em ,

Bertrand lança livro considerado um dos 10 melhores do ano pela Amazon

Em seu romance mais arrebatador, considerado um dos melhores de 2010 pelo site Amazon, Scott Spencer prova por que é avaliado como um dos maiores escritores norte-americanos da atualidade e por que é unanimidade entre os críticos ao redor do mundo.

O_homem_do_bosque“Poderia realmente ser tão simples? Poderia um ser humano ser retirado das fileiras dos vivos sem muito esforço e sem nenhuma consequência? E a casa dele? E os pertences dele? Não haveria ninguém por aí para chegar e dizer: onde está o meu marido, onde está o meu pai, onde está o meu amante, onde está o homem que trabalhava para mim, onde está o cara da escrivaninha ao lado, onde está meu amigo, com quem eu fui às corridas de cavalo em julho, ou jogava cartas, ou praticava jogging, onde está aquele calhorda mal-humorado que tinha aquele lindo cachorro marrom, onde está o meu inquilino, onde está o meu vizinho de porta? Ninguém ficou curioso? Ninguém criou caso? Não haveria ninguém querendo uma resposta? Um homem podia ser arrancado da vida como uma pequena farpa na pele e simplesmente desaparecer sem deixar vestígio?”

Desde adolescente, Paul vive por conta própria. Livre, independente. Guiado sempre por um código de conduta rígido, tendo feito um pouco de tudo na vida, ele chegou a pensar que nunca teria um norte, que estava apenas ao sabor do vento. Até que conhece a bela, inteligente e amorosa Kate Ellis, e sua filha, Ruby, de nove anos. As duas lhe oferecem uma vida de ordem e regularidade.

Contudo, ao caminhar por um parque, o protagonista encontra um homem espancando um cachorro e, por alguns momentos, mergulha num mundo de violência e numa jornada anárquica de autoconhecimento, redenção e culpa. Morte e vida cruzam seu caminho.

Scott Spencer capta a intensidade da paixão humana – e sua capacidade, ao mesmo tempo, destrutiva e redentora – com precisão e discernimento sem precedentes. Ele abusa da ironia, da espirituosidade e de sua profunda sensibilidade num thriller psicológico e provocante que trata da moral e da masculinidade, das escolhas e do destino.

O autor, nascido em Washington, D.C., em 1945, Scott Spencer é considerado pela crítica norte-americana um dos grandes escritores da atualidade. Em 2004, foi laureado com o John S. Guggenheim Fellowship. Dois de seus romances, Endless Love e Waking the Dead, foram adaptados para o cinema. Além disso, é jornalista e escreve para alguns dos mais importantes veículos de comunicação do país, como as revistas Rolling Stone, The New Yorker e GQ, bem como o periódico The New York Times. É, por fim, professor de escrita criativa em diversas universidades. Com “O Homem do Bosque”, estreia no Brasil.

SERVIÇO

O homem do bosque

(Man in the Woods)

Scott Spencer

Tradução de Paulo Afonso

Literatura Estrangeira

Editora Bertrand Brasil

378 páginas

R$ 40,00

Deixe sua opinião

Publicado por Cadorno Teles

Project Imagination traz o novo curta do Neil Gaiman

CBS anuncia série “How I Met Your Dad”