Cultura colaborativa! Participe, publique e ganhe pelo seu conteúdo!

Graham Nash é mais um artista de peso que deve deixar o Spotify

O Spotify está mesmo passando por uma grande turbulência.

A decisão de Neil Young de retirar suas canções do serviço de streaming musical por conta da não retirada do ar de um podcast negacionista e que difundia mentiras sobre a pandemia, continua rendendo.

Agora, é Graham Nash — que tocou com Young no grupo Crosby, Stills, Nash & Young — quem decidiu retirar suas canções do Spotify.

Importante: até ontem (3 de fevereiro) todas algumas canções de Young e de Nash continuam disponíveis na plataforma.

Graham Nash vai ganhar nova coletânea com raridades

Todos contra os negacionistas e as fake news

A confusão começou quando Young pediu ao Spotify que retirasse do ar o podcast de Joe Rogan por conta de mentiras faladas sobre a COVID-19 e as vacinas.

O problema é que Joe Rogan tem um contrato de exclusividade com o Spotify no valor de US$100 milhões e ele acabou levando apenas uma advertência.

Além de Nash, outros artistas se juntaram aos protestos e anunciaram que vão deixar a plataforma. Joni Mitchell é um desses nomes embora, novamente, suas canções ainda estejam online até a produção deste texto.

Como essa novela vai acabar ninguém sabe, mas é possível que o Spotify tenha que criar alguma(s) promoção para não perder assinantes.

Compartilhar Publicação
Link para Compartilhar
Publicação Anterior

Fusage lança seu disco “Outburst Desert”

Próxima publicação

Anunciados os indicados de 2022 para o Rock & Roll Hall of Fame

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia a seguir