Hoje é noite de Super Bowl. Para quem não sabe, o Super bowl é a final do futebol americano (aquele mesmo da bola oval). O jogo costuma ser a maior audiência da TV americana no ano e, por isso, o intervalo comercial é o mais concorrido e caro do ano. São colocados os comerciais dos filmes muito esperados que estreiam no primeiro semestre e também as propagandas mais criativas como essa aqui.

Para se ter uma ideia, o Super Bowl é para os americanos uma mistura de final de Copa do Mundo com Brasil jogando e último capítulo de novela das nove de sucesso como foi “Avenida Brasil”. Para os fãs de música pop, o ponto alto é o show do intervalo, que traz astros da música pop internacional desde 1993. Esta noite a atração é  Lady Gaga. Daí, lembramos aqui alguns dos mas memoráveis shows do Super Bowl.

Michael Jackson (Super Bowl XXVII)

Michael Jackson inaugurou a tradição de shows do intervalo do Super Bowl em 1993. Antes eram bandas marciais que se encarregavam de entreter a plateia até o reinício da partida. O Super Bowl XXV já contava com uma participação de New Kids On The Block e personagens da Disney. Na edição XXVI, teve Gloria Estefan. Mas foi essa apresentação de Michael Jackson que mudou a configuração do halftime show. Foi um dos eventos mais aclamados do ano e figura entre os eventos mais assitidos na história da TV americana. A partir daí, houve um esforço maior para atrair artistas de peso para o Super Bowl.

Madonna (Super Bowl XLVI)

Atração do show do intervalo em 2012, Madonna estava prestes a lançar seu novo disco, MDNA. O clipe da música ‘Give Me All Your Luvin’, primeiro single do álbum, lançado dois dias antes, já vinha cheio de referências ao futebol americano.

Tom Petty (Super Bowl XLII)

Domingo de carnaval no Brasil em 2008, Tom Petty sacudia o Super Bowl com seu rock calcado nas raízes da música americana.

Prince (Super Bowl XLI)

Prince a chuva não foi problema para o eletrizante show de Prince no Super Bowl de 2006.

https://www.youtube.com/watch?v=IAVQGtOxOhI

U2 (Super Bowl XXXVI)

Ainda sob o luto do 11 de setembro, o U2 fez o show do intervalo em 2002 lembrando as vítimas da tragédia.

https://www.youtube.com/watch?v=ZL6sUdma57I

Paul McCartney (Super Bowl XXXIX)

O ex-Beatle Paul McCartney ficou encarregado do show do intervalo de 2005, fazendo o show  impecável que costuma fazer e suas apresentações regulares.

The Who (Super Bowl XLIV)

Apesar de beberem na fonte da música americana, o The Who é britânico até a medula, mas sua popularidade nos EUA os levou à energética apresentação do show do intervalo em 2010.

Rolling Stones (Super Bowl XL)

Com quatro décadas de rock, os Rolling Stones ainda eram perseguidos pela censura na TV americana. No Super Bowl de 2006, os Stones foram a atração do halftime show, mas as músicas ‘Start Me Up’ e ‘Rough Justice’ tiveram a determinação de terem trechos alterados.

Beyoncé (Super Bowl XLVII)

Beyoncé reinou absoluta e fez um show impecável no intervalo do Super Bowl em 2013. Com direito até a reunião com as Destiny’s Child. Ano passado ela bisou sua participação, junto com Coldplay e Bruno Mars.