Giselle está de volta ao palco do Theatro Municipal do Rio

Giselle está de volta ao palco do Theatro Municipal do Rio – Ambrosia

Com música de Adolphe Adam, libreto de Théophile Gautier e concepção e adaptação de Hélio Bejani e Jorge Texeira (segundo Jean Coralli e Jules Perrot), a temporada estreia no dia 5 de abril, às 19h e contará com dez récitas – sendo uma apresentação fechada para escolas públicas – com a participação do Ballet e da Orquestra Sinfônica do Theatro Municipal (BTM), sob a regência do maestro Jésus Figueiredo.

No libreto imaginado pelo grande poeta do romantismo francês Gautier, a jovem camponesa Giselle é traída e morre de amor, voltando para vingar-se do amante traidor na forma de uma Willi – espíritos de virgens que morreram antes de se casarem. Vingativas, elas fazem dançar até a morte os homens que encontram na estrada, às altas horas da noite.

Uma das curiosidades de Giselle é ser um dos poucos balés dançados ainda em tutu romântico – ou seja, saias das bailarinas na altura da panturrilha que remontam as crinolinas da segunda metade do século XIX. Giselle exige técnica e emoção de seus intérpretes, cuja expressão facial conta muito na apresentação da obra. O papel de Giselle é um dos mais ambicionados do repertório, já que exige tanto perfeição técnica, quanto graça e lirismo.

Várias das mais habilidosas bailarinas do mundo representaram esse papel ao longo dos tempos: as célebres Margot Fonteyn, Yvette Chauviré, Natalia Makarova e Carlotta Grisi (para quem o papel foi criado); O Theatro Municipal conheceu Giselle pela primeira vez em 27 de outubro de 1913, dançado pela Companhia de Bailados Russos de Diaghilev e por suas maiores estrelas, Tamara Karsavina e Vaslav Nijinski. Nosso Corpo de Baile apresentou-o pela primeira vez em 21 de novembro 1951, com coreografia de sua diretora Tatiana Leskova, que também dançou o papel título. Na vesperal do dia 25, Berta Rosanova deve ter sido a primeira brasileira a dançá-lo em sua versão completa. Duas de suas grandes intérpretes foram as primeiras bailarinas do TMRJ, Aurea Hämmerli e Ana Botafogo.

Depois de anos apresentando a tradicional produção de Sir Peter Wright, o BTM mostra uma versão baseada na coreografia original de Jean Coralli e Jules Perrot. A iluminação é assinada por Paulo Ornellas, a cenografia é de Manuel Puoci e o figurino de Tânia Agra. A direção artística do Theatro Municipal do Rio de Janeiro é de Eric Herrero.

Ficha Técnica:

Solistas:
5 e 15 de abril – Cláudia Mota e Cícero Gomes
6 e 11 de abril – Marcella Borges e Filipe Moreira
8,13 e 16 de abril – Márcia Jaqueline e Cícero Gomes
9 e 14 de abril – Juliana Valadão e Filipe Moreira
12 de abril – Manuela Roçado e Rodrigo Hermesmeyer
Ensaiadores: Jorge Texeira, Aurea Hammerli, Cristiane Quintan, Mônica Barbosa, Priscila Albuquerque
Figurino: Tânia Agra
Iluminação: Paulo Ornellas
Cenografia: Manoel Puoci
Confecção: Pará Produções e Eventos
Concepção e Adaptação: Hélio Bejani e Jorge Texeira, segundo Jean Coralli e Jules Perrot
Balé e Orquestra Sinfônica do Theatro Municipal
Regência: Jésus Figueiredo
Direção Geral: Hélio Bejani
Direção Artística do TMRJ: Eric Herrero

Serviço:

Giselle com Ballet e Orquestra Sinfônica do Theatro Municipal
Ballet dramático em 2 atos
Música: Adolphe Adam, revisada por Joseph Horovitz
Libreto: Théophile Gautier, segundo Heinrich Heine
Duração do espetáculo: Cada ato terá 45 minutos de duração, com um intervalo de 15 minutos
Datas: 5, 6, 8, 12, 13, 14 e 15 – 19h / Dias 9 e 16 – 17h / Dia 11 às 14h (somente escolas)
Local: Theatro Municipal do Rio de Janeiro
Endereço: Praça Floriano, s/nº – Centro
Classificação: Livre
Haverá uma palestra gratuita uma hora antes de cada espetáculo, realizada no Salão Assyrio.
Ingressos:
(Na bilheteria do TMRJ ou através do site theatromunicipal.rj.gov.br
Frisas e Camarotes – R$80,00 (ingresso individual)
Plateia e Balcão Nobre – R$60,00
Balcão Superior – R$40,00
Galeria – R$20,00

Total
0
Links
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ant
Fafá de Belém com Johnny Hooker e Angela Ro Ro com Letrux se encontram no Coala Festival
Fafá de Belém com Johnny Hooker e Angela Ro Ro com Letrux se encontram no Coala Festival – Ambrosia

Fafá de Belém com Johnny Hooker e Angela Ro Ro com Letrux se encontram no Coala Festival

O encontro de “Amor, Meu Grande Amor” com “Noite de Climão”; e o encontro de

Prox
Belo Horizonte recebe 2º Fórum de Fotoperformance
Belo Horizonte recebe 2º Fórum de Fotoperformance – Ambrosia

Belo Horizonte recebe 2º Fórum de Fotoperformance

Evento ocupa o Teatro Francisco Nunes com programação gratuita de palestras e

Sugestões para você: