Sony registra patente para uso, transferência e vendas de NFT

Gigante está buscando NFTs e a tecnologia blockchain

10
0

Um novo registro de patente da Sony Interactive Entertainment detectado pelo Segment Next indica que a empresa está trabalhando para implementar NFTs em seus videogames e jogos.

A patente recém-publicada da empresa é intitulada ‘NFT Framework para transferência e uso de ativos digitais entre plataformas de jogos’ e explora o potencial de NFTs serem jogados e transferidos entre videogames, com os jogadores colhendo os benefícios em vários jogos.

“Os sistemas atuais são tecnologicamente inadequados para o proprietário usar o recurso em diferentes jogos e plataformas”, diz a patente. ‘Conseqüentemente, conforme reconhecido neste documento, a funcionalidade do jogo pode ser aprimorada ao permitir que os jogadores e/ou espectadores usem exclusivamente o ativo e possivelmente transfiram seus direitos a outros via NFT.’

Embora a tecnologia ainda não esteja disponível, a Sony propôs um sistema pelo qual os NFTs podem ser usados para fornecer benefícios específicos a jogadores selecionados.

Por exemplo, sugere que um jogador que é o ‘primeiro’ a derrotar um determinado chefe em um jogo pode ser recompensado com um NFT especial que concede uma arma única ou outra recompensa. Dadas as complicações como o fato de que a imprensa de jogos e os influenciadores geralmente recebem acesso antecipado aos títulos, não está claro como isso seria justo – mas a Sony parece entusiasmada com esse aplicativo independentemente.

A patente se entusiasma ainda mais com o potencial de ‘um certo nível, pontuação e/ou acúmulo de pontos em um determinado videogame’ a ser cunhado, com esse progresso podendo ser transferido ou vendido, permitindo aos jogadores avançar em sua própria jogabilidade via NFT .

‘O NFT pode então ser transferido para outra pessoa, que pode então retomar o jogo de onde o cedente parou de acordo com o NFT para que o cessionário comece o jogo no mesmo nível, com a mesma pontuação e/ou com o mesmo acúmulo de pontos como o cedente’, diz a patente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *