Cia Truks apresenta espetáculo infantil inovador em escolas de Mafra, Santa Catarina

Cia Truks apresenta espetáculo infantil inovador em escolas de Mafra, Santa Catarina – Ambrosia

As sessões acontecem em salas de aula de escola pública e, com a ajuda de três investigadores, os alunos precisam desvendar as causas de acidentes que vitimaram três jovens

Com uma linguagem inovadora inspirada no Escape Room, a Cia Truks apresenta O Aluno Sem Nome, um encantador jogo-teatro em escolas públicas de Mafra, Santa Catarina. Referência nacional na arte do teatro de animação e de bonecos, bem como um dos principais expoentes do teatro para crianças no Brasil, o grupo aborda o importante e necessário tema da Segurança no Trânsito, porém, de forma interativa, envolvente, leve e, sobretudo, atraente, desta vez para aos adolescentes. Serão vinte apresentações, de 26 a 30 de junho, com um pequeno debate ao final do jogo. O patrocínio do projeto é da Arteris.

Teatro e Escape Room

A CIA TRUKS, com a preciosa parceira do ESCAPE JÚNIOR, de São Paulo, é a primeira companhia do Brasil a criar o jogo de escapada para adolescentes. A ideia de montar um espetáculo tão diferente dos trabalhos do repertório do grupo aconteceu no final de 2016, quando o diretor Henrique conheceu os Jogos de Escapada (Escape Room), em uma situação de lazer com a família. “Fomos colocados em um quarto de hotel dos anos 60 onde um assassinato ocorrera. Tínhamos de desvendar o crime ou não sairíamos mais daquele local.” Com passagens secretas, uma série de enigmas e mistérios a serem resolvidos, a experiência encantou a família toda.

“Prestei muita atenção no meu filho de 9 anos, em como ele ficou envolvido e se transportou para outro espaço-tempo. Ele mergulhou naquela realidade de uma forma intensa, ficou muito curioso”, lembra. “Vivemos naquela situação um enredo que a gente vive no teatro, onde também buscamos um total envolvimento do público com o que estamos fazendo. O jogo de escapada faz isso magnificamente bem.” Henrique ficou tão impressionado com a experiência vivida que alguns meses depois criou o seu próprio Escape Room, que é o Escape Júnior, hoje parceiro de criações da Cia Truks.

Dinâmica e clima CSI

Envolvido nesse desafio de fazer uma ponte entre a atmosfera eletrizante criada no jogo de escapada e o teatro, o diretor abraçou a demanda de criar um espetáculo sobre Trânsito. “O projeto do espetáculo O Aluno Sem Nome me proporcionou criar um universo teatral associado ao Jogo de Escapada. Imaginei que os adolescentes entram numa sala, um universo paralelo, um espaço meio CSI, uma sucursal de uma delegacia de polícia”, comenta. Nessa inovadora iniciativa cênica, a Cia Truks se inspira e se utiliza da dinâmica dos jogos de escapada para criar uma experiência única: a plateia, caso queira sair da sala onde se vê repentinamente presa, terá que participar da trama, exercendo papéis primordiais no enredo.

O enredo

Três misteriosos personagens, caracterizados como detetives da polícia, invadem uma sala de aula e convocam os alunos a auxiliá-los em uma investigação urgente. A porta da sala é trancada e, por baixo da porta, aparece uma misteriosa carta, escrita por um certo… Aluno Sem Nome. Ele desafia o grupo a desvendar os mistérios de três casos de mortes no trânsito, como forma de conscientizar a turma sobre os perigos que todos nós corremos, todos os dias, nas ruas de nossas cidades. A partir daí, os alunos terão 50 minutos para desvendar os segredos dos três casos. Agora cada indivíduo ali preso terá uma importante missão a cumprir para que todos consigam resolver os enigmas da aventura. Toda a experiência terá como fundo a necessidade de trabalho conjunto, considerando o protagonismo dos jovens como pedestres, usuários de transporte público, ciclistas e motociclistas.

“Acredito que, com este formato pedagógico, estamos chegando mais perto dos adolescentes do que com uma palestra, onde o adulto vira meme. Temos nas mãos um instrumento muito bacana, o jogo-teatro, para falar de assuntos muito importantes para o jovem, que dizem respeito à própria vida”, conclui Henrique.

Ao final da experiência, os três atores farão um pequeno debate sobre questões relacionadas à segurança no trânsito.

Cia Truks apresenta espetáculo infantil inovador em escolas de Mafra, Santa Catarina – Ambrosia
Cia Truks apresenta espetáculo infantil inovador em escolas de Mafra, Santa Catarina

Ficha Técnica

Texto: Henrique Sitchin e Karina Prall. Direção: Henrique Sitchin. Elenco Robson Emílio, Lidiane Rosa e José Valdir Albuquerque. Produção Geral: Adryela Rodrigues | Sendero Cultural. Apoio: Escape JúniorTEXTO: 

Para roteiro das apresentações

O ALUNO SEM NOME 

Patrocinador – Arteris

Lei De Incentivo: Pronac 191523

por meio da lei de Incentivo à Cultura, do Ministério da Cultura, do Governo Federal.

Projeto: O ALUNO SEM NOME com a Cia Truks

Cidades de realização: Luiz Antônio/SP, Santa Rosa de Viterbo/SP e Mafra/SC

MAFRA/SC

Escola Educação Básica Professor Gustavo Friedrich

Datas: 26/06/23
Horários: 8h30, 10h30, 13h30 e 15h30

Endereço: Rua José Frosch, 551 – Restinga – Mafra/SC

CEMMA – Centro de Educação do Município de Mafra

Datas: 27/06/23
Horários: 8h30, 10h30, 13h30 e 15h30

Endereço: Rua Me. Inês, 170, Centro II Alto de Mafra – Mafra/SC

Escola de Educação Básica Barão de Antonina

Datas: 28, 29 e 30/06/23
Horários: 8h30, 10h30, 13h30 e 15h30

Endereço: Rua Mal. Deodoro, 484 – Centro I Baixada – Mafra/SC

Total
0
Links
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ant
Lorenza Pozza mostra versão de “Kiss Me”, do Sixpence None The Richer
Lorenza Pozza

Lorenza Pozza mostra versão de “Kiss Me”, do Sixpence None The Richer

Canção noventista abre os caminhos para o álbum “Música para Casar III”

Prox
O Astronauta, com Eriberto Leão, agora em São Paulo
O Astronauta, com Eriberto Leão, agora em São Paulo – Ambrosia

O Astronauta, com Eriberto Leão, agora em São Paulo

Depois do sucesso de crítica e público no Rio de Janeiro e em Curitiba, Eriberto

Sugestões para você: