em ,

“Mulher Maravilha 2” se torna a primeira produção a adotar diretrizes contra assédio sexual

O escândalo sexual envolvendo muitos grandes astros do entretenimento começa a dar frutos positivos, a produção do filme “Mulher Maravilha 2” anunciou que irá adotar oficialmente diretrizes anti assédio sexual desenvolvidas pela Producers Guild of America e divulgadas durante o último PGA Awards.
A iniciativa busca não somente reforçar uma conduta correta dentro e fora do Set, como incentiva os produtores e outros líderes a exercerem uma postura pró-ativa no combate ao assédio e outros tipos de uso indevido do poder, tão comuns na sociedade atual.
a Warner não está de brincadeira com Mulher Maravilha 2 e já havia afastado Brett Ratner da sequência após as acusações de assédio dirigidas ao cineasta. O filme também mostra emponderamento feminino ao trazer novamente Patty Jenkins para o controle da produção, que volta com Gal Gadot e cia.
A sequencia de Mulher Maravilha tem estreia prevista para o dia 13 de dezembro de 2019.

Deixe sua opinião

Avatar

Publicação Salvador Camino