em , ,

Caixa Cultural traz ao Rio de Janeiro o Universo de Miyazaki | Otomo | Kon

Caixa Cultural traz ao Rio de Janeiro o Universo de Miyazaki | Otomo | Kon | Anime | Revista Ambrosia

Se você entende que animes não são feitos apenas para crianças e adolescentes descerebrados, eis aqui uma mostra bem interessante, dando a muitos a oportunidade de ver ou rever na tela grande algumas de suas obras favoritas. Se você não entende nada sobre animação japonesa, mas é fã de filmes que contam histórias inventivas, universos muito bem construídas, com excelente visual e personagens tridimensionais e tocantes, eis aqui uma mostra imperdível. Entre os dias 28 de junho e 10 de julho, a Caixa Cultural traz ao Rio de Janeiro os filmes de três dos mais fascinantes diretores japoneses, considerados mestres da animação e da arte de contar histórias envolventes e fantásticas, embora cada um deles sigam caminhos bem diferentes.

Caixa Cultural traz ao Rio de Janeiro o Universo de Miyazaki | Otomo | Kon | Anime | Revista AmbrosiaHayao Miyazaki, o co-fundador do estúdio Ghibli, é com certeza o mais conhecido dos três, com um extenso e incontestável currículo, sendo adorado por cinéfilos, fãs de animação, críticos e, geralmente, por qualquer pessoa que assista a um de seus longas. Seus três últimos filmes (A Viagem de Chihiro, O Castelo Animado e Ponyo) lançados comercialmente nos cinemas brasileiros, graças a um saudável acordo com a Disney, que distribui seus filmes no ocidente. Suas histórias tem um pé nas lendas asiáticas e outro nos contos de fada infantis, nunca deixando de lado assuntos críticos do mundo contemporâneo, como a preservação da natureza, a poluição, guerras e a solidão.

Caixa Cultural traz ao Rio de Janeiro o Universo de Miyazaki | Otomo | Kon | Anime | Revista AmbrosiaKatsuhiro Otomo é menos constante, tendo dirigido apenas dois longas animados e participado de outras três antologias de curtas e média-metragens, mas é dele o filme mais conhecido da mostra e, com certeza, a mais importante animação japonesa para o público do ocidente, Akira, que chegou ao Brasil nos anos 90 e ajudou a derrubar todos os tabus sobre desenhos animados que existiam por aqui.

Caixa Cultural traz ao Rio de Janeiro o Universo de Miyazaki | Otomo | Kon | Anime | Revista Ambrosia

Por último, temos a obra de Satoshi Kon, o célebre (e cerebral) diretor falecido em 2010, que injetou uma bem vinda dose de complexidade e mistério, tanto nas narrativas quanto no visual dos longas animados. Apesar de ser o menos conhecido dos três, sua obra não perde em importância, tendo o seu último filme, Páprika, servido de clara inspiração para o blockbuster A Origem.

Ao todo serão 18 longa-metragens, debates sobre as obras, oficina sobre o mundo de Hayao Miyazaki e até um curso de desenho em estilo mangá. Escolhemos aqui alguns dos destaques menos óbvios, mas que realmente merecem destaque.

Caixa Cultural traz ao Rio de Janeiro o Universo de Miyazaki | Otomo | Kon | Anime | Revista Ambrosia

A Princesa Mononoke já é considerado um clássico e foi o filme que anunciou a aposentadoria de Hayao Miyazaki em 1997 (aposentadoria essa que ele está sempre adiando). Uma história adulta, claramente anti-bélica, sem no entanto transformar-se em um emaranhado de mensagens pacifistas avulsas. Com um visual impressionante e com uma boa dose de sangue e mortes, passa-se numa época em que os humanos e as divindades (mostrados como animais) vivem em guerra nas florestas, cada um tentando manter o seu espaço e lutando pela sobrevivência.  O príncipe Ashitaka é alvo da maldição de uma divindade prestes a morrer e disposta a levar vidas consigo. Vagando pelas florestas em busca de uma cura, ele encontra uma jovem garota que foi adotada e criada por uma tribo de deuses-lobo, que não tem a menor empatia com os humanos. Em meio a isso, a guerra começa a ficar cada vez mais pesada, com a introdução das armas de fogo.

 

Atriz Milenar é o filme mais feel good da programação, e um de meus preferidos. Uma comédia leve, cheia de ação e romantismo, construída com uma engenhosa meta-linguágem (filmes dentro do filme) sobre o passado e o futuro do cinema e seus grandes astros esquecidos. Como de praxe na carreira do diretor Satoshi Kon, o grande astro aqui é o subconsciente e como nos relacionamos com ele. Genya Tachibana é um diretor que está tentando fazer um documentário sobre uma reclusa atriz dos anos 40/50/60, sua musa inspiradora, Chiyoko Fujiwara. Através de sua história e das narrativas de seus filmes, conhecemos a vida da atriz enquanto o diretor vivencia cada uma de suas palavras. Um filme que merecia um live-action.

 

Memórias é uma antologia de três média-metragens produzida por Katsuhiro Otomo e dirigida por ele e outros dois companheiros, Koji Morimoto e Tensai Okamura (cada um dirigiu um seguimento). Apesar de não ter uma grande ligação entre si, são três curtos e excelentes filmes que variam do drama onírico à comédia mais slapstick. Apesar de estar disponível em DVD no país e ser figurinha constante em canais por assinatura, ainda é um trabalho pouco conhecido que merece ser descoberto por um público maior.

 

O Túmulo dos Vagalumes, dirigido por Isao Takahata (o outro co-fundador do estúdio Ghibli) será exibido como Menção Honrosa por não ter grande envolvimento de nenhum dos três diretores homenageados, mas é um dos maiores destaques da programação. O filme pode enganar muitos com seu visual clássico e quase infantil. Ao contrário de quase todos os outros filmes da mostra, não tem um visual arrebatador e nem chega perto do universo fantástico/sci-fi, mas conta a história incrivelmente triste de dois irmãos que tentam sobreviver como podem à Segunda Guerra Mundial, que devastou o Japão. Preparem 0s seus lenços, por que este é um filme que arranca lágrimas muito facilmente. Uma verdadeira obra prima.

 

Algumas obras importantes foram deixadas de fora, como os excelentes curtas comemorativos Ghiblies, do estúdio de Miyazaki e Takahata, o elogiadíssimo Perfect Blue (filme que foi muito comparado ao recentemente premiado Cisne Negro) e Metrópolis, versão animada do mangá de Osamu Tezuka, dirigida por Rintaro com roteiro de Katsuhiro Otomo.

 

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO COMPLETA:

28/06 | terça-feira

CINEMA 2

15h – A VIAGEM DE CHIHIRO, de Hayao Miyazaki | 2001 | 125’ | dublado

17:30h – O SERVIÇO DE ENTREGAS DE KIKI, de Hayao Miyazaki | 1989 | 103’ | legendado

19:30h – LAPUTA: O CASTELO NO CÉU, de Hayao Miyazaki | 1986 | 124’ | legendado

 

29/06 | quarta-feira

CINEMA 2

15h – O CASTELO ANIMADO, de Hayao Miyazaki | 2004 | 119’ | dublado

17:30h – PORCO ROSSO, de Hayao Miyazaki | 1992 | 94’ | legendado

19:30h – NAUSICAÄ DO VALE DO VENTO, de Hayao Miyazaki | 1984 | 117’ | legendado

 

30/06 | quinta-feira

CINEMA 2

15h – AS AVENTURAS DE PANDA E SEUS AMIGOS, de Isao Takahata | 1972/73 | 75’ | dublado

17h – PAPRIKA, de Satoshi Kon | 2006 | 90’ | legendado

19h – STEAMBOY, de Katsuhiro Otomo | 2004 | 126’ | legendado

 

01/07 | sexta- feira

CINEMA 2

15h – A VIAGEM DE CHIHIRO, de Hayao Miyazaki | 2001 | 125’ | dublado

17:30h – TOKYO GODFATHERS, de Satoshi Kon | 2003 | 92’ | legendado

19h – DEBATE – Miyazaki, Otomo e Kon: Clássicos ou Transgressores?

 

02/07 | sábado

CINEMA 2

15h – PONYO – UMA AMIZADE QUE VEIO DO MAR, de Hayao Miyazaki | 2008 | 101’ | dublado

17h –  MEU VIZINHO TOTORO, de Hayao Miyazaki | 1988 | 86’ | legendado

19h – LAPUTA: O CASTELO NO CÉU, de Hayao Miyazaki | 1986 | 124’ | legendado

 

03/07 | domingo

CINEMA 2

14h – LUPIN III: O CASTELO DE CAGLIOSTRO, de Hayao Miyazaki | 1979 | 110’ | dublado

16h – PORCO ROSSO, de Hayao Miyazaki | 1992 | 94’ | legendado

18h – O SERVIÇO DE ENTREGAS DE KIKI, de Hayao Miyazaki | 1989 | 103’ | legendado

 

05/07 | terça-feira

CINEMA 1

15h – O CASTELO ANIMADO, de Hayao Miyazaki | 2004 | 119’ | dublado

19h – MEMORIES, de Katsuhiro Otomo | 1995 | 113’ | legendado

CINEMA 2

17:30h – O TÚMULO DOS VAGALUMES, de Isao Takahata | 1988 | 89’ | legendado

19:30h – NAUSICAÄ DO VALE DO VENTO, de Hayao Miyazaki | 1984 | 117’ | legendado

 

06/07 | quarta-feira

CINEMA  1

15h – AS AVENTURAS DE PANDA E SEUS AMIGOS, de Isao Takahata | 1972/73 | 75’ | dublado

19h – PONYO – UMA AMIZADE QUE VEIO DO MAR, de Hayao Miyazaki | 2008 | 101’ | legendado

CINEMA  2

17h – ATRIZ MILENAR, de Satoshi Kon | 2001 | 87’ | legendado

19h – A PRINCESA MONONOKE, de Hayao Miyazaki | 1997 | 132’ | legendado

 

07/07 | quinta-feira

CINEMA  1

15h – PONYO – UMA AMIZADE QUE VEIO DO MAR, de Hayao Miyazaki | 2008 | 101’ | dublado

19h – AKIRA, de Katsuhiro Otomo | 1988 | 124’ | legendado

CINEMA  2

17h – LUPIN III: O CASTELO DE CAGLIOSTRO, de Hayao Miyazaki | 1979 | 110’ | legendado

19:30h – A VIAGEM DE CHIHIRO, de Hayao Miyazaki | 2001 | 125’ | legendado

 

08/07 | sexta-feira

CINEMA  1

15h – LUPIN III: O CASTELO DE CAGLIOSTRO, de Hayao Miyazaki | 1979 | 110’ | dublado

19h – PAPRIKA, de Satoshi Kon  | 2006 | 90’ | legendado

CINEMA  2

17h – MEMORIES, de Katsuhiro Otomo | 1995 | 113’ | legendado

19:30h – O CASTELO ANIMADO, de Hayao Miyazaki | 2004 | 119’ | legendado

 

09/07 | sábado

CINEMA 1

15h – A VIAGEM DE CHIHIRO, de Hayao Miyazaki | 2001 | 125’ | dublado

17h – PONYO – UMA AMIZADE QUE VEIO DO MAR, de Hayao Miyazaki | 2008 | 101 | legendado

19h – STEAMBOY, de Katsuhiro Otomo | 2004 | 126’ | legendado

CINEMA 2

17:30h – 16h – O TÚMULO DOS VAGALUMES, de Isao Takahata | 1988 | 89’ | legendado

19:30h – MEU VIZINHO TOTORO, de Hayao Miyazaki | 1988 | 86’ | dublado

 

10/07 | domingo

CINEMA 1

14h – AS AVENTURAS DE PANDA E SEU AMIGO, de Isao Takahata | 1972/73 | 75’ | dublado

16h – TOKYO GODFATHERS, de Satoshi Kon | 2003 | 92’ | legendado

18h – AKIRA, Katsuhiro Otomo | 1988 | 124’ | legendado

CINEMA 2

16h – ATRIZ MILENAR, de Satoshi Kon | 2001 | 87’ | legendado

18h – A PRINCESA MONONOKE, de Hayao Miyazaki | 1997 | 132’ | legendado

 

 

Atividades Extras:

 

Oficina de Mangá | 15 horas às 17 horas

Sala de oficinas

29/06 a 01/07| quarta-feira a sexta-feira

 

 

Curso: O Universo de Hayao Miyazaki | 15 horas às 17 horas

CINEMA 1

05/07 a 08/07 | terça-feira a sexta-feira

 

 

Debate: Miyazaki, Otomo e Kom: Clássicos ou Transgressores? – 19h

CINEMA 2

01/07 | sexta-feira

 

 

CAIXA Cultural Rio de Janeiro – 28 de junho a 10 de julho

Av. Almirante Barroso, 25 – Rio de Janeiro – RJ

(próximo ao Metrô Carioca)

Tel.: (21) 2544-4080   |   R$2 (inteira) / R$1 (meia)

 

 

Participe com sua opinião!