quando uma pessoa morre (não se sabe se é necessário uma circunstância específica ainda), uma sombra (shade) denominada Geist, oriunda do mundo inferior, possuí o corpo, fazendo com que o mortal permaneça “vivo” (ou ao menos funcionando). Esta sombra traz poderes bizarros ao seu hospedeiro, assim como uma nova personalidade a sua consciência (aquela do Geist). O que não sabíamos é que o hospedeiro poderia liberar o Geist para que ele usasse o junseu corpo. Será que é a única maneira de ter acesso aos poderes sombrios do mundo inferior? Outra coisa interessante é que esta dinâmica possibilita ao jogador a interpretar dois personagens distintos, que podem até mesmo agir em discordância. Com certeza se levado a sério na mesa de jogo, Geist tem muito potencial interpretativo. Ficamos na espera de mais novidades, e do Quickstart no mês que vem.

É importante notar que Geist está se mostrando muito mais misterioso que os demais jogos previamente lançados. Ano passado, no dia 03 de junho, já sabíamos praticamente tudo sobre Hunter: The Vigil.

Geist: The Sin Eaters será lançado no dia cinco de agosto.

Compartilhar Publicação
Link para Compartilhar
Publicação Anterior

Novas imagens de Transformers 2

Próxima publicação

Novos comercias de Transformers 2

Comentários 4
      1. Mas você chegou a ler as outras linhas? Tipo, Hunter me pareceu no fim das contas a linha mais fraca do Wod (ela ainda é excelente, mesmo assim) e Geist, bem ainda nao sabemos tanto de Geist quando eu gostaria.. Mas você leu/jogou as outras? Changeling the lost? Promethean, que é uma obra prima? Awakening?

        Temos que aproveitar que somos coterrâneos e marcar mesas.. rs

  1. Aprendi a gostar do Novo Mundo das Trevas pelo blog do Sooner e das prévias de Hunter que me chamaram muita atenção.

    Sim, eu percebi que Hunter virou a linha mais fraca e li em muitas criticas – e concordo – seus lançamentos foram quase todos mal aproveitados (hunters versus lobisomens, versus vampiros…).

    Quanto a Geist, a idéia por trás é muito boa e a menos que seja mal aproveitada creio que vai valer a pena.

    A mesa vai ser marcada sim, quem sabe para testar esse quickstart de Geist? Sem promessas por enquanto.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia a seguir