Interior Paulista recebe espetáculo que desafia os limites da dança contemporânea

A companhia apresenta as obras Shakti e Déjà Vu em Araçatuba, Assis, Bauru, Campos do Jordão, Sorocaba, Marília, Piracicaba, Presidente Prudente e Ribeirão Preto

48
0

De julho a dezembro de 2024, os palcos do Interior Paulista serão tomados pela inovação e beleza da DeRose ArtCompany. Criada em Buenos Aires em 2007 e com núcleo vigente em São Paulo desde 2015, a companhia é reconhecida por desenvolver uma nova linguagem coreográfica que combina destreza física e exposição técnica, desafiando os limites da dança contemporânea.

A turnê começa em Bauru, no dia 6 de julho, às 19h, na Academia de Cinema Hollywood. O público terá a oportunidade de assistir às obras Shakti e Déjà Vu, que fazem parte do repertório da companhia e oferecem ao público uma experiência única por meio de esculturas vivas em movimento, utilizando música, poesia corporal, luzes e projeções. Em seguida, o grupo segue para Araçatuba, Assis, Campos do Jordão, Sorocaba, Marília, Piracicaba, Presidente Prudente e Ribeirão Preto.

A circulação da DeRose ArtCompany é uma realização viabilizada pela Lei Paulo Gustavo, com o apoio do Governo Federal, por meio do Ministério da Cultura, e do Governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria da Cultura e Economia e Indústria Criativas.

Foto: Eduardo Penna

Shakti: Uma Celebração da Energia e Cultura Hindu

Duração: 23 minutos | Elenco: 8 bailarinos

Esta peça é uma expressão da energia vital, representada pela palavra sânscrita Shakti, que simboliza a força e o poder feminino, inspirando-se nos templos hindus antigos e suas belas esculturas.

Na obra, os artistas se entrelaçam como se fossem um único corpo, formando figuras que emolduram esculturas vivas em movimento. A ausência de uma narrativa linear permite que a obra se desdobre em várias partes, cada uma apresentando uma faceta diferente da inspiração hindu. A representação evoca a essência e a espiritualidade dos templos antigos, transportando o público para um ambiente de contemplação e beleza.

A música original, composta especialmente para a peça, incorpora elementos da cultura hindu, incluindo instrumentos tradicionais e tambores, criando uma atmosfera visceral que complementa a coreografia. Os sons ressoam com a profundidade e a intensidade da tradição cultural indiana, intensificando a experiência sensorial do espetáculo.

O figurino também se inspira nas esculturas hindus. Com uma paleta de cores que varia entre tons de marrom e alaranjado, os trajes provocam uma sensação de antiguidade e ancestralidade. O foco é realçar os corpos dos dançarinos, transformando-os em esculturas vivas que se movem com graça e força.

Shakti é uma imersão em uma cultura rica e vibrante, onde cada movimento, cada som e cada elemento visual se combinam para criar uma experiência que transcende o tempo e o espaço, celebrando a energia universal e a beleza da tradição hindu.

Déjà Vu: Uma Jornada de Autoconhecimento

Duração: 45 minutos | Elenco: 9 bailarinos

Déjà Vu é uma obra coreográfica que explora a complexidade das memórias e a jornada de autoconhecimento, refletindo sobre a formação da identidade por meio de momentos significativos na vida do protagonista.

A peça investiga de onde vêm as memórias, usando o vazio como pano de fundo para introspecção sobre quem somos, e revela fragmentos do passado do protagonista, ilustrando como eventos vividos moldam a identidade, mesmo que distorcidas pela percepção pessoal.

A estrutura da obra assemelha-se a uma narrativa de evolução pessoal, com o protagonista revivendo cenas da infância à adolescência e seus amores, destacando a importância das memórias na expansão da consciência.

A música original, composta especificamente para o espetáculo, complementa cada fase da vida do protagonista: sons leves e divertidos para os primeiros anos e elementos eletrônicos mais agitados para os períodos juvenis. Os figurinos também variam conforme essas fases, desde roupas coloridas para a infância até trajes que lembram uniformes escolares para a adolescência, criando um efeito visual que transporta o público através do tempo.

Combinando dança, música e figurinos, Déjà Vu convida o espectador a uma profunda reflexão sobre sua própria jornada de autoconhecimento.

Ficha Técnica:

Direção Geral: Livia DeRose. Direção de Ensaio: Rafael Sanchos. Coreografia: Adriana Bruer. Elenco: Ana Fior, Anna Carol Gomes, Cacá Davini, Emi Minami, Pedro Castro, Noele Rossi, Rafael Sanchos, Tati Uehoka, Thiago Arthur e Thiago Teramae. Iluminação: Jeferson Silva. Objeto cênico: João Cristino. Produção: Noele Rossi, Thiago Arthur e Rafael Sanchos. Assistência de produção e logística: Andreia Nogueira. Assessoria de comunicação: ArtePlural. MKT: Fernando Rosa. Apoio para elaboração de projetos: Via Arte. Fotografias: Eduardo Penna e Mario Dominowski.

A turnê da DeRose ArtCompany pelo Interior Paulista é uma realização viabilizada pela Lei Paulo Gustavo, com o apoio do Governo Federal, por meio do Ministério da Cultura, e do Governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria da Cultura e Economia e Indústria Criativas.

Serviço

DeRose ArtCompany
Shakti e Déjà-Vu

Bauru
Data: 6 de Julho, às 19h
Local: Academia de Cinema Hollywood
Rua Azarias Leite, 17 48 Jardim Estoril, Bauru, SP
Ingressos: R$40 inteira / R$20 meia
Link para compra de ingressos: https://www.sympla.com.br/evento/shakti-deja-vu/2480482
Classificação livre

Mauricio Barreira
WRITTEN BY

Mauricio Barreira

Formado em Rádio e TV pela ECA-USP, pós-graduação em Gestão Cultural pelo Senac.
Assessor de imprensa, produtor cultural e radialista.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *