em

30 Anos das Tartarugas Ninja, Parte 4: Os games

É impensável falar sobre Tartarugas Ninja sem mencionar os videogames. Desde o estouro da série animada que os quelônios marciais marcam presença constante nos games em todas as plataformas. São inúmeros os lançamentos e praticamente todos consistem em andar e bater, o clássico beat’ em up ao estilo Double Dragon, mas vale a pena destacar os títulos mais importantes, assim como a evolução técnica.
Ninja-Turtles-Arcade-Game-NES
O primeiro jogo das tartarugas foi Teenage Mutant Ninja Turtles da Konami, lançado em 1989 para NES, o nintendinho, que no Brasil foi lançado em uma versão genérica pela Gradiente, chamada Phantom System. O jogo trazia como inovação uma interação um pouco maior com o cenário em relação aos outros títulos do estilo até então. Era possível cair em um bueiro, ser esmagado por uma placa ou uma bola gigante correndo escada abaixo. No ano seguinte, foi lançado para computadores da época Amiga, DOS, Amstrad CPC, Atari ST, Commodore 64, MSX e ZX Spectrum.
screen-shot-2013-10-25-at-2.43.57-pm
Ainda em 89, a Konami lançava a versão para Arcade, Teenage Mutant Ninja Turtle: The Arcade Game, que foi febre nos fliperamas do mundo inteiro, inclusive aqui. Com gráficos evidentemente superiores aos que foram apresentados no console e computador, além de uma excelente qualidade de som, era a mais perfeita transposição de um desenho animado para um videogame, e ainda trazia a novidade de permitir quatro jogadores simultâneos, cada um com uma tartaruga.
1181242182141
O conceito era o mesmo: andar, bater em membros do Clã do Pé e enfrentar chefes de fase como Rocksteady, Beebop até chegar ao Destruidor. No ano seguinte, saiu para NES, Amiga, DOS, Amstrad CPC, Atari ST, Commodore 64, MSX e ZX Spectrum como Teenage Mutant Ninja Turtles II.
1327230420_5272b
Teenage Mutant Ninja Turtles: Manhattan Mission foi o primeiro game das tartarugas desenvolvido unicamente para PC e lançado em 1991. Ao contrário dos jogos anteriores que eram claramente inspirados na série animada, esse também se inspirava nas HQs e no filme recém-lançado. O gráfico e a jogabilidade se assemelhavam a Prince of Persia.
Em Teenage Mutant Ninja Turtles III: Manhattan Project, exclusivo para NES, trazia como novidades combos especiais para cada tartaruga. A missão era ir derrubando variações dos soldados do Clã do Pé, passando por cenários desde Miami até Nova York. Tokka e Rahzar, genéricos de Rocksteady e Beebop criados para o filme Tartarugas Ninja II: O Segredo do Ooze também aparecem no game como chefes de fase.
gfs_38754_2_2
Teenage Mutant Ninja Turtles: Fall of the Foot Clan, exclusivo para Game Boy, foi o primeiro jogo TMNT para uma plataforma portátil. Era um jogo de plataforma side-scrolling com fases bônus.
teenage-mutant-ninja-turtles-4-turtles-in-time-03
Teenage Mutant Ninja Turtles: Turtles In Time foi o segundo título lançado para Arcade, e considerado o melhor jogo das Tartarugas até hoje. Lançado em console com Teenage Mutant Ninja Turtles IV, foi a estreia dos personagens no recém-lançado Super Nintendo que tinha um poderio gráfico mais elevado, e diminuiu discrepância em relação ao arcade. Turtles in Time começa com as tartarugas assistindo April O’Neil em uma reportagem. Krang, em sua armadura gigantesca, aparece no fundo e rouba a Estátua da Liberdade. O Destruidor então aparece na tela da TV, provocando as tartarugas. Quando elas vão a seu encalço ele as envia através de um túnel do tempo, onde eles devem lutar por vários períodos, a fim de voltar para casa e derrotá-lo junto com Krang de uma vez por todas. A novidade aqui era a possibilidade de atirar um membro do Clã do Pé contra o outro durante o combate. Em 2009, foi relançado para XBLA e PSN remasterizado com texturas 3D.
No mesmo ano, foi lançado Teenage Mutant Ninja Turtles II: Back from the Sewers para Game Boy. Nesta continuação de TMNT: Fall of the Foot Clan, como no antecessor, o jogador podia selecionar uma tartaruga entre as fases, mas quando uma tartaruga era derrotada durante uma fase, ela era capturada, assim como o primeiro jogo de NES. O jogador podia ter a chance de resgatar uma tartaruga capturada depois de completar a fase.
gfs_45485_2_3
Primeiro jogo da franquia TMNT lançado para o Sega Genesis/Mega Drive, Teenage Mutant Ninja Turtles: The Hyperstone Heis, de 1992, apresentava muitos dos mesmos personagens de Turtles in Time, onde algumas fases foram reutilizadas com pequenas mudanças no visual. No entanto, houve um completamente novo enredo, novos níveis, e um novo chefe. Curto (apenas cinco fases), também não trazia nenhuma inovação em relação aos títulos anteriores. As versões japonesa e brasileira se chamavam Teenage Mutant Ninja Turtles: Return of the Shredder. Curto (apenas cinco fases), e no jogo April está fazendo uma reportagem em Ellis Island quando, em um raio de luz, seu público testemunha a ilha de Manhattan de repente encolher. Destruidor então sequestra as ondas de rádio e anuncia ao mundo que este foi apenas uma demonstração do poder do Hyperstone, o tesouro da Dimensão X. Com a Hyperstone em sua posse, ele agora tem o poder de dominar o mundo. As tartarugas não têm escolha senão ir atrás dele e detê-lo.
Teenage Mutant Ninja Turtles III: Radical Rescue foi o terceiro e último jogo da série para Game Boy. O jogador começa o jogo tomando o controle de Michelangelo, que deve resgatar as outras tartarugas, junto com Splinter e April.
Teenage_Mutant_Ninja_Turtles-_Tournament_Fighters_-_1993_-_Konami
Teenage Mutant Ninja Turtles: Fightong Tournament, de 93, já pegava carona no boom dos games de luta um contra um, na esteira de Street Fighter II, Mortal Kombat e Fatal Fury. Foi lançado para SNES, Sega Genesis/Mega Drive e NES, com uma versão diferente para cada.
hqdefault
Teenage Mutant Ninja Turtles de 2003 foi o primeiro jogo da franquia lançado para o Game Boy Advance. Este jogo é o único em que cada tartaruga tem seu próprio conjunto de fases para completar. Além dos níveis de side-scrolling tradicional, há  níveis de corridas terceira pessoa, um nível shell-glider de Donatello, e outro de corrida de bicicleta entre Raphael e Casey Jones.
Teenage Mutant Ninja Turtles Download
Teenage Mutant Ninja Turtles, de 2003 foi lançado pela Konami para PS2, XBOX, Game Cube e PC e era baseado na nova animação das Tartarugas e nada mais era do que o mesmo conceito dos jogos anteriores, mas com gráficos 3D com o recurso cell shade, muito usado em games da época. Além do story mode, em que cada tartaruga tinha o seu, também havia o versus mode, em que podia escolher, além das tartarugas, Splinter, Casey Jones, Hamato Yoshi, The Turtlebot, Hun, Oroku Saki, e Destruidor. Um modo Challenge é desbloqueável derrotando Oroku Saki com qualquer tartaruga no Story Mode, que precisa ser completa para desbloquear Hamato Yoshi e seu dojo.
O jogo rendeu uma continuação, Battle Nexus, de 2004, que suportava até quatro jogadores. Cada jogador podia escolher uma “equipe”, que consiste de uma tartaruga e um personagem desbloqueável que poderia substituir a tartaruga. Quatro equipes estão presentes no jogo, se menos de quatro jogadores estivessem jogando, um jogador podia selecionar mais equipes e alternar os personagens durante jogo. As fases eram: Search for Splinter (Parts 1 and 2), Turtles in Space (Parts 1, 2, 3, 4, and 5), Secret Origins (Parts 1, 2 and 3), The Ultimate Ninja, What a Croc!, Return to the Underground, City at War (Parts 1, 2, and 3) and Rogue in the House (Parts 1 and 2). Não era um grande jogo, e recebeu críticas mornas na época.
Completando a trilogia veio Teenage Mutant Ninja Turtles 3: Mutant Nightmare. Lançado pela Konami em 2005 para XBOX, PS2, Game Cube e Nintendo DS, também não acrescentava muito. Embora na época a série animada já estivesse em sua quarta temporada, o game se baseava na terceira.
752
Em 2006, a Ubisoft adquiriu os direitos sobre os games dos personagens e em 2007 lançou TMNT, baseado no longa de animação CGI lançado nos cinemas. Assim como o filme, este beat’ em up teve uma recepção morna, provavelmente por ser muito similar aos anteriores e não trazer gráficos muito impressionantes. Dividido em 16 fases, o jogo se baseia no roteiro do filme, mas contado em forma de flashback. Neste, as habilidades individuais de cada tartaruga são bem definidas e o jogador, além de bater, ainda deve pular obstáculos, escalar e correr pelas paredes como ninja, e saltar de uma plataforma a outra.
Smash Up de 2009 foi outro jogo de luta um contra um, mas o foco não eram as plataformas com gráficos robustos como PS3 e XBOX 360, mas sim Wii e PS2. Foi lançado pela Games Arts em parceria com a Mirage Studios e distribuído pela Ubisoft, para comemorar os 25 anos da franquia.
shinji_fid7_201307231126170_original
Out Of The Shadows, lançado em 2013 para XBOX 360, PS3 e PC, foi um jogo lançado como download, desenvolvido pela Red Fly Studio e distribuído pela Activision. Era baseado principalmente na série animada da Nickelodeon que estreou em 2012. A recepção foi bastante negativa, com notas baixas na maioria das publicações e sites de games. Claro que além desses também foram lançados inúmeros jogos para mini-games e pinball, parece que as desenvolvedoras de game têm pelas tartarugas a mesma atração que os personagens por pizza, e com certeza, muitos games ainda sairão futuramente.
 

Participe com sua opinião!