em ,

Os Caça Fantasmas 3 vai mesmo tentar emplacar nova franquia

Agora está confirmado: “Os Caça-Fantasmas 3” será mesmo um reboot, segundo declaração do diretor Paul Feig em relação à notícia vazada em meio à devassa dos emails da Sony.

Em entrevista à revista especializada inglesa Empire Magazine ele disse “Eu respeito demais o original para tentar fazer uma continuação. Existe também essa sensação de que um mundo que conhece os fantasmas e já os viu em escala tão grandiosa (no primeiro filme) acaba não se impressionando mais com eles. A diversão na nossa versão é introduzir um mundo que não conhece os fantasmas ainda. Adoro histórias de origem e introduzir novos personagens”.

Mas o diretor adianta que ainda não há nomes para o elenco e nem um roteiro pronto. “No momento, o grupo poderia ter umas 50 Caça-Fantasmas. Estou esperando a primeira versão do roteiro completo para pensar: ‘Quem caberia nesses papéis?’. Se eu encarar a lista de pessoas que já se disseram interessadas em fazer o filme, vai ser impossível escolher. Quando você faz um filme como Caça-Fatasmas, as pessoas ficam muito interessadas.”

Segundo Feig, a ideia era fazer algo ainda mais assustador do que o original, mas mantendo o tom de comédia. O diretor também atuará como produtor ao lado de Ivan Reitman (diretor dos filmes originais) e Jessie Henderson. Katie Dippold, que foi corroteirista de “As Bem Armadas” junto com Feig, foi trazida ao projeto para bisar a parceria, reescrevendo o roteiro.

“Caça-Fantasmas 3” a princípio seria uma continuação, em seguida veio a ideia de uma versão feminina do quarteto e agora esperaremos por mais um reboot, que pode ser bom como “Star Trek” ou pífio como “Robocop”. Mas será que precisamos mesmo de um novo Caça-Fantasmas? Comentem e discutam.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

#Lançamento'22 Circuito Ambrosia