em , ,

EitaEita

Quem ganhou o Troféu HQMix 2021?

A 33ª edição do Troféu HQMix anunciou os melhores de 2020

O Troféu HQMIX em sua 33ª edição, após análise de quatro meses dos inscritos nas diversas categorias, divulgou a lista dos vencedores com os melhores do ano de 2020, que receberão o troféu deste ano, a Bruxinha,  personagem da desenhista e escritora Eva Furnari, que foi esculpido pelo artista Wilson Iguti.

A novidade é que neste ano os inscritos para o Troféu Projeto Especial na Pandemia apresentaram tantos projetos bons que o júri resolveu dar cinco troféus. Devido ao Covid-19, a cerimônia deste ano será virtual e acontecerá no canal do YouTube da unidade do Centro de Pesquisa e Formação do Sesc SP, no dia 27 de novembro, às 19h, com apresentação de Serginho Groisman, padrinho do evento, e da dupla Gual & Jal, criadores do troféu.

Também nesta edição, as categorias de “Novo Talento Desenhista” e “Novo Talento Roteirista” só serão reveladas durante a transmissão da cerimônia.

Lista de Vencedores

Beco do Rosário

O romance gráfico, Beco do Rosálio, de Ana Luiza Koehler, que a Veneta lançou com apoio do programa Rumos Itaú Cultural, ganhou o Troféu HQ Mix Edição Nacional Especial e Koehler ganhou como Desenhista Nacional, Arte finalista Nacional e Colorista Nacional, pela edição.

A narrativa apresenta Vitória, uma moradora do Beco do Rosário, que dá nome ao livro, um espaço prestes a ser extinto para dar lugar a ruas e avenidas. Teo, seu amigo de infância, é filho de uma rica família de imigrantes e volta para Porto Alegre após se formar engenheiro no exterior, cheio de novas ideias para a capital. Já Fabrício é um jovem artista negro que não consegue ver seu talento valorizado no mercado de trabalho. É por meio das histórias e dos laços entre esses personagens que o livro retrata as mudanças na paisagem da cidade de Porto Alegre.

Carniça e a Blindagem Mística #1

O paraibano Shiko traz nessa HQ a história de Jurema, sobrevivente de um ataque de uma Volante, que acaba se vendo no meio de um grupo de cangaceiras. Pelo belíssimo traço dessa edição independente, o autor divide o Troféu HQMIx de Melhor Desenhista Nacional com a Ana Luiza Koehler (Beco do Rosálio) e a HQ ganha o de Melhor Publicação de Aventura/Terror/Fantasia e também o de Melhor Independente Seriada. 

Cebolinha 60 Anos – Dono da “Lua”

A edição dos 60 anos do personagem Cebolinha  – Dono da ”Lua”- de Maurício de Sousa ganha o TRoféu HQMIx de Publicação de Clássico.

Jeremias: Alma

Escrito por Rafael Calça e ilustrado por Jefferson Costa, Jeremias: Alma (Panini) vence em duas categorias, o Troféu HQMix de Publicação Juvenil e Rafael Calça, por Roteirista Nacional. A dupla em 2019 foram os vencedores do Prêmio Jabuti e Troféu HQ Mix de 2019, na categoria Histórias em Quadrinhos, com outra Graphic novel MSP, Jeremias: Pele. Aqui, usando um dos personagens da Turma da Mônica, os autores apresentam um trama emocionante sobre ancestralidade, racismo, merecimento e histórias.

Cascão – Temporal

A Melhor Publicação Infantil é Cascão – Temporal, por Camilo Solano, que faz uma releitura do clássico personagem de Mauricio de Sousa numa história repleta de surpresas, aventuras, imaginação e descobertas. Quando seus pais viajam para um cruzeiro, só resta ao Cascão passar três dias na casa de seu tio “esquisito” Gerson. E, para piorar as coisas, a previsão é de muita, muita chuva.

Mayara & Annabelle: Hora Extra

A edição independente de Mayara & Annabelle – Hora Extra, com artes de Camila Torrano, Dika Araújo, Nycolas Di e Talles Rodrigues, e roteiros de Hector Lima, Márcio Moreira e Pablo Casado, venceu o prêmio de Publicação Independente Edição Única. A história une comédia policial e fantasia em aventura dinâmica marcada pela cultura nacional.

Ménage #01

O Troféu HQMix Melhor Publicação de Humor e de Publicação Independente de Grupo foi a obra independente Mènage, em sua primeira edição. Ménage… À trois. Mas como sexo não ia rolar. Fizemos GIBI! De Germana Viana, Laudo Ferreira e Marcatti, traz o tema Armário em 24 páginas de muito humor sobre tabus.

Berlim, de Jason Lutes (Veneta)

Indicado ao Eisner e ao Harvey Awards; vencedor de dois prêmios Excellence in Graphic Literature e fruto de mais de 20 anos de dedicação, Berlim, de Jason Lutes, publicado pela Veneta, ganha o Troféu HQMix de Edição Especial Estrangeira. Um épico sobre a ascensão do nazismo em uma das mais efervescentes e cosmopolitas cidades europeias do século 20. Considerado pela crítica internacional uma obra-prima e um marco na história dos quadrinhos, o livro é um retrato multifacetado da Berlim dos anos 1920: os cabarés, a vida operária, a vanguarda artística, a intelectualidade de esquerda, os comunistas enfrentando nazistas nas ruas e uma sociedade escorregando à vista de todos para a brutalidade fascista.

Recado a Adolf

O mangá Adolf ni Tsugu, Recado a Adolf ganha o Troféu HQMIX de Melhor Publicação em Minissérie. A edição da Pipoca & Nanquim traz o trabalho de Osamu Tezuka, um dos maiores artistas do século XX, que em dois volumes, se debruça sobre um dos episódios mais infames da humanidade, a ascensão do Partido Nazista e a Segunda Guerra Mundial, e nos entrega um dos melhores trabalhos de sua carreira, que mistura os gêneros policial, espionagem e aventura em uma história fascinante.

Calvin e Haroldo #17: O Indispensável de Calvin e Haroldo

Calvin e Haroldo é uma das séries de tiras em quadrinhos mais populares do mundo. Criada, escrita e ilustrada pelo cartunista norte-americano Bill Watterson, a edição 17, publicada pela Conrad, ganha o Troféu HQMix de Melhor Publicação de Tira.

Café Espacial +18

Melhor Publicação Mix é Café Espacial +18, publicação que reúne histórias em quadrinhso e contos. Entre as histórias temos O que eu gosto (por Sophia Andreazza); Talvez seja doce (por Tali Grass); Touch screen, por Vitorelo; Baldeação (por Germana Viana); Tudo para Rimbaud (por Tarcisio Gabriel); O novo Prometeu (por Lielson Zeni e Milton Mastabi Filho); Por dentro do silêncio, como flores a arder (por Ana Hoo); e “Transar é bom, mas vocês já experimentaram…” (por Liber Paz).

Confinada e Bife de Unicórnio

Recebem a Bruxinha de Furnari, a web qudrinhos que já ganha uma versão física, Confinada, de Leandro Assis e Triscila Oliveira e a web tira Bide de Unicórnio de Gabriel Dantas,

 

Bilquis Evely

A artista brasileira Bilquis Evely por seu trabalho na DC Comics (Supergirl: Woman of Tomorrow, Mulher Maravilha, Sandman – O Sonhar, The Flintstones, Harley Quinn, Scooby Apocalypse e Plastic Man) ganha o Troféu HQmix Relevância Internacional.

Cida Godoy, Mestre do Quadrinho Nacional

Foto: Reprodução/Republica dos Quadrinhos.

Maria Aparecida Godoy, a Cida Godoy, pioneira dos quadrinhos brasileiros, começou escrevendo roteiros para revistas em quadrinhos de terror, como a Calafrio e Mestres do Terror, se baseando nas narrações que ouvia quando criança. Em 1997, ela foi homenageada com o prêmio Ângelo Agostini na categoria Mestre do Quadrinho Nacional, honraria concedida a artistas brasileiros que estejam há mais de 25 anos ligados aos quadrinhos.

Livro Teórico
O Império dos Gibis: A Incrível História dos Quadrinhos da Editora Abril (Por Manoel de Souza e Maurício Muniz)

Projeto Editorial
– Narrativas Periféricas (Editora MINO)
– Revista Expressa (Revistas de Cultura)

Projeto Gráfico
– Fibrilação

Editora Do Ano
– Pipoca & Nanquim

Evento
– Butantã Gibicon

Exposição
– Exposição Morro Favela – André Diniz

Projeto Especial Na Pandemia
– O Inimigo Invisível
– Campanha Ato Heroico – Prateleira de Quadrinhos
– O Diário de Uma Vítima do Coronavírus
– Martim, Professor de Arte
– Evento Quarentena Con

Homenagem Especial
– Serginho Groisman
– Revista Mina de HQ

Grande Contribuição
– Lei Aldir Blanc (Benedita da Silva)

Trabalho De Conclusão De Curso
– “Amadeus” – Baseado no Quadrinho “Asylum Arkham – A Serious House In A Serious Earth”, de Grant Morrison (Por Natacha Leonelo e Alexandre H. Dias)

Dissertação De Mestrado
– “Matemática Básica em Quadrinhos: Algumas aplicações das HQS em sala de aula” (Por José Gleison Lima da Silva)

Tese De Doutorado
– “Mobile Comics: Um guia de parâmetros para desenvolvimento de histórias em quadrinhos digitais focados na leitura em tela pequena” (Por Alexandra Teixeira de Rosso Presser)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *