em

Resenha: Ghostbusters, o game

Para aqueles velhos aficionados por filmes dos anos 80, esse jogo é uma das melhores novidades da atualidade. Simplesmente em um jogo foi feito o que poucos imaginavam que poderia ser feito, uma continuação de Caça Fantasmas 2 que fosse tão boa quanto o primeiro filme e você, como jogador, interpretando o papel do mais novo Caça Fantasmas da cidade, chamado apenas de Rookie para não criar laços afetivos com a equipe caso você morra! E que diversão que é usar uma mochila movida a energia nuclear e ficar caçando fantasmas.

ghostbusters-capa

O jogo é uma mistura de shooter com alguns aspectos de investigação. A câmera é posicionada em terceira pessoa, por cima do ombro direito do personagem e o campo de visão é muito bom, lembrando muito Gears of War, mas sem zoom nas armas, mas, para quem usa feixes protônicos como arma, para que zoom?

Suas arma primária é a arma protônica que é usada para prender os fantasmas nas armadilhas. Cada captura bem sucedida corresponde a dinheiro que pode ser investido em melhores armas e armadilhas. Com o andar das fases, novas armas são destravadas, possibilitando ao jogador tontear os fantasmas, prender eles com gosma, jogar essa gosma em certos locais para liberar passagens e um canhão pesado a ser usado contra inimigos maiores.

ghostbusters-video-game

A história se centraliza em Gozer (o inimigo do primeiro filme), e em um arquiteto que escondeu em diversos prédios da cidade portais para outra dimensão os quais estão sendo usados para aterrorizar a cidade novamente. Durante o jogo, passa-se por diversos prédios vistos nos outros filmes, desde a biblioteca e a dama silenciosa até os subterrâneos da cidade.

Os jogadores viciados provavelmente irão terminar o jogo rapidamente, mas nós, os mais velhos, ganhamos uma homenagem dos produtores e atores do filme original, afinal, no jogo só não temos Sigourney Weaver e Ricky Moranis, o resto dos atores está dublando a si mesmos, o que é muito legal de se ver e ouvir, afinal Bill Murray e Dan Aykroyd são mais que clássicos.

Os pontos ruins do jogo são as animações entre fases ou cenas principais em que os personagens parecem feitos de plástico e a sincronização das falas com as bocas dos personagens fica fora em algumas cenas. Tirando isso, é um jogo recomendado para todos, especialmente para os fãs e para quem gosta de jogos de tiro com um diferencial. Vocês não tem noção como é legal descobrir meios diferentes de se capturar um fantasma.

O jogo saiu para XBOX 360, Wii, PS3 e PC.

Nota: 8.5

J.R. Dib

Deixe sua opinião