Peça Corpos Invisíveis a Olhos Nus, de Eliseu Paranhos, é lançada formato de livro

16
0

Com prefácio de Manoel Candeias, a obra é inspirada nos antepassados do autor, que imigraram da região de Vêneto, na Itália, para o Brasil

“Não temos nenhuma importância do ponto de vista biológico. Vivemos o suficiente para nos reproduzirmos e depois disso partimos para o crepúsculo de nossas vidas, transformando-nos em parte da massa que compõe a terra, completando nosso ciclo”

Essa é a reflexão feita pelo personagem Ele sobre sua desimportância no prólogo da peça Corpos Invisíveis a Olhos Nus, de Eliseu Paranhos, que será publicada em livro pelo Clube de Autores. A obra ficará disponível nas principais plataformas digitais (Amazon, Google Play, Apple e Rakuten Kobo), a partir do dia 9 de maio. O livro impresso tem preço de capa de R$ 63,43 e a versão em ebook custa R$49,61.

Contemplada pelo Proac 2023 para lançamento de obras dramatúrgicas inéditas, a peça de Eliseu Paranhos propõe-se a fazer uma investigação sobre pessoas que passam pela vida sem terem realizado grandes feitos, a não ser para aqueles que fazem parte de seus núcleos restritos. Para isso, a saga de uma família, durante os anos de formação de seu personagem principal – entre os 5 e os 16 anos – é contada ora como memória, ora como ficção.

Composta por um prólogo, cinco partes e um epílogo – e sem a divisão clássica em cenas e atos – a obra possui uma parte testemunhal na medida em que a história dos antepassados do autor – que vieram do Vêneto para o Brasil durante a emigração italiana do fim do século XIX – é reconstruída, numa homenagem a esses personagens esquecidos, invisibilizados. 

A pesquisa histórica passou pelo norte da Itália e por Portugal, onde o autor está radicado atualmente. A maior parte das cópias impressas será doada a bibliotecas e instituições de ensino de artes cênicas. 

O prefácio foi escrito por Manoel Candeias, cuja mãe – Maria Lúcia Candeias – foi professora de História do Teatro Ocidental do autor, durante seus anos de UNICAMP, num resgate de memória e afetos. 

O livro é uma realização do Governo do Estado de São Paulo, através da Secretaria da Cultura, Economia e Indústrias Criativas e do Programa de Ação Cultural – ProAC. Projeto contemplado no edital nº. 22/2023, de literatura / realização e publicação de obra teatral inédita no estado de São Paulo.

Sobre o autor

Eliseu Paranhos nasceu em 31 de maio de 1970 em Santo André, São Paulo. Formou-se em Artes Cênicas pela UNICAMP – Universidade Estadual de Campinas, em 1992. Após a formatura fundou, com outros egressos do curso, uma produtora de espetáculos voltados para o universo corporativo, cujos textos eram escritos por ele. Foi seu primeiro contato prático com a dramaturgia. Desde então escreveu dezenas de peças, roteiros de eventos e de obras de audiovisual, além de poemas, crônicas, críticas, contos e alguns romances. Esta é apenas sua segunda publicação – a primeira foi em 2004, quando uma de suas peças fez parte de uma coletânea de obras sobre HIV-AIDS.

Artista múltiplo, trabalhou também como ator, diretor, cantor, compositor, produtor e professor de diversas disciplinas ligadas ao universo das artes.

Seu show solo “Pompéia – Vila Mariana” foi produzido com o auxílio do PROAC-LAB, em 2021, durante a pandemia de COVID-19 e a circulação do mesmo só aconteceu em 2023, quando foi premiado novamente pelo edital da Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo para eventos LGBTQIA+. 

Serviço

Livro Corpos Invisíveis a Olhos Nus, de Eliseu Paranhos

Publisher: Clube de Autores

Lançamento nas plataformas digitais: 9 de maio

Preço de capa: R$ 63,43 (versão impressa) e R$49,61 (ebook)

Disponível para compra em https://clubedeautores.com.br//livro/corpos-invisiveis-a-olhos-nus

Pombo Correio
WRITTEN BY

Pombo Correio

A Pombo Correio Assessoria de Comunicação foi fundada em 2013 pela jornalista e atriz Heloisa Cintra Castilho (formada em Comunicação Social pela PUC-SP, com pós Graduação em Mídias Digitais pela FGV e Artes Cênicas pelo Teatro Escola Célia Helena) e pelo publicitário Douglas Picchetti (formado pelo Mackenzie). O braço cultural da empresa já atendeu mais 600 espetáculos de teatro, dança e música, exposições em artes visuais. Atuamos também em trabalhos em audiovisual, literatura e projetos educacionais. A empresa faz assessoria de imprensa, mídias sociais, redação de textos, gerenciamento de crise e media training. Com foco em uma comunicação ampla e cuidadosa, olhamos para cada projeto como único, respeitando suas especificidades e trabalhando para que ele seja comunicado da forma mais adequada e eficiente possível.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *