Projeto que visita a obra de Sérgio Sampaio chega a Niterói

13
0

Humberto Effe e o trio Aquino e a Orquestra Invisível chegam à Niterói dia 27 de outubro, quinta-feira, às 20h, fechando a primeira etapa do projeto que celebra a obra de Sérgio Sampaio. O show é o último dessa temporada, que traz de volta composições de Sampaio, focando no caráter popular e atemporal, com novos e surpreendentes arranjos.

Sérgio Sampaio surgiu como um dos nomes mais geniais da MPB e marcou os anos 1970, depois que botou seu bloco na rua e fez muita gente pensar fora da caixa com suas canções desafiadoras. Ele faleceu em 1994 deixando uma rica obra. No show, Humberto Effe e Aquino e a Orquestra Invisível interpretam canções emblemáticas compostas e gravadas por Sampaio, como o grande hit “Eu Quero é Botar Meu Bloco na Rua”, em versões completamente inéditas.

O encontro de gerações

Humberto Effe, cantor, compositor e um dos fundadores da banda Picassos Falsos, pioneira na união de gêneros brasileiros e regionais ao rock nos anos 1980 produzindo sucessos que ecoam até hoje, vem flertando há anos com esse projeto. Na busca de uma parceria que valorizasse, assim como ele, o brilhantismo da obra de Sampaio, Effe foi surpreendido pelo trabalho da criativa e talentosa banda Aquino e a Orquestra Invisível.

Formada pelos músicos João SotoJoão Vazquez e Leandro Bessa, Aquino e a Orquestra Invisível foi um dos destaques do festival online “Palcos do Rio”, em 2020, ano de lançamento do trio. Humberto, que também participou do festival, recebeu em seguida uma foto dos três segurando a capa do disco “Supercarioca”, do Picassos Falsos, garimpado do acervo da mãe de João Soto, como um dos trabalhos que influenciou a formação sonora do trio. A ponte musical estava criada e Humberto Effe, já envolvido pelo trabalho dos jovens músicos, convidou-os para participar de seu show, em outubro de 2021, no Centro da Música Carioca Artur da Távola, o primeiro presencial após o longo período de isolamento social. A apresentação acabou entrando para a história do trio como a primeira vez que Aquino e a Orquestra Invisível tocou ao vivo para o público.

O entrosamento musical entre Humberto Effe e Aquino e a Orquestra Invisível foi grande, tanto que Sérgio Sampaio surgiu entre as preferências de ambos os músicos. Soto, Vazquez e Bessa eram igualmente fãs do artista capixaba. Surgia a peça que faltava para completar o projeto que celebra Sampaio, juntando artistas de gerações distintas e igualmente influenciados por ele, reafirmando a atemporalidade de sua obra.

Com incentivo do Governo do Estado do Rio de Janeiro, Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa do Rio de Janeiro, através do Edital Retomada Cultural RJ2, o projeto teve três apresentações em diferentes áreas do Rio: Centro da Música Carioca Artur da Távola, na Tijuca, Areninha Carioca Gilberto Gil, em Realengo, e Teatro da UFF, em Niterói.

Serviço

Show: Humberto Effe & Aquino e a Orquestra Invisível Visitam Sérgio Sampaio
Local: Teatro da UFF – Rua Miguel de Frias, 9 – Icaraí, Niterói
Data: 27 de outubro
Horário: 20h
Ingressos: R$ 26,00 inteira e R$ 13,00 meia entrada.
Classificação: 12 anos

Convidado
WRITTEN BY

Convidado

Publicações e inserções informativas de autores externos com curadoria da equipe editorial.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *