Cultura colaborativa! Participe, publique e ganhe pelo seu conteúdo!

Baseado na obra de Eduardo Galeano, “Passarinho” faz últimas apresentações no Teatrinho do Nós do Morro

Nino Batista em "Passarinho" - Foto de Lua Batista
Nino Batista em “Passarinho” – Foto de Lua Batista

Encarar a dor do abandono, da solidão e da opressão das ruas mantendo aceso o sonho de uma vida melhor, mesmo que, para muitos, pareça uma utopia. Esse é o ponto de partida de “Passarinho”, espetáculo que chega a sua última semana no Teatrinho do Nós do Morro, no Vidigal, em temporada gratuita, nos dias 24 e 25 de junho, sábado, às 20h, e domingo, às 19h. Com patrocínio da Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro, através da Secretaria Municipal de Cultura via Foca – Fomento à Cultura Carioca, e apoio do Grupo Nós do Morro, a peça tem direção de Paulo Giannini, é encenada por Nino Batista e os dois assinam a dramaturgia.

Baseado na obra “O Livro dos Abraços”, escrita por Eduardo Galeano durante seu exílio, o monólogo conta a trajetória de um menino expulso de casa pelo pai aos 12 anos e obrigado a enfrentar sozinho o mundo em busca de seus sonhos, de seus ideais, de sua arte e da liberdade desejada.

– Essa conexão, do menino com a obra, começou a surgir ao ler uma matéria de jornal sobre um artista popular expulso de casa aos 12 pelo pai, que não entendia sua arte. Percebi ali o mote para a trajetória do nosso “Passarinho Galeanesco” – revela Giannini.

Os trechos de Galeano, com memórias dos horrores das ditaduras militares na América Latina, se entrelaçam à realidade de “Passarinho”, mostrando uma história que se confunde com várias outras. Mostrando que todas são uma só e refletem a vida presa numa gaiola na esperança de um voo livre, sem grades, paredes ou fronteiras.

– “Passarinho” busca reconhecer o passado para entender o presente e desvendar o futuro – destaca Nino Batista.

O Teatrinho do Nós do Morro fica na rua Doutor Olinto de Magalhães, 16.

Serviço:

Temporada: até 25 de junho (sábado e domingo)

Horários: sábado, às 20h, e domingo, às 19h

Ingresso: Entrada Franca (chegar antes para retirar ingresso na bilheteria)

Local: Teatrinho do Nós do Morro

Endereço: Rua Doutor Olinto de Magalhães, 16, Vidigal, Rio de Janeiro – RJ

Duração: 60 min.

Classificação: 14 anos

Lotação: 50 lugares

Ficha técnica:

Obra-base: “O livro dos abraços”, de Eduardo Galeano

Dramaturgia: Paulo Giannini e Nino Batista

Direção: Paulo Giannini

Ator: Nino Batista

Trilha sonora: João Gurgel

Direção de arte: Paulo Giannini

Iluminação: Zezinho da luz

Design gráfico: Diogo Honório

Assessoria de imprensa: Carlos Pinho

Produção executiva: Tai Xavier

Coordenação de produção: Luã Batista

Realização: Nino Batista Produções artísticas e Peixinho Barrigudinho

Apoio: Grupo Nós do Morro

Compartilhar Publicação
Link para Compartilhar
Publicação Anterior

Teoria do Aranhaverso sugere que a Sony provocou uma guerra de Homem-Aranha para a trilogia de 2024

Próxima publicação

História dos direitos das mulheres pelo mundo ganha ‘graphic novel’ pelas mãos de ativistas contemporâneas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia a seguir