Filme brasileiro Marte Um é premiado em festivais de Atlanta e Nashville nos Estados Unidos

Longa será o representante do Brasil para uma vaga no Oscar de Filme Estrangeiro.

8
0

Marte Um, de Gabriel Martins, filme escolhido para representar o Brasil na disputa por uma vaga entre os indicados ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro, já está recebendo prêmios no exterior. O Out On Film Festival – Atlanta LGBTQ Film Festival, premiou a produção brasileira com os troféus de melhor filme de ficção, melhor filme internacional e melhor elenco. Já no Nashville Film Festival, o longa recebeu o prêmio de melhor longa de ficção.

Estamos muito felizes com o circuito de apoio que se fez ao redor do filme, tanto de produtores e cineastas, quanto como pessoas de outras partes da indústria, que ofereceram suas expertises para nos ajudar nesse processo da campanha. E também encontramos empresas dispostas e disponíveis a colaborar financeiramente com a campanha”, conta Thiago Macêdo Correia, da Filmes de Plástico, produtora de Marte Um.

Essa é a primeira vez no Brasil que um filme de um diretor negro é escolhido para representar o país na maior premiação do cinema mundial. Caso consiga configurar na lista final de indicados, Gabriel Martins será o quarto diretor preto a ter um filme indicado nessa categoria na história do Oscar. Ele se juntará a Rachid Bouchareb (indicado por Days of Glory, Dust of Life e Outside the Law), Abderrahmane Sissako (Timbuktu) e Ladj Ly (Les Miserables).

Marte Um está em cartaz no Brasil desde o dia 25 de agosto.

Leia também:

Crítica de Marte Um

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *