em

Resident Evil: Afterlife terá atraso e efeitos de Avatar

Imagem do set de filmagens exibidas pelo site Shock Till You Drop.

O quarto filme da franquia baseado em games, Resident Evil:Afterlife teve inconstâncias quanto ao seu lançamento oficial. Primeiramente a estréia seria dia 27 de Agosto de 2010, entretanto devido à tecnologia 3D que será usada no filme (primeiro da cinessérie com esta novidade) o diretor e produtor Paul Anderson – marido de Mila Jovovich – sentiu que precisava de mais tempo e houve um prorrogamento para janeiro de 2011.

Entretanto os efeitos ficaram previstos antes do esperado, remanejando assim a estréia para 10 de Setembro de 2010 nos EUA.

O novo ‘Resident Evil’ volta a mostrar um mundo devastado por um vírus mortal, e Alice continua sua jornada para encontrar e proteger os poucos sobreviventes. Lutando contra a corporação responsável por tudo isso: Umbrella. A guerra se torna mais violenta e ela recebe ajuda inesperada de uma velha amiga.O único lugar que ainda permace aparentemente seguro é Los Angeles, até que a cidade é invadida por milhares de zumbis que trarão terror aos poucos vivos que ainda restam.

Nas palavras de Paul: “A batalha de Alice com a Umbrella Corporation não está terminada “, diz ele.” Da última vez que vimos Alice, ela deixá-los saber que ela estava indo atrás deles. É hora de acertar as contas. ”

Uma novidade cinematográfica do filme é a inclusão de efeitos 3D assinados pela equipe do filme de James Cameron, “Avatar”.

Milla Jovovich retorna como a heroína Alice. Ali Larter reprisa o papel de Claire Redfield. Spencer Locke, que viveu a K-Mart em ‘Extinção’, também retorna.

O elenco também sobre algumas integrações: Wentworth Miller (do seriado ‘Prision Break’) – o qual podemos ver sendo entrevistado por Mila durante as filmagens –  será Chris Redfield – irmão de Claire e um personagem muito popular do universo dos jogos. Shawn Roberts (Jumper, 2008) será Wesker. Kim Coates (A Ilha, 2005) e Boris Kodjoe (Substitutos, 2009) também estão no elenco.

Em Novembro do ano passado Mila divulgou em seu Twitter, um videos e imagens do set de filmagens.

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=66swo0sjPww[/youtube]

Ainda não se publicou nenhum trailer oficial do filme.

14 opinaram!

Deixe sua opinião!
    • Eu ainda não joguei, mas certamente deve ter uma história melhor do que estes filmes. Uma outra alternativa seria eles fazerem uma adptação das novelizações da S.D Perry, que são excelentes. Possuem uma história envolvente e conseguem captar exatamente o clima de Resident Evil e o transportá-lo para uma outra mídia, no caso, os livros. =)

    • Penso que geralmente os filmes baseados em jogos possuem uma temática mediana, são melhores ambientado em jogos e não em tramas cinematográficas…A emoção está em você jogar ou se imaginar na trama (como em livros e quadrinhos) pelo menos ela é mais forte do que a de assistir.Talvez a inclusão de efeitos 3D compense isto dando mais realidade.

    • Concordo contigo. Mas você não acha que uma adaptação ruim e totalmente descaracterizada com o jogo ou o livro ou o que for, dificulta no exercício de se imaginar na trama. Falo isso principalmente na visão de fã. Pessoas que desconhecem o jogo talvez não se importem com uma adptação ruim justamente por tal ignorância, mas eu, por exemplo, nem consigo me concentrar na trama pensando no quão melhor o filme poderia ter sido se fosse um pouco mais fiel.

      É aquilo, o jogo é perfeito em história, imersão e personagens cativantes; aí no filme, a grande mudança é justamente isso? Sabe, para mim isso não faz sentido!

    • Como fã e um fiel aos bons aspectos da trama original é difícil se acomodar a algo deste aspecto de adaptação, entretanto isto não segue a regra ao grande público focado em "coisas surpreendentes", entende?
      Penso que geralmente muitas, muitas adaptações para o cinema de jogos e livros que tratam de ficção perdem seu enredo original, não sei o por que se uma adaptaçãp fiel poderia ser mais excitante.Muitas dessas adaptações trabalham mais com os efetos especiais possiveis em determinadas situações.

    • Eu geralmente nesses filmes me incluo no "grande público", mas sinto uma mediana decepção quando assisto Harry Potter., mas sou fã, então sempre espero algo diferente…

    • Achei que isso foi aceitável no primeiro. No começo achamos que ela é fraquinha, e aos poucos vamos descobrindo a força que possui, e isso funciona como uma surpresa. Mas no segundo ela realmente vira uma Supergirl e daí, a proposta de sobreviver é ilógica. Que perigo uma cidade infestada de zumbis pode ter para um Super-humano? Nenhum. É ridículo. Concordo, fora Alice! Personagem de propósito contraditório com a proposta de Resident Evil!

Deixe sua opinião