em , ,

O Retorno de Ben e Querido Menino na dobradinha

Dois filmes pungentes sobre vício de drogas na adolescência analisados nesta vídeo-resenha

Recentemente fui surpreendida pelo nível de originalidade no trato de um tema já tão abordado no cinema, o vício em drogas na adolescência, em dois longas: O Retorno de Ben (Ben is Back) e Querido Menino (Beautiful Boy).
Ambos tratam o vício de uma maneira bastante dura e realista. Não demonizam, nem estilizam. Não são moralistas nem niilistas. Tratam do assunto de maneira bastante próxima e pessoal. O Retorno de Ben vem de um roteiro original escrito pelo próprio diretor Peter Hedges e Querido Menino é uma adaptação de dois livros: Beautiful Boy, de David Sheff, pai de Nic Sheff, autor do segundo livro, Tweak: growing up on metamphetamines. Ambos relatam, de pontos de vista diferentes, a jornada de tentar sobreviver ao vício, seja enquanto pai que quer ajudar o filho, seja enquanto o jovem que precisa o tempo inteiro criar novas forças pra sair do inferno das drogas.
Ainda que dêem espaço para a poesia e a esperança, ambos os filmes nos apresentam suas histórias de maneira objetiva e mostram o quão difícil é o processo de recuperação e o quão arriscado e talvez incontornável seja este caminho.
Neste vídeo-resenha abordo alguns aspectos que achei mais interessantes. Ambos valem super a pena, seja pelas atuações, pela direção, pela fotografia, mas sobretudo por jogarem uma luz diferente sobre um assunto tabu e que vem afetando tanto nossa sociedade como um todo.

Deixe sua opinião

Avatar Advocate

Publicado por Raquel Gandra