O Globo de Ouro premia “A Rede Social” e se reinventa como espetáculo

Ambrosia Filmes O Globo de Ouro premia "A Rede Social" e se reinventa como espetáculo

O Globo de Ouro premia "A Rede Social" e se reinventa como espetáculo | Filmes | Revista Ambrosia

E o Globo de Ouro 2011 revelou-se mais interessante e (digamos) profético que a sua alcunha costuma suscitar ao longo dos seus 68 anos, onde sua importância é considerada e/ou desconsiderada diante de sua concomitância ou não com o resultado posterior do Oscar.

Um dos responsáveis por ser “plus” foi, sem dúvida, seu apresentador, o comediante Ricky Gervais, que não poupou munição contra a cientologia, o critério de indicação do próprio evento (vide a inacreditável indicação múltipla do filme O Turista) e os atores em si. Sua performance foi, no mínimo, polêmica, tanto que repercute até hoje. E, claro, a premiação consagrou (ainda mais) A Rede Social, outorgando como melhor filme de drama, além dos prêmios de melhor diretor (David Fincher), roteiro e trilha sonora.

O Discurso do Rei, indicado em sete categorias, ganhou apenas o de melhor Ator para Colin Firth. Outro grande cotado da noite, Cisne Negro, como era esperado, deu a Natalie Portman o prêmio de melhor Atriz.
Na categoria Comédia ou Musical, outro favorito arrebatou importantes prêmios.
Minhas Mães e Meu Pai amealhou os Globo de Ouro de Melhor Filme e deu a Annete Benning o prêmio de Melhor Atriz.

A atriz Melissa Leo saiu com o de Melhor Coadjuvante por O Vencedor, e sua reação emocionada ao prêmio recebido (e visivelmente alterada pela farta oferta de álcool na noite) foi um dos pontos altos desta edição, assim como a precisa homenagem à Robert DeNiro, recebendo o Cecil B. DeMille do ano.

Paul Giamatti levou o prêmio de melhor Ator de Comédia ou Musical, superando as duas indicações de Johnny Depp, mas não se pode dizer que isso tenha sido assim uma grande surpresa. Já o prêmio de filme estrangeiro foi para o dinamarquês Em Um Mundo Melhor, pouquíssimo badalado, principalmente com a força de Biutiful, do já premiadíssimo Alejandro Gonzaléz Iñarritu. E Toy Story 3 papou o de animação, o que já era de se esperar, uma vez que esse é considerado o melhor filme do ano em muitas listas daqui e do mundo.

O Globo de Ouro premia "A Rede Social" e se reinventa como espetáculo | Filmes | Revista Ambrosia

Já para os prêmios televisivos, Glee foi a grande surpresa ao levar o de Melhor Série Comédia. Aliás Glee levou ainda todos os prêmios de atores coadjuvantes. Era nítida a cara de espanto e/ou desolação de muitos. Há de se levar em conta que o programa tornou-se mesmo um fenômeno, mas é indiscutível que seus episódios são bem irregulares nessa segunda temporada. O excelente Boardwalk Empire ganhou por série de drama.

Veja todos os vencedores do Globo de Ouro 2011:

Cinema

Melhor Filme – Drama
A Rede Social

Melhor Comédia ou Musical
Minhas Mães e Meu Pai, de Lisa Cholodenko

Melhor Diretor
David Fincher, por
A Rede Social

Melhor Ator – Drama
Colin Firth,
O Discurso do Rei

Melhor Atriz – Drama
Natalie Portman,
Cisne Negro

Melhor Ator Coadjuvante – Drama
Christian Bale,
O Vencedor

Melhor Atriz Coadjuvante
Melissa Leo, de
O Vencedor

Melhor Ator – Comédia ou Musical
Paul Giamatti, de
A Minha Versão Para o Amor

Melhor Atriz – Comédia ou Musical
Annette Bening, de
Minhas Mães e Meu Pai

Melhor Roteiro
Aaron Sorkin, de
A Rede Social

Melhor Animação
Toy Story 3

Melhor Canção Original
You Haven’t Seen the Last of Me, de Burlesque

Melhor Trilha Sonora
Trent Reznor e Atticus Ross, de
A Rede Social

Televisão

Melhor Série de TV (Musical ou Comédia)
Glee

Melhor Minissérie ou Filme para TV
Carlos, de Olivier Assayas

Melhor Ator de Minissérie ou Filme para TV
Al Pacino, de
You Don’t Know Jack

Melhor Atriz de Mini-série ou Filme para TV
Clare Danes, por
Temple Grandin

Melhor Ator de Comédia ou Minissérie
Jim Parsons, de
Big Bang Theory

Melhor Atriz de Comédia ou Minissérie
Laura Linney, de
The Big C

Melhor Série – Drama
Boardwalk Empire

Melhor Ator de Série – Drama
Steve Buscemi, de
Boardwalk Empire

Melhor Ator Coadjuvante de Minisserie, Série ou Filme para TV
Chris Colfer, de
Glee

Melhor Atriz Coadjuvante de Minisserie, Série ou Filme para TV
Jane Lynch, de
Glee

Melhor Atriz em série de TV – Drama
Katey Sagal, de
Sons of Anarchy

#Novidades