em , ,

Cineclube Escola de Cinema Darcy Ribeiro apresenta clássicos comentados

Amigo carioca: você quer fugir do calor infernal da Cidade Maravilhosa? Você gosta muito de Cinema? Você procura uma atividade cultural e prazerosa para o final de semana? Você quer gastar pouco (ou nada, se possível)? Pois nós temos a dica perfeita para seu caso: o cineclube da Escola de Cinema Darcy Ribeiro exibe excelentes clássicos nacionais e estrangeiros todos os sábados.
Neste dia 18/10, a pedida é o último filme feito por Fellini antes de estourar no cenário mundial: “Os Boas Vidas” (1953), que mostra as histórias de cinco homens enfrentando decisões importantes em suas vidas na Itália do pós-guerra. Este filme influenciou grandes realizadores como Stanley Kubrick, Martin Scorsese e George Lucas.
 
cine vitelloni
Quer ser cineasta? Um bom crítico? Ou “apenas” um cinéfilo completo e consciente? Então não perca “Cidadão Kane” (1941) no dia 25/10. Durante décadas considerado o melhor filme da História, o longa-metragem dirigido e estrelado por Orson Welles, então com 25 anos, foi um fracasso de público mas um sucesso de crítica, e inovou com ângulos de câmera audaciosos e uma história em flashbacks.
cine kane3
Dia 01/11 não é dia das crianças, mas ver “O Mágico de Oz” (1939) é uma bela maneira de voltar à infância… e também de aprender muito sobre técnicas cinematográficas e desafios dos bastidores. Será impossível não se maravilhar com o colorido de Oz e não se emocionar com “Over the Rainbow” na tela grande.
cine wizard
O resto de novembro é dedicado ao Cinema Brasileiro. Para entender melhor a história do país e da nossa arte cinematográfica, nada melhor que o filme que iniciou o Cinema Novo: “Deus e o Diabo na Terra do Sol” (1964), que será exibido em 08/11. Glauber Rocha, com “uma câmera na mão e uma ideia na cabeça”, começou um novo período de glórias para o Cinema Nacional, com muitos temas sociais, alegorias e contestações.
cine deus e diabo
Em 22/11: Paulo Cesar Saraceni escreve, dirige e produz “A Casa Assassinada” (1971), destaque dos festivais de cinema de Brasília e Gramado. Fique de ouvidos atentos: a trilha sonora da película é de Tom Jobim.
cine casa
 
Para fechar as atividades do cineclube em 2014, vem em 29/11 a obra-prima do Cinema Mudo Brasileiro, “Limite” (1931), único filme terminado pelo diretor Mário Peixoto. Como vários filmes cultuados, “Limite” provocou polêmica na época do lançamento (com direito até a pancadaria!) e só voltou a ser exibido nos anos 70. Foi restaurado em 2007 para reestreia em Cannes.
cine limite
As sessões acontecem sempre aos sábados, às 14 horas, e são seguidas por debate.

Deixe sua opinião

Avatar

Publicação Letícia Magalhães