em ,

Impertinências da Raquel: My Lady – resenha do filme de Richard Eyre

Neste episódio de Impertinências da Raquel, faço a resenha do longa dirigido por Richard Eyre e estrelado por Emma Thompson, Stanley Tucci e Fionn Whitehead, adaptado do livro de Ian McEwan, The Children Act.

Diretamente de Skradin, na Croácia, durante o pôr do sol, falo sobre este filme, que trata de uma juíza muito respeitada e conhecida por seu trabalho constantemente ligado a casos muito difíceis e delicados, muitas vezes relacionados a questões morais ou religiosas. A plot principal se divide em duas partes: sua vida pessoal, que parece estar saindo dos eixos em um momento complicado de seu casamento, e um caso sobre um jovem de 17 anos que se recusa a receber uma transfusão de sangue por ser testemunha de jeová.

O filme em si tem um formato bastante careta, mas conta com atuações excelentes e toca em questões interessantes em termos de argumentação e de valores morais.

Publicado por Raquel Gandra

Raquel é uma menina de muitos interesses. Dessas de olhos grandes e pés flutuantes. Na vida burocrática do dia a dia, trabalha com edição de vídeo e fotografia. Seu sonho é conhecer todas as pessoas divertidas do mundo e aprender um pouco com cada uma delas em paisagens diferentes como panos de fundo. E também fazer filmes que encham as pessoas de calor ou confusão interna.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carregando…

0

Comentários