Primeiras Impressões: “Supergirl” 2º Temporada

Ambrosia TV Primeiras Impressões: "Supergirl" 2º Temporada

A primeira temporada de “Supergirl” trouxe alguns desafios. Primeiro, uma mulher como protagonista de uma série de super-heróis na TV (embora haja casos clássicos bem sucedidos, como a Mulher Maravilha de Linda Carter dos anos 70 e recentes como Jessica Jones da Netflix); segundo a utilização de efeitos especiais em uma série de 20 episódios e como seria a repercussão da utilização de uma personagem do Universo DC que não participasse do Arrowverse, pois era de outra emissora, a CBS.

A série se tornou um sucesso de crítica e de público, onde a simpatia da atriz protagonista Melissa Benoist se destacava. É uma das maiores audiências da emissora nos últimos oito anos. Além disso, a utilização em doses certas de personagens que vão aparecendo na série, e através de acordos com o canal CW, o crossover entre Supergirl e The Flash teve uma grande audiência e muito aguardada pelo publico.

Nesse segunda temporada, agora pela CW, houve uma tristeza para o público com o anúncio que a série não estará integrado ao Arrowverse (que ficou na expectativa por causa do efeito do Flashpoint usado como gancho no ultimo episodio de The Flash). Em compensação veio o anúncio que teremos um Superman na série (que só aparecia a silhueta na primeira temporada). Tudo bem que já era esperado, mas não deixa de ser uma boa notícia.

supergirl-2-3

Tyler Hoechilin assume o manto do maior super-herói da Terra, e, a despeito da desconfiança inicial por parte dos fãs, em poucas cenas do primeiro episódio foi muito mais Superman que Henry Cavill nos dois filmes atuais do herói. Alguém preocupado com a população primeiro e com o vilão depois, além de fazer um Clark Kent que nos remete diretamente a Christopher Reeve. Aliás, a cena no qual Superman aparece  na base do DEO, e como é reverenciado por todos, mostra o respeito que se faz necessário ao personagem. A parceria entre Superman e Supergirl tem a química perfeita da série e não aparentemente força a chegada dele na série. Você até torce para que ele se torne um personagem rotineiro.

Supergirl tem tudo para se firmar cada vez  mais como uma das grandes séries de heróis atuais, e com a confirmação que mesmo em universos diferentes, ocorrerão crossovers entre todas as series da CW, so podemos esperar uma temporada que traz alegria e mesmo para os nerds mais ranzizas, um sorriso de canto de boca com cada aparição de easter eggs nos episódios.

No Brasil, a segunda temporada de “Supergirl” tem estreia marcada para 26 de outubro com transmissão pelo canal por assinatura Warner Channel.

#Novidades