Quem ganhou o Troféu HQMix 2021?

36
0

O Troféu HQMIX em sua 33ª edição, após análise de quatro meses dos inscritos nas diversas categorias, divulgou a lista dos vencedores com os melhores do ano de 2020, que receberão o troféu deste ano, a Bruxinha,  personagem da desenhista e escritora Eva Furnari, que foi esculpido pelo artista Wilson Iguti.

A novidade é que neste ano os inscritos para o Troféu Projeto Especial na Pandemia apresentaram tantos projetos bons que o júri resolveu dar cinco troféus. Devido ao Covid-19, a cerimônia deste ano será virtual e acontecerá no canal do YouTube da unidade do Centro de Pesquisa e Formação do Sesc SP, no dia 27 de novembro, às 19h, com apresentação de Serginho Groisman, padrinho do evento, e da dupla Gual & Jal, criadores do troféu.

Também nesta edição, as categorias de “Novo Talento Desenhista” e “Novo Talento Roteirista” só serão reveladas durante a transmissão da cerimônia.

Lista de Vencedores

Beco do Rosário

O romance gráfico, Beco do Rosálio, de Ana Luiza Koehler, que a Veneta lançou com apoio do programa Rumos Itaú Cultural, ganhou o Troféu HQ Mix Edição Nacional Especial e Koehler ganhou como Desenhista Nacional, Arte finalista Nacional e Colorista Nacional, pela edição.

A narrativa apresenta Vitória, uma moradora do Beco do Rosário, que dá nome ao livro, um espaço prestes a ser extinto para dar lugar a ruas e avenidas. Teo, seu amigo de infância, é filho de uma rica família de imigrantes e volta para Porto Alegre após se formar engenheiro no exterior, cheio de novas ideias para a capital. Já Fabrício é um jovem artista negro que não consegue ver seu talento valorizado no mercado de trabalho. É por meio das histórias e dos laços entre esses personagens que o livro retrata as mudanças na paisagem da cidade de Porto Alegre.

Carniça e a Blindagem Mística #1

O paraibano Shiko traz nessa HQ a história de Jurema, sobrevivente de um ataque de uma Volante, que acaba se vendo no meio de um grupo de cangaceiras. Pelo belíssimo traço dessa edição independente, o autor divide o Troféu HQMIx de Melhor Desenhista Nacional com a Ana Luiza Koehler (Beco do Rosálio) e a HQ ganha o de Melhor Publicação de Aventura/Terror/Fantasia e também o de Melhor Independente Seriada. 

Cebolinha 60 Anos – Dono da “Lua”

A edição dos 60 anos do personagem Cebolinha  – Dono da ”Lua”- de Maurício de Sousa ganha o TRoféu HQMIx de Publicação de Clássico.

Jeremias: Alma

Escrito por Rafael Calça e ilustrado por Jefferson Costa, Jeremias: Alma (Panini) vence em duas categorias, o Troféu HQMix de Publicação Juvenil e Rafael Calça, por Roteirista Nacional. A dupla em 2019 foram os vencedores do Prêmio Jabuti e Troféu HQ Mix de 2019, na categoria Histórias em Quadrinhos, com outra Graphic novel MSP, Jeremias: Pele. Aqui, usando um dos personagens da Turma da Mônica, os autores apresentam um trama emocionante sobre ancestralidade, racismo, merecimento e histórias.

Cascão – Temporal

A Melhor Publicação Infantil é Cascão – Temporal, por Camilo Solano, que faz uma releitura do clássico personagem de Mauricio de Sousa numa história repleta de surpresas, aventuras, imaginação e descobertas. Quando seus pais viajam para um cruzeiro, só resta ao Cascão passar três dias na casa de seu tio “esquisito” Gerson. E, para piorar as coisas, a previsão é de muita, muita chuva.

Mayara & Annabelle: Hora Extra

A edição independente de Mayara & Annabelle – Hora Extra, com artes de Camila Torrano, Dika Araújo, Nycolas Di e Talles Rodrigues, e roteiros de Hector Lima, Márcio Moreira e Pablo Casado, venceu o prêmio de Publicação Independente Edição Única. A história une comédia policial e fantasia em aventura dinâmica marcada pela cultura nacional.

Ménage #01

O Troféu HQMix Melhor Publicação de Humor e de Publicação Independente de Grupo foi a obra independente Mènage, em sua primeira edição. Ménage… À trois. Mas como sexo não ia rolar. Fizemos GIBI! De Germana Viana, Laudo Ferreira e Marcatti, traz o tema Armário em 24 páginas de muito humor sobre tabus.

Berlim, de Jason Lutes (Veneta)

Indicado ao Eisner e ao Harvey Awards; vencedor de dois prêmios Excellence in Graphic Literature e fruto de mais de 20 anos de dedicação, Berlim, de Jason Lutes, publicado pela Veneta, ganha o Troféu HQMix de Edição Especial Estrangeira. Um épico sobre a ascensão do nazismo em uma das mais efervescentes e cosmopolitas cidades europeias do século 20. Considerado pela crítica internacional uma obra-prima e um marco na história dos quadrinhos, o livro é um retrato multifacetado da Berlim dos anos 1920: os cabarés, a vida operária, a vanguarda artística, a intelectualidade de esquerda, os comunistas enfrentando nazistas nas ruas e uma sociedade escorregando à vista de todos para a brutalidade fascista.

Recado a Adolf

O mangá Adolf ni Tsugu, Recado a Adolf ganha o Troféu HQMIX de Melhor Publicação em Minissérie. A edição da Pipoca & Nanquim traz o trabalho de Osamu Tezuka, um dos maiores artistas do século XX, que em dois volumes, se debruça sobre um dos episódios mais infames da humanidade, a ascensão do Partido Nazista e a Segunda Guerra Mundial, e nos entrega um dos melhores trabalhos de sua carreira, que mistura os gêneros policial, espionagem e aventura em uma história fascinante.

Calvin e Haroldo #17: O Indispensável de Calvin e Haroldo

Calvin e Haroldo é uma das séries de tiras em quadrinhos mais populares do mundo. Criada, escrita e ilustrada pelo cartunista norte-americano Bill Watterson, a edição 17, publicada pela Conrad, ganha o Troféu HQMix de Melhor Publicação de Tira.

Café Espacial +18

Melhor Publicação Mix é Café Espacial +18, publicação que reúne histórias em quadrinhso e contos. Entre as histórias temos O que eu gosto (por Sophia Andreazza); Talvez seja doce (por Tali Grass); Touch screen, por Vitorelo; Baldeação (por Germana Viana); Tudo para Rimbaud (por Tarcisio Gabriel); O novo Prometeu (por Lielson Zeni e Milton Mastabi Filho); Por dentro do silêncio, como flores a arder (por Ana Hoo); e “Transar é bom, mas vocês já experimentaram…” (por Liber Paz).

Confinada e Bife de Unicórnio

Recebem a Bruxinha de Furnari, a web qudrinhos que já ganha uma versão física, Confinada, de Leandro Assis e Triscila Oliveira e a web tira Bide de Unicórnio de Gabriel Dantas,

 

Bilquis Evely

A artista brasileira Bilquis Evely por seu trabalho na DC Comics (Supergirl: Woman of Tomorrow, Mulher Maravilha, Sandman – O Sonhar, The Flintstones, Harley Quinn, Scooby Apocalypse e Plastic Man) ganha o Troféu HQmix Relevância Internacional.

Cida Godoy, Mestre do Quadrinho Nacional

Foto: Reprodução/Republica dos Quadrinhos.

Maria Aparecida Godoy, a Cida Godoy, pioneira dos quadrinhos brasileiros, começou escrevendo roteiros para revistas em quadrinhos de terror, como a Calafrio e Mestres do Terror, se baseando nas narrações que ouvia quando criança. Em 1997, ela foi homenageada com o prêmio Ângelo Agostini na categoria Mestre do Quadrinho Nacional, honraria concedida a artistas brasileiros que estejam há mais de 25 anos ligados aos quadrinhos.

Livro Teórico
O Império dos Gibis: A Incrível História dos Quadrinhos da Editora Abril (Por Manoel de Souza e Maurício Muniz)

Projeto Editorial
– Narrativas Periféricas (Editora MINO)
– Revista Expressa (Revistas de Cultura)

Projeto Gráfico
– Fibrilação

Editora Do Ano
– Pipoca & Nanquim

Evento
– Butantã Gibicon

Exposição
– Exposição Morro Favela – André Diniz

Projeto Especial Na Pandemia
– O Inimigo Invisível
– Campanha Ato Heroico – Prateleira de Quadrinhos
– O Diário de Uma Vítima do Coronavírus
– Martim, Professor de Arte
– Evento Quarentena Con

Homenagem Especial
– Serginho Groisman
– Revista Mina de HQ

Grande Contribuição
– Lei Aldir Blanc (Benedita da Silva)

Trabalho De Conclusão De Curso
– “Amadeus” – Baseado no Quadrinho “Asylum Arkham – A Serious House In A Serious Earth”, de Grant Morrison (Por Natacha Leonelo e Alexandre H. Dias)

Dissertação De Mestrado
– “Matemática Básica em Quadrinhos: Algumas aplicações das HQS em sala de aula” (Por José Gleison Lima da Silva)

Tese De Doutorado
– “Mobile Comics: Um guia de parâmetros para desenvolvimento de histórias em quadrinhos digitais focados na leitura em tela pequena” (Por Alexandra Teixeira de Rosso Presser)

Cadorno Teles
WRITTEN BY

Cadorno Teles

Cearense de Amontada, um apaixonado pelo conhecimento, licenciado em Ciências Biológicas e em Física, Historiador de formação, idealizador da Biblioteca Canto do Piririguá. Membro do NALAP e do Conselho Editorial da Kawo Kabiyesile, mestre de RPG em vários sistemas, ler e assiste de tudo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *