‘Mundaréu de Mim’ estreia na Zona Oeste de São Paulo

‘Mundaréu de Mim’ estreia na Zona Oeste de São Paulo – Ambrosia

Neste 06 de outubro, começa o espetáculo, ‘Mundaréu de Mim’, que acontecerá no Parque da Água Branca, na zona oeste de São Paulo. O espetáculo, totalmente gratuito, propõe mostrar a representatividade do Brasil com muita música na mistura de ritmos típicos brasileiros, como o frevo e sambas. 

O ator, Flávio Pacato, que é um dos destaques do elenco relata quais são as suas expectativas para a estreia. “Estou super ansioso com a estreia. Estar nesse trabalho está sendo incrível, espero que o público goste do espetáculo e aproveite cada minuto.”

O espetáculo

O espetáculo ‘Mundaréu de Mim’ será apresentado ao ar livre e contará com uma imponente estrutura,  com capacidade para receber até 3 mil pessoas por sessão. 

O cenário lembra um parque de diversões, com 22 metros de largura, construído ao ar livre com ferro, madeira e cordas. Nele, os atores se apresentam, dançam e interagem com estruturas como redes, rampas, escorregadores e escadas, além de subirem em uma torre de 7 metros de altura. Para compor o cenário, foram criadas áreas interativas e cenários “instagramáveis” ao redor do local da apresentação, permitindo que o público se divirta, tire fotos e se sinta imerso na magia do espetáculo.

Serviço

Dia: De 06 a 29 de outubro
Sextas e sábados: 18h
Domingo: 15h e 18h
*Apresentação extra 12 de outubro, quinta-feira, às 15h e 18h

Duração: 75 minutos

Local: Parque da Água Branca
Endereço:  Av. Francisco Matarazzo, 455

Classificação etária: Livre
Capacidade por sessão: 3 mil pessoas

Flávio Pacato?

Nascido no Paraná, Pacato já participou de mais de 15 espetáculos como ator, músico e técnico e conquistou prêmios em festivais em todo o Brasil. Vivendo da arte há mais de 10 anos, o artista busca por meio de suas performances, explorar a riqueza da cultura e da expressão artística em todas as suas formas. Como músico, compositor e intérprete, faz parte do grupo Tukum, que registra marcos importantes para o enriquecimento da música brasileira. Em 2020, junto com o grupo, se tornou um dos dez finalistas do Festival Nacional da Canção. Como diretor musical do espetáculo “O que meu corpo nu te conta”, estreou no Festival Satyrianas e fez temporada no SESC Pompéia, SESC Pinheiros, Festival internacional Mirada, Festival internacional de Curitiba e na Oficina Cultural Oswald de Andrade.

Total
0
Links
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ant
Carol Tavares fala sobre sua personagem na série “A Divisão”
Carol Tavares fala sobre sua personagem na série “A Divisão” – Ambrosia

Carol Tavares fala sobre sua personagem na série “A Divisão”

A atriz Carol Tavares se prepara para estrear na terceira temporada de “A

Prox
Atravessamentos poéticos entre pulsões de vida e morte: uma conversa com Martina Sohn Fischer
Atravessamentos poéticos entre pulsões de vida e morte: uma conversa com Martina Sohn Fischer – Ambrosia

Atravessamentos poéticos entre pulsões de vida e morte: uma conversa com Martina Sohn Fischer

Estreia poética da escritora e dramaturga Martina Sohn Fischer, “O que estive

Sugestões para você: