em ,

Verus lança história de terror que envolve um mistério no colégio e feminismo

Há 18 meses, uma misteriosa doença obrigou a Escola Raxter para Meninas entrar em quarentena. Desde então, a vida de Hetty ficou do avesso. Tudo começou devagar. Primeiro, as professoras foram morrendo, uma a uma.

Então, começou a infectar as alunas, transformando o corpo delas em algo cada vez mais estranho. Isoladas do resto do mundo e deixadas à própria sorte, as meninas não se atrevem a ultrapassar o limite da escola. Hetty, Byatt e Reese esperam a cura prometida enquanto a doença se alastra.

Tudo muda quando Byatt desaparece. Hetty não medirá esforços para encontrá-la, mesmo que isso signifique quebrar a quarentena e desbravar os horrores que as esperam além da cerca que separa a escola da floresta.

E quando Hetty se lança rumo ao desconhecido, descobre que há muito mais mistérios por trás dessa história que ela jamais poderia imaginar.

Lançamento da Verus,  “Meninas selvagens” (Wilder Girls, tradução de Marcela Filizola), livro de estreia de Rory Power, combina um cenário de terror com a angústia e a ternura da adolescência para explorar até onde um grupo de meninas é capaz de ir para sobreviver e se manter unido.

Participe com sua opinião!